Burger King prometia hambúrgueres a russas que engravidassem de jogadores do Mundial

Na Rússia, o Burguer King ofereceu 40 mil euros e hambúrgueres grátis para toda a vida às russas que engravidassem de um jogador do Mundial. A promoção já foi cancelada.

Uma campanha – entretanto cancelada – anunciada pelo Burger King, na Rússia, prometia oferecer cerca de 40 mil euros e hambúrgueres vitalícios às mulheres que conseguissem engravidar de jogadores do Mundial 2018.

“As mulheres que conseguirem os melhores genes futebolísticos vão promover o sucesso da equipa russa nas próximas gerações”, podia ler-se no anúncio, que foi publicado na rede social VKontakte da cadeia de fast food, o equivalente ao Facebook no país.

A promoção gerou grande polémica e mereceu várias críticas nas redes sociais e no país anfitrião do Campeonato do Mundo. “Este é o reflexo direto do nível em que a nossa sociedade está em relação às mulheres“, comentou uma utilizadora.

Quer nos meios de comunicação social, quer na própria publicidade, as mulheres russas são retratadas frequentemente como predadoras sexuais que “caçam” as suas presas, explica o Jornal de Notícias.

Entretanto, a cadeia de fast food já emitiu um comunicado no qual pede desculpa pela promoção em causa. “Lamentamos pelo anúncio que fizemos. Acabou por se revelar insultuoso. Agradecemos o vosso feedback“, escreveu o Burger King.

Mas esta não é a primeira vez que este tipo de polémica tem lugar na Rússia pós-comunista. Nos meios de comunicação social, adianta o JN, os debates sobre o papel dos géneros recebe pouca atenção e o feminismo é frequentemente descartado.

Já no ano passado, a mesma cadeia de fast food da Rússia usou a fotografia de uma vítima de violação numa das suas campanhas publicitárias.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Covid-19 só explica 27,5% do acréscimo de mortalidade

As mortes por covid-19 em Portugal entre 02 de março e 18 de outubro representam apenas 27,5% do acréscimo da mortalidade registado relativamente à média dos últimos cinco anos, revelou esta sexta-feira o Instituto Nacional …

PCP desafia Governo a renacionalizar os CTT

O secretário-geral do PCP desafiou hoje o Governo a responder "à chantagem" do "grupo Champalimaud", retirar-lhe a concessão do serviço postal e renacionalizar os CTT. A proposta foi feita por Jerónimo de Sousa depois de estar …

"Covid persistente" atinge cerca de 20% dos curados (mas não recuperados)

Um novo estudo britânico indica que vários pacientes podem apresentar sintomas e sequelas durante vários meses, mesmo depois de testarem negativo. Os casos de “covid persistente” afetam maioritariamente mulheres e idosos. Há ainda muito por descobrir …

Acuña já é destaque em Espanha: "Não é bom nos 100 metros, mas..."

O ex-jogador do Sporting será uma referência para Lopetegui e já demonstrou um grande nível no jogo da Liga dos Campeões contra o Rennes. Marcos Acuña chegou a Sevilha há um mês e meio mas começa …

Portagens devem manter preços em 2021

Os preços das portagens nas autoestradas deverão voltar a manter-se em 2021, a confirmar-se a estimativa da taxa de inflação homóloga, sem habitação, de -0,18% em outubro, divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). A fórmula …

Governo estuda novo confinamento total nas duas primeiras semanas de dezembro

O Governo está a ponderar decretar um novo confinamento total da população portuguesa nas duas primeiras semanas de dezembro. A notícia foi avançada esta sexta-feira pela TVI e, entretanto, confirmada por outros órgãos de informação. O …

Pelo menos 140 pessoas afogam-se no naufrágio mais mortal de 2020

Pelo menos 140 migrantes morreram afogados ao largo da costa senegalesa depois de a embarcação em que seguiam se ter incendiado e naufragado, avançou a Organização Internacional para as Migrações (OIM). O barco transportava 200 pessoas …

Nélson Évora terminou contrato com o Sporting

Nelson Évora, campeão olímpico do triplo salto nos Jogos Olímpicos Pequim2008, vai deixar o Sporting após o fim do contrato com o clube, no sábado, confirmou à "Lusa" fonte oficial do Sporting, esta sexta-feira. O atleta, …

Nova Zelândia aprova eutanásia. Mas rejeita legalização da marijuana

Os neozelandeses aprovaram a eutanásia voluntária, mas rejeitaram a legalização da marijuana para uso recreativo, em dois referendos realizados em 17 de outubro, anunciou esta sexta-feira a Comissão Eleitoral. Cerca de 65,2% dos neozelandeses votaram a …

Governo pondera novas medidas de apoio ao emprego e empresas

O Governo está a ponderar novas medidas de apoio ao emprego e às empresas em resposta ao agravamento da pandemia de covid-19, disse hoje o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro …