Cada vez mais militares são excluídos dos cursos de Comando por razões médicas

O 127º curso de Comandos, marcado pela morte de dois militares, termina na sexta-feira com 14 formandos excluídos por razões médicas, uma tendência que tem aumentado nos últimos anos.

No curso que termina na sexta-feira, em que apenas um foi eliminado por não ter passado nas provas de “aptidão técnica”, vão receber a boina e o crachá da especialidade 23 dos 67 formandos iniciais, três sargentos e 22 praças.

O 127º curso registou o maior número de desistências dos quatro últimos cursos, com 27 dos 67 candidatos iniciais a decidirem voluntariamente abandonar a formação. Segundo dados fornecidos à agência Lusa pelo Exército, relativos ao período 2012-2016, verifica-se que o número de eliminações por razões do “foro médico” nos últimos cursos aumentou exponencialmente: de seis em 2013, para 12 em 2014, 24 em 2015 e 29 em 2016.

Este ano, o número de eliminações médicas atingirá 29, contando com 15 no primeiro curso, já concluído, e 14 no curso que termina na sexta-feira.

Desistências

Quanto às desistências, no primeiro curso realizado este ano desistiram três dos 58 militares que iniciaram a formação, enquanto nos dois cursos de 2015 apenas houve uma desistência e no único curso realizado em 2014 não se verificou nenhuma.

Excetuando o curso que termina na sexta-feira, as exclusões, seja por inaptidão técnica ou por questões médicas, superam o número de desistências. No total, o Exército tem como “dentro do padrão” para o curso da especialidade Comando uma média de saídas (por desistência e por eliminação) na ordem dos 45%.

O número de desistências do curso atual, 27, está numa escala que se não se verificava desde 2013, quando houve 34 desistências num total de 108 formandos, e no ano anterior, quando 29 saíram do curso, iniciado por 118 alunos.

Os Comandos são uma tropa especial do Exército, constituindo “forças de combate ligeiras, não blindadas, vocacionados para operações convencionais de natureza eminentemente ofensiva”, lê-se, no site do ramo.

A “capacidade de projeção imediata, uma elevada capacidade técnica e tática, grande flexibilidade de emprego e elevado estado de prontidão, capitalizando a surpresa, velocidade, violência e precisão do ataque, como fatores decisivos”, são as características desta tropa.

Investigação criminal

As mortes no 127º curso de Comandos levaram o Ministério Público a abrir uma investigação criminal que até ao momento resultou na acusação de cinco militares, um dos quais, o capitão-médico encarregado de zelar pela saúde dos formandos, por dois crimes de homicídio negligente.

Outros quatro foram acusados do crime de ofensas à integridade física graves e negligentes.

O Exército abriu três inquéritos disciplinares ao sucedido e uma inspeção técnica extraordinária sobre os referenciais do curso e o respetivo processo de seleção, que estão “a decorrer nos trâmites legais”.

Até terminar essa inspeção técnica, que o ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, já afirmou estar para breve, novos cursos de Comando estão suspensos.

Existe ainda uma outra investigação a decorrer sobre as mortes no 127º curso, no âmbito da Provedoria de Justiça.

 

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Termina o dever cívico de confinamento

O Conselho de Ministros aprovou esta sexta-feira o fim do “dever cívico de recolhimento”, que entrará em vigor na próxima segunda-feira, prevê a resolução que prolongou a situação de calamidade até 14 de junho. A situação …

"Ratos" de musgo espalham-se pelos glaciares do Ártico (e intrigam cientistas)

A presença de estranhas bolas de musgos nos ecossistemas de glaciares tem atraído a atenção da comunidade científica. Estas estranhas criatura proliferam no Ártico, mas também em regiões da Islândia e América do Sul. Especialistas de …

Há 29 países que podem visitar a Grécia a partir de 15 de junho. Portugal ficou de fora

A partir de 15 de junho, cidadãos oriundos de 29 países poderão visitar a Grécia, revelou esta sexta-feira o Governo helénico, dando conta que a lista elaborada teve em conta a situação epidemiológica de cada …

Portugal Continental não vai ter quarentena para turistas

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira que Portugal continental não vai aplicar normas de quarentena para quem vier de fora do país. No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se …

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …

Asteróide que dizimou os dinossauros atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível"

O asteróide que dizimou os asteróides e 75% de todas espécies à face da Terra há 65 milhões de anos atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível", concluiu uma investigação do Imperial College de …

O Sol pode ser fruto de um acidente galáctico entre a Via Láctea e uma galáxia anã

Uma pequena galáxia, chamada Sagitário, moldou a Via Láctea há milhares de milhões de anos: cada vez que passou perto da nossa galáxia, causou fortes explosões de formação estelar que podem até ter originado o …

Se diplomacia falhar, China admite uso de força militar para controlar Taiwan

A China vai atacar Taiwan se não houver outra maneira de impedir que este Estado se torne independente, disse Li Zuocheng, um dos mais importantes generais do país, esta sexta-feira. Esta será uma opção de …