Câmara de Lisboa pondera processar o Estado

Miguel A. Lopes / Lusa

Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa.

O presidente da Câmara de Lisboa diz que a autarquia está a analisar a possibilidade de vir a processar o Estado por “quebra da confiança”, no âmbito da declaração de inconstitucionalidade da Taxa Municipal de Protecção Civil.

Em declarações à TVI24, Fernando Medina admitiu este cenário, frisando que a autarquia está a ponderar avançar com um processo judicial.

“Estamos a estudar com toda a atenção e determinação a colocação de uma acção judicial em relação a esta quebra de confiança do Estado“, referiu o presidente da Câmara de Lisboa, citado pela Renascença.

“O Estado atribuiu competências às autarquias, em 2006, o Estado legislador diz como se financiam, criem-se as taxas e, depois, anos mais tarde, sem os municípios terem qualquer capacidade de avaliar a constitucionalidade, veem-se com decisões que dizem: este caminho não pode ser seguido”, lamentou.

A devolução da Taxa de Protecção Civil que foi cobrada pela autarquia entre 2015 e 2017 representa um valor global de 58,6 milhões de euros, envolvendo cerca de 205 mil contribuintes.

Os vereadores da oposição na Câmara de Lisboa exigem a Medina que a devolução seja feita com juros. Mas o autarca já disse que “a Câmara não pode proceder a esse pagamento porque não tem base legal” para esse efeito.

Numa nota enviada à agência Lusa, o vereador João Pedro Costa, do PSD, acusou o autarca de parecer, “por vezes, estar contra os lisboetas”, sublinhando que “é teimoso” por não devolver a taxa com juros “justificando-se com acórdãos do Tribunal Constitucional para situações similares”.

Se um cidadão se atrasa um dia no pagamento ao Estado incorre em juros, mas se for lesado pela Câmara Municipal de Lisboa por dois anos não?”, questionou ainda.

O PSD vai, assim, apresentar, “em próxima reunião, a proposta de devolução imediata dos juros dos montantes indevidamente cobrados pela Câmara Municipal de Lisboa”.

Também a vereadora Assunção Cristas, do CDS-PP, salientou que “a Câmara anda mal se não fizer o pagamento com juros incluídos”. “Espero que o presidente da Câmara ainda reconsidere”, salientou também em declarações à Lusa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Bem vindo a este mundo. O que hoje é verdade amanhã é mentira não é este o lema dos politicos? E tu quem és senão um politico. Deixa-te de M—– , estes gajos metem NOJO…

RESPONDER

Rússia cria comissão para investigar "ingerência estrangeira" na política interna

Criação de uma comissão para investigar a "ingerência estrangeira" na política interna da Rússia acontece depois de várias manifestações contra Putin, que Moscovo diz mostrarem envolvimento ocidental. A câmara baixa do parlamento russo anunciou esta segunda-feira …

Novo planeta gigante detetado a orbitar estrela que dista 63,4 anos-luz da Terra

O novo planeta tem uma massa cerca de três mil vezes maior do que a da Terra e orbita a sua estrela a uma distância quase três vezes superior à que separa o Sol do …

Inaugurada em Lisboa clínica dentária gratuita para jovens até os 18 anos

A Santa Casa da Misericórdia abriu esta terça-feira, em Lisboa, uma clínica de saúde oral, com consultas grátis para todas as crianças e jovens até os 18 anos, que vivam ou estudem dentro do concelho. O …

Família mais rica do mundo enriquece a quatro milhões de dólares por hora

Desde o último boletim de riqueza que a Bloomberg publicou, em junho do ano passado, no seu ranking das famílias mais ricas do mundo, a fortuna dos Walton cresceu 39 mil milhões de dólares, para …

Espanha. PSOE rejeita proposta "inviável" do Podemos para coligação

O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) rejeitou nesta terça-feira a proposta do Unidas Podemos para uma coligação fovernamental, que considera "inviável", e convidou a plataforma de esquerda a encontrar "outras fórmulas" que facilitem a governabilidade …

Ex-Presidente do Sudão admite ter recebido mais de 80 milhões da Arábia Saudita

O antigo Presidente do Sudão, que foi deposto em abril após vários meses de protestos, começou a ser julgado esta segunda-feira por corrupção. O julgamento por corrupção do ex-Presidente do Sudão, Omar al-Bashir, começou esta segunda-feira e, …

Hong Kong. Funcionário do consulado britânico desaparece após enviar mensagem à namorada a pedir para rezar por ele

A 08 de agosto, Simon Cheng Man-kit, de 28 anos, estava a regressar a Hong Kong depois de ter estado na cidade chinesa Shenzhen. No momento em que, a bordo de um comboio de alta …

Open Arms. Procurador siciliano ordena apreensão do navio e desembarque imediato dos ocupantes

Luigi Patronaggio, o procurador da cidade de Agrigento, na Sicília, ordenou esta terça-feira a apreensão do navio Open Arms e o desembarque imediato dos quase 100 migrantes africanos que este levava a bordo. O jurista, que …

Jovens suspeitos de três homicídios filmaram um “testamento final” com o telemóvel antes de se suicidarem

Bryer Schmegelsky e Kam McLeod, os dois jovens de 18 e 19 anos suspeitos de três homicídios no Canadá e que foram encontrados mortos após duas semanas em fuga, terão filmado um “testamento final” com …

Em resposta a Macron, Putin diz que autoridades agiram para evitar situação igual à dos "coletes amarelos" em França

O Presidente da Rússia Vladimir Putin disse, durante um encontro com o seu homólogo francês Emmanuel Macron, que as autoridades russas agiram para garantir que as manifestações dos seus opositores permanecem dentro "da lei", evitando …