Canadá retalia e impõe taxas de 16,6 mil milhões aos EUA

justintrudeau / Flickr

Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá

O Canadá vai responder às novas tarifas decididas por Washington impondo impostos sobre bens norte-americanos no valor de 16.600 milhões de dólares e cancelou uma reunião com Donald Trump, considerando a política comercial dos EUA “totalmente inaceitável”.

“Estas tarifas são uma afronta à parceria de longa data que existe entre o Canadá e os Estados Unidos e, em particular, uma afronta aos milhares de canadianos que lutaram e morreram ao lado de seus irmãos de armas”, disse o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, lamentando que os Estados Unidos da América (EUA) tenham justificado a decisão com “segurança nacional”.

Esta quinta-feira, no que é considerado o início de uma guerra comercial, o Departamento do Comércio norte-americano suspendeu a isenção dos direitos de importação de aço e alumínio da União Europeia, Canadá e México.

“Devemos acreditar que, eventualmente, o bom senso triunfará, mas, infelizmente, as ações tomadas pelo Governo dos EUA não parecem ir nessa direção”, afirmou Justin Trudeau na rede social Twitter.

Segundo a ministra dos Negócios Estrangeiros do Canadá, Chrystia Freeland, as novas tarifas canadianas vão afetar a partir do dia 01 de julho as importações norte-americanas de aço e alumínio, bem como bens de consumo, como iogurtes, café, açúcar, papel higiénico, colchões, máquinas de lavar e cortadores de relva.

O objetivo é pressionar os principais estados dos EUA que exportam esses produtos para o Canadá. Ao mesmo tempo, Otava pretende desafiar a decisão dos EUA sob o acordo de comércio livre norte-americano, NAFTA, e na Organização Mundial do Comércio, OMC, disse Justin Trudeau.

O primeiro-ministro do Canadá disse hoje que se ofereceu a ir a Washington ainda esta semana para concluir as renegociações do NAFTA, mas que o vice-presidente Mike Pence ligou-lhe a dizer que um encontro com Donald Trump só aconteceria se Trudeau concordasse com uma cláusula que adiaria por 5 anos a entrada em vigor do acordo.

Trudeau recusou, assim, ir aos EUA, devido à pré-condição “totalmente inaceitável”, um comentário feito também acerca da suspensão da importação de aço e alumínio da União Europeia (UE), do Canadá e do México.

“Decidimos não estender a exceção para a União Europeia, Canadá e México, pelo que estarão sujeitos a tarifas de 25% e 10% na importação de aço e alumínio”, respetivamente, anunciou hoje o secretário do Comércio dos EUA, Wilbur Ross.

Lusa ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O objetivo de Trump em isolar os EUA tem a sua lógica. Se a Europa impedisse com taxação a entrada de produtos estrangeiros e se concentrasse em produzi-los para o mercado interno europeu, o que conseguiria autónomamente, baixaria o desemprego e desenvolveria países mais pobres (como o nosso, onde a indústria já deixou muito do interior).

RESPONDER

Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas, "muito mais" do que as necessárias

Em entrevista à agência Lusa, Marta Temido anunciou que Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas contra a covid-19. Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas contra a covid-19, “muito mais” do …

Governo ainda está a tempo de "reverter" venda de barragens da EDP

A coordenadora do Bloco de Esquerda disse este domingo que o Governo ainda está tempo de reverter o negócio das venda de seis transmontanas, que terá permitido à EDP poupar 110 milhões em imposto de …

Cientistas encontraram abelha australiana que não era vista há 98 anos

Uma espécie de abelha nativa das florestas tropicais do leste da Austrália foi encontrada pela primeira vez em 98 anos. De acordo com o site IFLScience, trata-se da espécie Pharohylaeus lactiferus, abelha nativa do leste da …

Marcelo destaca papel de profissionais de UCI. Costa agradece à Madeira e FPF

O Presidente da República destacou e agradeceu o papel dos profissionais de saúde que estão nos cuidados intensivos, pelo seu papel no combate à pandemia, que considerou uma "saga nacional". "Eu queria, em primeiro lugar, louvar …

Entre farpas a Biden e Fauci, Trump admitiu concorrer à Casa Branca em 2024 (e vencer pela "terceira vez")

No primeiro discurso desde que saiu da Casa Branca, o antigo presidente Donald Trump deu a entender que vai concorrer novamente em 2024 e disse que Joe Biden "perdeu a Casa Branca". O ex-presidente dos Estados …

Cientistas estão a criar um "gémeo digital" da Terra (para prever o futuro)

Uma equipa de cientistas europeus começaram a trabalhar num plano ambicioso para prever o futuro das alterações climáticas: reconstruir uma versão virtual de toda a Terra para representar diferentes cenários. O planeta virtual faz parte de …

Asteróide passará a grande velocidade pela Terra em março. É o maior (e o mais veloz) de 2021

Um asteróide com um diâmetro de até 1,7 quilómetros passará pela Terra a grande velocidade no próximo mês de março, de acordo com dados publicados recentemente pelo Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. Apesar de …

Bactérias benéficas do leite materno mudam ao longo do tempo

De acordo com um novo estudo, a mistura de bactérias benéficas transmitidas pelo leite materno muda significativamente com o tempo. Este pode atuar como uma injeção de reforço diário para a imunidade e metabolismo infantil. Os …

Quando um tigre vale mais morto do que vivo: A sórdida realidade das quintas de procriação

Em alguns países asiáticos, quintas de procriação de tigres exploram até ao tutano o valor económico do animal, submetendo-o a condições de vida degradantes. Tigres já foram puderam ser encontrados em grande parte da Ásia, do …

Ana Estrada Ugarte. Em decisão histórica, Peru abre as portas à eutanásia

Numa decisão histórica esta quinta-feira, o 11.º Tribunal Constitucional do Superior Tribunal de Justiça de Lima, no Peru, ordenou ao Ministério da Saúde do país que respeitasse a vontade de Ana Estrada Ugarte de acabar …