CaixaBank convence Isabel dos Santos e vai controlar BPI (com a bênção de Costa)

Shatabisha / Wikimedia

Ainda não há fumo branco, mas o acordo entre os espanhóis do CaixaBank e a Santoro, sociedade de Isabel dos Santos, para a venda de activos do BPI está bem encaminhado, depois da intervenção de António Costa nos bastidores.

Isabel dos Santos e o CaixaBank já terão acertado o preço relativamente à venda dos mais de 18% que a sociedade da empresária angolana detém no BPI, o quinto maior Banco português.

O Expresso dá conta de que o acordo vai permitir ao CaixaBank assumir o controlo do BPI, cedendo a Isabel dos Santos a posição dominante que o banco português tem no CaixaBank convence Isabel dos Santos e vai controlar BPI (com a bênção de Costa), a maior instituição financeira angolana.

“As negociações chegaram a bom termo, com envolvimento directo do primeiro-ministro, António Costa, faltando questões finais e aprovação em assembleia geral dos accionistas do BPI e do BFA”, salienta o Expresso.

O CaixaBank ainda não assume oficialmente qualquer negócio, revelando que as negociações continuam.

“O CaixaBank continua a manter contactos com a Santoro – Finance Prestação de Serviços, SA., a fim de encontrar uma solução que possa ser aceitável para todas as partes interessadas e informará o mercado oportunamente sobre o resultado desses contactos”, explica a entidade espanhola no comunicado enviado à Comissão Nacional do Mercado de Valores do país vizinho.

No entanto, o director do Expresso, Pedro Santos Guerreiro, garante na Rádio Renascença que já há “um entendimento em relação ao preço, que é considerado positivo para Isabel dos Santos”.

“Houve uma intervenção, nos bastidores, do Governo português, directamente do primeiro-ministro, António Costa, no sentido de desbloquear esta negociação”, frisa também o jornalista.

Confirmando-se este negócio, é mais um Banco português que passa para mãos espanholas, depois de o Banco Santander ter garantido a compra do Banif num processo polémico com elevados custos para os contribuintes.

O Santander e o CaixaBank são também apontados como potenciais compradores do Novo Banco.

Notícias recentes apontam para o facto de a Comissão Europeia ter, alegadamente, uma estratégia para a banca portuguesa que passará pela “consolidação com os grandes bancos espanhóis”.

 

SV, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Há! Agora já os bancos espanhóis ou até talvez os da Coreia do Norte podem comprar isto tudo sem problemas e com a bênção do 1º ministro, estou a perceber!.

RESPONDER

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …

Governo prepara apoios aos media "à medida das televisões"

O Governo está a preparar medidas de apoio aos meios de comunicação social, gravemente afetados pela crise causada pela pandemia de Covid-19. Contudo, como considerou o administrador da Global Media Group, Afonso Camões, citado pelo Dinheiro Vivo, tudo …

Archewell. Harry e Meghan registam a sua nova marca

O príncipe Harry e Meghan Markle registaram a sua nova marca, uma fundação sem fins lucrativos chamada Archewell. De acordo com o jornal britânico The Guardian, que cita registos datados de 3 de março, a marca …

Libertação de reclusos. Esquerda ao lado do Governo garante aprovação

PSD, CDS-PP, PAN e Iniciativa Liberal manifestaram reservas ao diploma que prevê a concessão de indultos e antecipação do fim das penas para reclusos que tenham cometido crimes pouco graves. A proposta do Governo que cria …

Galp anuncia cortes de 500 milhões de euros por ano devido à pandemia

A Galp Energia decidiu cortar mais de 500 milhões de euros por ano dos seus custos operacionais e investimentos para 2020 e 2021, visando fazer face ao impacto da pandemia de Covid-19 na procura de …

Bombeiros de Beja admitem recusar transportar suspeitos e doentes

As 15 corporações de bombeiros do distrito de Beja admitem recusar transportar utentes suspeitos e doentes com covid-19 por falta de condições e apoios. As 15 corporações de bombeiros do distrito de Beja referem que, "por …

Ministra sul-africana suspensa por violar medidas de contenção

A ministra das Comunicações sul-africana, Stella Ndabeni-Abrahams, foi suspensa depois de ter sido apanhada em flagrante desobediência numa fotografia publicada no Instagram, onde é vista a almoçar com outras cinco pessoas. O Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, anunciou …

Suécia já tem acordo para impor medidas restritivas (mas ainda não está convencida)

A Suécia vai recuar na sua abordagem light à covid-19 e prepara-se para aplicar medidas restritivas. Os partidos já chegaram a acordo, mas o Governo não tem planos para usar já os novos poderes. Os partidos …

Bernie Sanders desiste da candidatura à Casa Branca

Bernie Sanders desistiu da corrida à nomeação para as eleições presidenciais de 2020 nos Estados Unidos, abrindo assim o caminho para que Joe Biden venha a competir com Donald Trump. Bernie Sanders desistiu da candidatura à …