Canadá em choque após abandono de idosos em lar infetado com coronavírus

O abandono de vários idosos num lar infetado com covid-19, no oeste de Montreal, está a indignar o Canadá, com responsáveis políticos a pedirem responsabilidades.

Pelo menos 31 utentes do lar morreram de causas ainda desconhecidas, e as autoridades já confirmaram que cinco óbitos foram causados pela Covid-19, indicou o primeiro-ministro do Quebeque, François Legault.

“Desde 13 de março já morreram 31 pessoas num lar para idosos, incluindo cinco mortos devido à covid-19. Parece ser uma grande negligência“, afirmou o responsável, em conferência de imprensa.

Legault ordenou várias investigações, das “autoridades de saúde pública e da polícia”. Pelo menos 61 dos 99 residentes do lar Herron, em Dorval, no oeste de Montreal, tiveram testes positivos para a covid-19.

No Canadá, tal como sucede em vários países europeus, muitas vítimas da doença encontram-se em lares para idosos.

As autoridades de saúde apenas chegaram aquele lar em 29 de março, tendo encontrado utentes sem “acesso a alimentos há dias”, com fraldas que “transbordavam de excrementos” e outros “que tropeçavam no chão”.

Os familiares das vítimas do lar interpuseram uma ação judicial pelo “tratamento desumano e degradante” e para exigir uma indemnização no valor de 3,6 milhões de dólares canadianos (2,3 milhões de euros).

A imprensa canadiana noticiou também que o diretor do lar, Samir Chowiera, tem registo criminal, cumpriu pena por prisão, tráfico de droga e fraude.

No Quebeque encontram-se já 125 elementos de departamentos de saúde do exército canadiano, solicitados pelo governo provincial, para prestarem assistência aos vários lares existentes na província francófona.

O novo coronavírus, detetado no final de dezembro na China, causou 805 mortos e 15.521 infetados no Quebeque. Mais de três mil pacientes já recuperaram da doença.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 165 mil mortos e infetou mais de 2,3 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Um megassatélite em órbita de Ceres daria "um ótimo lar" para seres humanos

Enquanto Elon Musk, CEO da SpaceX, olha para Marte, o físico e astrobiólogo Pekka Janhunen, do Instituto Meteorológico da Finlândia, está de olho no planeta anão Ceres. Seres humanos a viver noutros planetas do Sistema …

O vento solar é estranhamente atraído para o Pólo Norte (e não se sabe porquê)

Durante anos, os cientistas pensaram que o vento solar era igualmente atraído para os Polos Norte e Sul da Terra. No entanto, estudos recentes mostram que estas partículas parecem preferir o Norte - e não …

22 mil pessoas vão assistir (no estádio) ao Super Bowl

Um terço das pessoas presentes será composto por profissionais de saúde. Quatro equipas ainda na luta pelo título do campeonato principal de futebol americano. O dia 7 de fevereiro vai contar com uma "visão rara" nos …

Investigadores "voltam atrás no tempo" para calcular idade e local de explosão de supernova

Os astrónomos estão a "voltar atrás no tempo" num remanescente de supernova. Usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA, refizeram o percurso dos estilhaços velozes da explosão a fim de calcular uma estimativa mais precisa …

Cientista dos EUA acredita que o monstro do Lago Ness pode ser uma antiga tartaruga marinha

Um importante cientista dos Estados Unidos acredita que desvendou o mistério do Monstro de Lago Ness e pensa que a criatura é uma espécie ancestral de tartaruga marinha. Henry Bauer, professor aposentado de Química e Estudos …

Biden quer banir uma palavra das leis de imigração dos Estados Unidos

Se o projeto de lei proposto por Joe Biden, recém-eleito Presidente dos Estados Unidos, for aprovado, a palavra alien ("estrangeiro") vai desaparecer das leis de imigração norte-americanas, sendo substituída pelo termo noncitizen ("não cidadão"). A …

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …

Identificado em Portugal o primeiro caso da variante da África do Sul

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi identificado esta sexta-feira em Portugal pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), adiantou à agência Lusa a instituição. O caso identificado …