Caixa vai apresentar prejuízo recorde de quase 2 mil milhões de euros

João Carvalho / wikimedia

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

Segundo avançaram esta quinta-feira o Eco e a Sic Notícias, as perdas da CGD em 2016 rondam os 1900 milhões de euros. Esta sexta-feira, Paulo Macedo apresenta os resultados.

Segundo o jornal Eco, a CGD vai apresentar resultados esta sexta-feira, sendo esperado um “recorde de prejuízosa rondar os 2 mil milhões de euros. O banco público vai também aproveitar para fazer um ponto de situação da recapitalização e reconhecer imparidades de três mil milhões de euros.

Ainda assim, diz o Jornal de Negócios, vão ficar significativamente abaixo dos 3 mil milhões de prejuízo previstos no plano de recapitalização – o que “abre a porta a uma injecção de capital inferior aos 2700 milhões de euros”, o que, se a Comissão Europeia permitir, até ajudaria o estado português  a atingir a meta do défice.

O documento negociado com Bruxelas previa que as imparidades do banco público chegassem em 2016 a 3 mil milhões de euros. No final de setembro, os resultados apontavam apenas para 412 milhões em imparidades.

Os 3 mil milhões de imparidades dizem respeito ao reconhecimento da desvalorização de   ativos e de perda de créditos em valor superior ao que constava no balanço do banco.

Na banca, este tipo de situação acontece sobretudo devido ao crédito mal parado, que tem como garantia, por exemplo, imóveis que desvalorizam ou expectativas de crescimento, no caso das empresas, que não se concretizam. De cada vez que uma empresa vai à falência, os seus créditos junto da banca ficam, total ou parcialmente, por pagar.

Os resultados da CGD melhoraram no último trimestre, explica o Observador, em parte por uma melhoria do clima económico, por medidas de contenção de custo e pela subida das receitas, mas também pelo impacto positivo na banca da alteração, no fim do ano passado, das regras que permitem que as perdas sejam dedutíveis em impostos.

Segundo o jornal online, uma pequena variação na taxa de imposto pode representar até mais de uma centena de milhão de euros no resultado final da Caixa.

Em 2015, a Caixa fechou o ano com prejuízos de 171,5 milhões de euros. Na altura, o presidente José de Matos confiava no regresso aos lucros em 2016.

Os resultados anuais do banco estatal vão ser apresentados pela primeira vez pelo novo líder da Caixa, Paulo Macedo, em conferência de imprensa que tem lugar esta sexta-feira, pelas 17.30h.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E agora de quem é a culpa? Como os prejuízos são do ano passado certamente a esquerdalha terá que arranjar um plano para culpabilizar alguém!.

  2. Todos filhos de Uma Égua, cada vez roubam mais, e o Zé povinho paga, não hà justiça em Portugal, pois se houvesse, quem rouba …. ( Forca ), pena de Morte, mas somos um País Governados por Piratas, Ladroēs e Bandidos.
    É triste ver notícias destas.

Responder a Eu! Cancelar resposta

PEV e PAN ameaçam chumbar Orçamento na especialidade

Esta quarta-feira, em debate sobre o Orçamento do Estado para 2021, PEV e PAN ameaçaram chumbar a proposta de OE na especialidade. No debate sobre o Orçamento do Estado para 2021, no Parlamento, Inês Sousa Real …

Imagens de satélite indicam que Irão começou construções em instalação nuclear

Imagens de satélite divulgadas esta quarta-feira mostram atividades na instalação nuclear iraniana de Natanz, um dia depois de inspetores da Agência Internacional de Energia Atómica confirmarem que o Irão iniciou a construção de uma central …

"Salvadores brancos". Organização vai acabar com as viagens de celebridades a África

A organização Comic Relief vai deixar de enviar celebridades como Ed Sheeran ou Stacey Dooley para fazerem filmes promocionais em países africanos após decidir que a abordagem reforça estereótipos ultrapassados sobre “salvadores brancos”. Além de acabar …

Tragédia no Canal da Mancha. Quatro migrantes morreram em alto mar após Governo rejeitar rota segura

De acordo com as autoridades francesas, quatro migrantes - incluindo duas crianças de cinco e oito anos - morreram ao tentar chegar ao Reino Unido de barco através do Canal da Mancha. O pequeno barco …

Detidos 21 suspeitos de desviarem fundos para financiar Puigdemont na Bélgica

A operação da polícia espanhola contra o alegado desvio de fundos públicos para financiar as despesas do ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont fugido na Bélgica resultou hoje em 21 detidos ligados ao movimento independentista na …

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …