Camionistas brasileiros pedem golpe militar para derrubar Governo

António Lacerda / EPA

Apesar de Michel Temer ter cedido perante quase todas as exigências do setor, a greve dos camionistas brasileiros continua a imobilizar o Brasil.

Durante os últimos dias, as cidades brasileiras sobreviveram paralisadas. Desde a falta de abastecimento a hospitais, supermercados e bombas de gasolina, bloqueio das principais vias e dezenas de voos cancelados, o Brasil continua a viver um verdadeiro caos. Esta terça-feira, ainda que com menor intensidade, os protestos mantiveram-se.

Na quinta-feira e no domingo, Michel Temer ofereceu aos camionistas dois pacotes de benesses, sendo que o último incluía a redução do preço do gasóleo em 0,46 reais po litro pelo prazo de 60 dias, uma queda correspondente a 12%. A par disso, propôs também que a revisão do preço fosse feita mensalmente, e não diariamente.

Como Temer deu o braço a torcer e cedeu nos principais focos de descontentamento dos camionistas, o Presidente mostrava-se perfeitamente convencido, na segunda-feira, de que a greve estaria prestes a terminar. E a verdade é que as primeiras reações dos sindicatos e associações de camionistas pareciam dar razão a Temer.

José da Fonseca Lopes, presidente da Associação Brasileira dos Camionistas, chegou a anunciar o fim da greve depois do acordo alcançado. No entanto, não só não terminou, como os protestos aumentaram em alguns locais, avança o Público. Fonseca Lopes explicou depois que já não eram os camionistas que estavam na rua, mas sim “intervencionistas que querem derrubar o Governo“.

O que acontece é que muitos dos manifestantes não se deram por satisfeitos com as cedências de Temer, e aproveitaram para aumentar as suas exigências. Além das reivindicações mais profundas, muitos pediam uma intervenção militar para derrubar o Governo de Temer, que garantiu não haver qualquer ameaça de que isso possa acontecer.

“Além de tudo, temos a esperança de que alguém do Exército tome a decisão de tomar conta do país. Já não é só o diesel e as portagens, é a questão política”, diz Álvaro Neto ao El País Brasil, um mecânico de 37 anos que saiu à rua em apoio aos camionistas.

Desde que o acordo foi alcançado, no domingo passado, já não é possível identificar nas ruas a liderança dos protestos, sendo que muitas das ações são consideradas espontâneas e autónomas.

Ainda assim, o Palácio do Planalto identificou três movimentos políticos que se infiltraram nos protestos: “Intervenção militar já”, “Fora Temer” e “Lula Livre”, refere o Estadão. À medida que as presidenciais se aproximam (marcadas para outubro), a pressão sobre Michel Temer aumenta exponencialmente.

Esgotaram-se os recursos, diz Temer

Michel Temer afirmou, esta terça-feira, que o Governo esgotou todos os recursos para atender às exigências dos camionistas e espera uma “situação normalizada” nos próximos dias. Apesar do novo acordo, a greve continua em todo o país, comprometendo o abastecimento de combustível e de alimentos.

“Esprememos todos os recursos governamentais para atender as reivindicações legítimas dos camionistas e para não prejudicar a Petrobras. A esta altura, não temos mais como negociar, não temos mais o que dar”, declarou Temer à televisão estatal.

O Presidente sublinhou ainda ter feito “o possível” e disse acreditar que a situação estará normalizada até esta quarta-feira.

Numa nota divulgada à imprensa, a Confederação Nacional dos Transportadores Autónomos (CNTA) considerou a paralisação, iniciada a 21 de maio, um êxito e adiantou que se os camionistas não voltarem ao trabalho “tudo o que foi conquistado corre o risco de se perder”.

No balanço desta terça-feira, oito aeroportos continuam sem combustível e vários hospitais anunciaram a falta de material para cirurgias e tratamentos médicos especializados.

Os centros de abastecimento de cidades como o Rio de Janeiro e São Paulo começaram a receber algumas frutas e verduras e os transportes públicos voltaram lentamente ao normal. O transporte público operou em quase 70% e as escolas e universidades já abriram portas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Uma pitada de poeira de rocha pode ajudar a evitar alterações climáticas catastróficas

O uso de poeira de rocha na agricultura traz não só vantagens para a colheita, mas também para o ambiente. Esta técnica permite uma remoção eficiente do dióxido de carbono. Espalhar poeira de rocha nos terrenos …

ANA avança com plano de "saídas voluntárias"

A ANA, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com "um plano de saídas voluntárias", no âmbito do redimensionamento das equipas. A ANA - Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com “um plano de …

Cientistas detetaram estranhos objetos astronómicos circulares (e não fazem ideia do que são)

Recorrendo a telescópios, uma equipa de astrofísicos detetou quatro estranhos objetos astronómicos. Foram encontrados nos comprimentos de onda de rádio e são circulares e mais brilhantes do que as suas bordas. Estes estranhos e inesperados …

Especialista alerta sobre possíveis vírus extraterrestres que podem chegar à Terra em futuras missões

O cientista e antigo colaborador da NASA Scott Hubbard alertou para a possível chegada de vírus extraterrestres à Terra em futuras missões espaciais, notando que o interesse pela exploração do Espaço tem aumentado. O antigo …

Covid-19. A morada e a cor da pele são um fator de risco no Brasil

Enquanto que na Europa a idade é um fator de risco da covid-19, no Brasil, o sítio onde moram e a cor da sua pele definem essa fronteira entre os que têm maior ou menor …

Lagos dos Estados Unidos estão a ficar cobertos de verde. Nem os mais remotos escapam

Vários lagos montanhosos dos Estados Unidos estão a tornar-se verdes devido ao crescimento de algas que prosperam por causa das alterações climáticas, concluiu um estudo conduzido por cientistas da Universidade do Colorado. De acordo com a …

No Algarve, metade dos casos de infeção resultaram de transmissão social

Um estudo apresentado na última reunião do Infarmed, em Lisboa, veio estabelecer uma relação entre a propagação do vírus no Algarve e o fator social. De acordo com o estudo, apresentado na última reunião do Infarmed, …

Numa operação inédita de 18 horas, gémeas siamesas unidas pelo crânio foram separadas com sucesso

Ervina e Prefina, com 2 anos, nasceram com os crânios unidos, uma das formas mais raras e complexas de fusão craniana e cerebral conhecidas como "craniófago total posterior". Agora, médicos em Itália conseguiram separá-las numa operação …

Família de Pablo Escobar está a processar um rapper norte-americano. Exige-lhe 10 milhões

A família Pablo Escobar, morto em dezembro de 1993 na Colômbia, está a processar o rapper norte-americano Tauheed Heakeen Epps, mais conhecido como 2 Chainz, por usar o nome do narcotraficante num negócio. De acordo com …

Steve Jobs acreditava na eficiência do teletrabalho já em 1990

O fundador da Apple, Steve Jobs, que faleceu em outubro de 2011, dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990. A pandemia de covid-19, que já matou mais de 500 mil pessoas me todo …