Campanha contra a transexualidade gera polémica em Madrid

Uma associação espanhola pôs a circular um autocarro nas ruas de Madrid, com uma mensagem contra as mudanças de sexo em menores, que está a gerar muita polémica.

Os meninos têm pénis. As meninas têm vulva. Que não te enganem. Se nasces homem, és homem. Se és mulher, continuarás a sê-lo”. É esta a mensagem que está a ser difundida por um autocarro nas ruas de Madrid e que está a gerar polémica.

Segundo o El País, a iniciativa pertence à plataforma Hazte Oír, uma associação espanhola conservadora que diz ter como objetivo “promover a participação política e defender a vida e a dignidade humana”.

O autocarro gerou revolta em muitos habitantes da capital espanhola, assim como organizações de defesa dos direitos dos transexuais, que fizeram chegar a sua indignação à classe política.

A Câmara de Madrid já se pronunciou sobre a situação, afirmando que o veículo não cumpre as regras municipais de mobilidade e publicidade, uma vez que não é um transporte público e, por isso, não pode ter mensagens publicitárias.

A porta-voz do município, Rita Maestre, também reagiu no Twitter, considerando que “Madrid é uma cidade inclusiva e acolhedora”, “não havendo espaço para a transfobia”.

https://twitter.com/Rita_Maestre/status/836558148714528768

À imprensa espanhola, a responsável já assegurou que a autarquia vai tomar medidas para que o veículo deixe de circular nas ruas da cidade e está a ser estudado se está em causa o crime de incitação ao ódio.

Ao Actuall, meio de comunicação através do qual a associação dá a conhecer as suas iniciativas, a Hazte Oír explicou que a ideia é que o veículo, já batizado com a hashtag “ElAutobúsQueNoMiente” (“o autocarro que não mente”) siga para outras cidades.

O objetivo principal é promover uma campanha de sensibilização para a “ameaça real” das leis de género que foram publicadas recentemente em Espanha, cita o El País.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Deixa ver se percebi: dizer o que os rapazes e as raparigas têm entre as pernas é uma “mensagem contra a transexualidade”?! Também é proibido agora? Por um lado ainda bem que isto acontece: ajuda a desmascarar os paladinos da tolerância e da diversidade e mostra que há uma ditadura do pensamento único a que nenhum político ou meio de comunicação escapa com medo das consequências reservadas aos que ousam não se curvar perante os dogmas do lobby LGBT.

  2. Lá estão os comuninjas a fabricar noticias contra quem se rebela contra estas agendas absurdas.
    Ao menos em Madrid estão a fazer algo contra esta corja.. por cá fabricam-se manifestações para “transcender a sexualidade” em plena praça e ninguem faz nada porque é taboo.. está na hora de se começar a informar a população e a expor estes lobbys comuninjas que se escondem com agendas macabras por detrás de LGBT’s e outras tantas..
    o mais cómico é que estas frentes de engenharia social utilizam a mesmo tecnica que a dos “outros” que alegam contra tudo o que se mexe ou fala contra eles de anti semitas(investigar etimologia do que significa para uma risada forte), aliás se factualmente se investigar quem são estas familias que neste momento se penduram em governos socialistas e comunistas rápidamente se verifica que são todos do mesmo clã que hoje ainda chora “anti semita” derivado de um holocausto que nunca existiu(do lado do semita pois do “anti semita” 5 milhoes de alemaes foram exterminados nos campos de concentração pós 2ª Grande Guerra..)

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …