Cães conseguem detetar covid-19, mas não estão a ser usados. “Podiam salvar tantas vidas”

Mauri Ratilainen / EPA

Um cão pode cheirar um pano que antes esteve no pulso ou no pescoço de alguém e identificar imediatamente se a pessoa contraiu o vírus até cinco dias antes do aparecimento de qualquer sintoma. Parece que os cães são eficazes na luta contra a doença, mas não estão a cumprir funções neste âmbito.

A segunda vaga da covid-19 está a atingir em larga escala a Europa, e há países que começaram a optar por não testar os assintomáticos – como é o caso de Portugal. Contudo, já ficou provado que os cães conseguem detetar de forma segura e eficaz se alguém está infetado com o novo coronavírus, mas estes não estão a ser usados.

Anna Hielm-Bjorkman, cientista veterinária da Universidade de Helsínquia, garante ao Deutsche Welle que “um cão poderia facilmente salvar tantas vidas”. Os testes que tem vindo a desenvolver revelam que os cães conseguem detetar a doença com um nível de precisão de quase 100%.

Porém, no caso finlandês, antes da investigação seguir o seu percurso normal, que é testar, publicar e aguardar a revisão pelos pares, foi decidido colocar os cães treinados a trabalhar.

Segundo Hielm-Bjorkman, os investigadores “que estão a publicar” estudos sobre o assunto “não estão nos aeroportos”, por isso não têm como provar as evidências de que os cães poderiam substituir os testes convencionais.

Tendo em conta o que diz a DW, o que parece faltar para que este método seja posto com prática é vontade política e financiamento para projetos que possam treinar cães para detetarem a doença. A veterinária finlandesa afirma que é necessária uma “mudança de paradigma” tanto para os profissionais médicos como para o público.

A falta de investimento nesta forma de testagem não é exclusiva da Finlândia. Na Alemanha, também foram anunciados resultados promissores com cães que detetam a infeção, mas a capacidade destes animais não tem sido usada para esse fim. “Quando começámos o projeto, fizemo-lo porque queríamos ajudar a deter a pandemia“, disse o professor Holger Volk, da Universidade de Medicina Veterinária de Hanove à DW.

O docente desabafou que “tem sido um caminho muito muito frustrante. Tive muitos opositores em todo o processo. Se eu não fosse uma pessoa muito determinada, depois de fazer muitos estudos, provavelmente teria parado”.

Ainda assim, ao contrário da Finlândia e da Alemanha, a polícia do Chile já está a treinar cães para detetarem o vírus através do suor.

“O vírus não tem odor, é a infeção que gera uma mudança metabólica em diferentes órgãos e, nessa resposta fisiológica do organismo, são gerados compostos associados aos sulfatos, que os cães detetariam”, explica Fernando Mardones, professor de epidemiologia veterinária da Universidade Católica do Chile.

No país da América Latina, a expectativa é que em breve os animais iniciem a nova função acompanhados de um agente para realizar deteções em lugares como terminais de autocarro, aeroportos e postos de saúde.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …

Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas. A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de …

Professor alemão do ensino básico é suspeito de canibalismo e homicídio

Depois de uma pilha de ossos ter sido encontrada por transeuntes no parque de Berlim, as autoridades alemãs descobriram que se tratava de uma vítima de canibalismo. As pistas conduziram-nas, mais tarde, à casa do …

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …