Câmaras arrecadam 300 euros por habitante em IMI, IMT e IUC

Jerome Dahdah / Flickr

Edifício da Câmara Municipal de Lisboa

No último ano, as 308 câmaras do país obtiveram mais de três mil milhões de euros em receitas com impostos, à custa dos imóveis e da tributação sobre a circulação automóvel.

Em 2017, as câmaras obtiveram três mil milhões de euros em receitas com impostos, o que corresponde a uma média de 300 euros por cada habitante, avança esta sexta-feira o Correio da Manhã. Face a 2016, este valor representa um crescimento próximo de 250 milhões de euros, ou seja, mais 9% segundo a Autoridade Tributária.

O Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) explica, em parte, a subida das receitas camarárias, tendo em conta que 2017 foi um ano de forte dinâmica na compra e venda de casas. Em 2017, o Estado arrecadou um valor recorde de 905 milhões de euros com o IMT.

Neste parâmetro, destaca-se a Câmara Municipal de Lisboa que arrecadou mais de 460 milhões em impostos, sendo que só em IMT, recebeu mais 17 milhões face a 2016.

De acordo com o matutino, somando o montante de valores pagos em Imposto Único de Circulação (IUC), Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e IMT, as dez câmaras que mais dinheiro encaixaram pertencem, maioritariamente, às áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto.

Mas há exceções: o concelho de Loulé, que surge em 7.º lugar com a receita superior a 68 milhões, e Coimbra em 10.º, com cerca de 51 milhões de euros.

Depois de Lisboa, é Cascais que ocupa o segundo lugar da lista dos que obtiveram maior receita, com quase 134 milhões de euros, facto explicado pelo elevado valor patrimonial de parte do edificado existente no concelho. A terceira posição é ocupada pelo Porto, com mais de 118 milhões de euros.

Segue-se Sintra (mais de 95 milhões), Oeiras (91 milhões) e Gaia (75,6 milhões). Nos 10 primeiros estão ainda Loures em 8.º lugar, com uma receita superior a 56 milhões de euros, e Matosinhos em 9.º, com mais de 55 milhões de euros.

No extremo oposto, com valores entre 370 mil e 80 mil euros, surgem dois concelhos do Norte (Mesão Frio e Penedono), cinco do Alentejo (Alter do Chão, Mourão, Arronches, Monforte, e Barancos) e três dos Açores (Santa Cruz das Flores, Lajes das Flores e Corvo).

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O esbulho que Medina e quejandos, fazem aos cidadãos, para além dos impostos que já pagam às finanças. Uma vergonha. Como é que há gente a votar nestes ladrões ?!

  2. e no entanto, salvo se calhar nem uma mão cheia delas, estão todas na falência.

    porque será?
    quem responsabiliza estas sras e srs presidentes?
    quando é que os cidadãos ganham juízo?

RESPONDER

Nuno Freitas é o novo presidente da CP

O Governo nomeou Nuno Freitas como novo presidente da CP – Comboios de Portugal, num Conselho de Administração alargado a cinco elementos, sucedendo a Carlos Nogueira, cujo mandado terminava no final deste ano. De acordo com …

Erros na prescrição obrigam a novas medidas de segurança para medicamentos para cancro e doenças inflamatórias

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) recomenda novas medidas de segurança para evitar erros na prescrição e administração de medicamentos com metotrexato. Devido a erros de prescrição, a Agência Europeia do Medicamento recomenda novas medidas de …

Cartel de construtoras dos estádios do Mundial do Brasil investigado

Foi aberto um processo administrativo para investigar um cartel mantido por empresas de engenharia que atuou nas obras dos estádios usados no Mundial de futebol do Brasil, em 2014. O Governo brasileiro informou esta quarta-feira que …

Novos modelos de carros elétricos vão triplicar. Produção em Portugal "será praticamente inexistente"

O número de modelos de veículos elétricos irá triplicar no mercado europeu até 2021, mas a produção destes veículos em Portugal será praticamente inexistente até 2025, indica um estudo da Federação Europeia dos Transportes e …

Bruxelas investiga Amazon por alegado uso de dados pessoais de vendedores

A Comissão Europeia abriu, esta quarta-feira, uma investigação à Amazon para determinar se a empresa usou informações pessoais “confidenciais” de vendedores independentes, quebrando as regras comunitárias na área da concorrência. A Comissão Europeia abriu uma investigação …

Parlamento não sabe o que fazer ao Acordo Ortográfico

Depois de dois anos de meio, foram ouvidas 16 entidades, recebidos 20 contributos escritos, houve uma petição, um projeto de resolução chumbado e uma iniciativa legislativa de cidadãos. Mas a Assembleia da República continua sem …

Ministério da Educação quer reduzir peso excessivo das mochilas dos alunos

O Ministério da Educação lançou esta quinta-feira uma campanha para sensibilizar pais, alunos, professores e diretores escolares a adotar medidas que reduzam o peso excessivo das mochilas dos alunos. A campanha de sensibilização lançada esta quinta-feira …

Morreu o eurodeputado do PS André Bradford. Estava em coma induzido

O eurodeputado do PS André Bradford, que estava em coma induzido desde dia 8 deste mês, faleceu nesta quinta-feira no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, revelou à agência Lusa fonte do PS/Açores. Bradford, …

Crise dos opióides nos EUA: 76 mil milhões de comprimidos e 70 mil overdoses

Entre 2006 e 2012 foram distribuídos setenta e seis mil milhões de comprimidos de duas substâncias opióides, a oxicodona e a di-hidrocodeína. As mais de 70 mil registadas em 2017 representam um aumento para o …

Erosão da costa portuguesa é grave (e vai piorar)

As zonas da costa com ocupação humana são as mais atingidas pelos efeitos da erosão costeira em Portugal, uma situação que vai agudizar-se, apesar das medidas que têm sido tomadas e que custam anualmente milhões …