Mais de 1,5 milhões de pessoas na Califórnia sem eletricidade há dois dias

Pacific Gas and Electric cortou a energia a mais de 300 mil clientes na área da baia de São Francisco, depois de avisos meteorológicos que anunciaram rajadas de vento que poderiam atingir uma velocidade de 110 quilómetros por hora em alguns locais.

Mais de 1,5 milhões de pessoas na Califórnia ficaram às escuras esta quinta-feira, pelo segundo dia consecutivo, depois de uma empresa de eletricidade ter cortado a energia para prevenir fogos provocados por ventos fortes na região, segundo a Associated Press.

A empresa Pacific Gas and Electric (PG&E) cortou a energia a mais de 300 mil clientes na área da baia de São Francisco, depois de avisos meteorológicos que anunciaram rajadas de vento que poderiam atingir uma velocidade de 110 quilómetros por hora em alguns locais.

Mais de um milhão de pessoas estavam já sem eletricidade desde quarta-feira quando a empresa cortou a energia no norte de São Francisco, na zona agrícola de Central Valley e na base da Sierra Nevada, onde 85 pessoas morreram em novembro de 2018 durante um incêndio cuja origem foi atribuída às linhas de transmissão da PG&E. A cidade de Paradise foi destruída pelo incêndio.

Após os incêndios de 2018 terem quase levado a empresa à falência, a PG&E pôs em prática esta nova medida, incentivada por previsões meteorológicas que alertaram para perigo de incêndio. A falta de energia gerou uma onda de descontentamento e alguns clientes protestaram.

“Nós estamos cientes e percebemos o impacto e as dificuldades” que os cortes de energia originam, afirmou Sumeet Singh, chefe do programa comunitário de segurança contra incêndios da PG&E, mas pediu aos clientes para não usarem como alvo dos seus protestos os trabalhadores da empresa.

A PG&E anunciou que ao reconfigurar o sistema de energia, restaurou o fornecimento de eletricidade a 44 mil clientes que não estão em zonas de risco de incêndio e que iria devolver energia a cerca de 60 a 80 mil pessoas na área de Humboldt, onde as rajadas diminuíram.

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, por seu turno, afirmou que a empresa deveria tornar o seu sistema elétrico mais forte e resistente às alterações do tempo. “A empresa está falida por causa da sua má gestão que já começou há décadas“, afirmou o governador.

A Southern California Edison, outra empresa de energia elétrica da região, já avisou que poderá cortar a energia a 174 mil clientes em nove condados, incluindo Los Angeles e áreas circundantes. A San Diego Gas & Eletric, também outra empresa californiana, notificou cerca de 30 mil clientes que vivem em zonas rurais sobre a possível perda de energia.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio. Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, …

Trump promove falsa teoria de que Kamala Harris não nasceu nos EUA (e que não será elegível para vice)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que ouviu que Kamala Harris, candidata democrata à vice-presidência da Casa Branca, não era elegível para o cargo, com base num boato que sugeria que pode não …

"Avante!". Pede-se máscara obrigatória, mas PCP só dá ouvidos à DGS

Vários peritos pedem o uso obrigatório de máscara na Festa do Avante!, mas o PCP só atende às recomendações feitas pela Direção-Geral da Saúde. Depois de muita contestação, a Festa do Avante! vai mesmo realizar-se, entre …

Coreia do Sul com maior número de casos desde março. Seul reforça medidas restritivas

A Coreia do Sul endureceu este sábado as medidas restritivas para conter a pandemia de covid-19 em Seul e arredores após registar o número mais elevado de novos casos diários em cinco meses. As regras, que …

Cavani tem viagem marcada para fechar acordo com o Benfica

Vários órgãos de informação avançam que Edinson Cavani tem viagem marcada para a Europa, onde deverá assinar com o SL Benfica dentro dos próximos dias. Depois de várias semanas de negociações, Edinson Cavani está praticamente garantido …

Novo Banco. Gama Life garante não ter relação com Greg Lindberg (mas GNB mudou-se para a sua morada)

O fundo da Apax Partners que assumiu o controlo da GNB Vida depois da compra ao Novo Banco “mudou-se” para a mesma morada de empresas do multimilionário Greg Lindberg em Londres, apesar da seguradora garantir …

Ministra admite que não leu relatório sobre Reguengos (e desvaloriza surtos em lares)

A ministra da Segurança Social admitiu, em entrevista ao semanário Expresso, que não leu o relatório sobre Reguengos de Monsaraz, mas considerou que a dimensão dos surtos de covid-19 em lares “não é demasiado grande …

Calvário no Barcelona. Setién de saída, Messi faz ultimato e Piqué fala em "vergonha"

O Barcelona foi esmagado (8-2) pelo Bayern Munique, nos quartos de final da Liga dos Campeões. Setién está de saída, Messi fez um ultimato e Piqué falou em "vergonha". Foi a noite mais negra de sempre …

Antonoaldo Neves quer receber mais para sair da TAP (mas Governo não paga "nem mais um cêntimo")

Quando foi anunciado o acordo de saída de David Neeleman da TAP, o Governo anunciou também que Antonoaldo Neves, CEO da companhia, seria substituído. No entanto, ainda não se chegou um acordo para a saída. …

Explosão em Beirute terá sido causada por trabalhos de manutenção

A explosão no porto de Beirute, no Líbano, que matou 171 pessoas, feriu mais de 6 mil e deixou um rasto de destruição na cidade, poderá ter sido causada por trabalhos de manutenção num armazém. …