Caixa vai apresentar prejuízo recorde de quase 2 mil milhões de euros

João Carvalho / wikimedia

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

Edifício-sede da Caixa Geral de Depósitos, CGD

Segundo avançaram esta quinta-feira o Eco e a Sic Notícias, as perdas da CGD em 2016 rondam os 1900 milhões de euros. Esta sexta-feira, Paulo Macedo apresenta os resultados.

Segundo o jornal Eco, a CGD vai apresentar resultados esta sexta-feira, sendo esperado um “recorde de prejuízosa rondar os 2 mil milhões de euros. O banco público vai também aproveitar para fazer um ponto de situação da recapitalização e reconhecer imparidades de três mil milhões de euros.

Ainda assim, diz o Jornal de Negócios, vão ficar significativamente abaixo dos 3 mil milhões de prejuízo previstos no plano de recapitalização – o que “abre a porta a uma injecção de capital inferior aos 2700 milhões de euros”, o que, se a Comissão Europeia permitir, até ajudaria o estado português  a atingir a meta do défice.

O documento negociado com Bruxelas previa que as imparidades do banco público chegassem em 2016 a 3 mil milhões de euros. No final de setembro, os resultados apontavam apenas para 412 milhões em imparidades.

Os 3 mil milhões de imparidades dizem respeito ao reconhecimento da desvalorização de   ativos e de perda de créditos em valor superior ao que constava no balanço do banco.

Na banca, este tipo de situação acontece sobretudo devido ao crédito mal parado, que tem como garantia, por exemplo, imóveis que desvalorizam ou expectativas de crescimento, no caso das empresas, que não se concretizam. De cada vez que uma empresa vai à falência, os seus créditos junto da banca ficam, total ou parcialmente, por pagar.

Os resultados da CGD melhoraram no último trimestre, explica o Observador, em parte por uma melhoria do clima económico, por medidas de contenção de custo e pela subida das receitas, mas também pelo impacto positivo na banca da alteração, no fim do ano passado, das regras que permitem que as perdas sejam dedutíveis em impostos.

Segundo o jornal online, uma pequena variação na taxa de imposto pode representar até mais de uma centena de milhão de euros no resultado final da Caixa.

Em 2015, a Caixa fechou o ano com prejuízos de 171,5 milhões de euros. Na altura, o presidente José de Matos confiava no regresso aos lucros em 2016.

Os resultados anuais do banco estatal vão ser apresentados pela primeira vez pelo novo líder da Caixa, Paulo Macedo, em conferência de imprensa que tem lugar esta sexta-feira, pelas 17.30h.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E agora de quem é a culpa? Como os prejuízos são do ano passado certamente a esquerdalha terá que arranjar um plano para culpabilizar alguém!.

  2. Todos filhos de Uma Égua, cada vez roubam mais, e o Zé povinho paga, não hà justiça em Portugal, pois se houvesse, quem rouba …. ( Forca ), pena de Morte, mas somos um País Governados por Piratas, Ladroēs e Bandidos.
    É triste ver notícias destas.

RESPONDER

Portugal fecha Europeus de atletismo num inédito segundo lugar

Portugal, com três títulos nos Europeus de atletismo de pista coberta de Torun, na Polónia, fecha a edição com um inédito segundo lugar no quadro de medalhas, logo atrás de Holanda, que obteve quatro ouros. O …

Constança Bradell já reuniu quase 200 mil euros, mas Kaftrio é só de dispensa hospitalar

Constança Bradell, a jovem de 24 anos que sofre de Fibrose Quística, já reuniu quase 200 mil euros, mas associação lembra que o Kaftrio é só de dispensa hospitalar. Depois do apelo emocionado nas redes sociais, …

Peritos revelam critérios do desconfinamento. Escolas e restaurantes devem reabrir após a Páscoa

Presidente da Repúblicas e Governo ouviram, nesta segunda-feira, as explicações dos especialistas sobre a situação da covid-19 em Portugal. Na reunião no Infarmed, foram apresentados os critérios para o plano de desconfinamento. Os especialistas que têm …

Rúben Amorim arrisca suspensão de 1 a 6 anos após acusação de fraude

O Sporting está a ser acusado de fraude na inscrição de Rúben Amorim como treinador. Um caso que resulta de participação feita pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) e que pode valer ao …

MAI impõe mínimo de mulheres no recrutamento para a GNR e PSP

O Ministério da Administração Interna (MAI) vai incluir nas regras de recrutamento em 2021 indicadores mínimos de 15% de mulheres na incorporação para guardas da GNR e de 20% para agentes da PSP. No âmbito da …

Pedro Nuno Santos diz que PS não se pode comportar como se tivesse maioria absoluta

O ministro das Infraestruturas e da Habitação defendeu, este domingo, que o PS não se pode comportar como se tivesse maioria absoluta, mas sim colaborar com BE e PCP porque a geringonça "não pode ser …

Joan Laporta eleito presidente do Barcelona (e já falou sobre o futuro de Messi)

Joan Laporta foi eleito presidente do FC Barcelona, este domingo, sucedendo ao contestado Josep Maria Bartomeu, ao recolher 30.184 votos (54,28% do total), nas eleições para os órgãos sociais do clube espanhol. Joan Laporta, que já presidiu …

Há cargos de supervisão há anos por preencher. João Leão assume atrasos

O Ministério das Finanças assume atrasos na procura por supervisores. Não podem vir do setor bancário e é preciso encontrar mulheres. O gabinete do ministro das Finanças, João Leão, assume atrasos na procura por administradores para …

"Temos de nos preparar". Benfica vai pôr travão no investimento

Após ter gasto mais de 100 milhões de euros em transferências, Jorge Jesus antecipa que o SL Benfica, assim como as outras equipas, vai ter de pôr um travão no investimento. O Benfica foi um dos …

Áustria retira por precaução lote da vacina AstraZeneca após morte de vacinada

As autoridades austríacas suspenderam por precaução as inoculações com um lote da vacina da AstraZeneca. O lote retirado não é usado em Portugal. A Áustria anunciou, este domingo, a retirada por precaução de um lote da …