Burberry queimou 32 milhões de euros em produtos para “proteger” a marca

A famosa marca de luxo britânica queimou roupa, acessórios e perfumes que não foram vendidos em 2017, no valor de 32 milhões de euros, para proteger a marca.

Segundo a BBC, a Burberry queimou roupas, acessórios e perfumes que não foram vendidos em 2017, no valor de 30 milhões de euros. Nos últimos cinco anos, o valor total de produtos destruídos pela famosa marca de luxo britânica ultrapassa os 90 milhões de libras, cerca de 100 milhões de euros.

Esta é uma prática comum neste tipo de marcas de luxo, que optam por destruir os artigos não vendidos de forma a evitar que os mesmos sejam vendidos a preços mais baixos, o que levaria a uma degradação da imagem da marca.

Em sua defesa, a Burberry revelou que o dióxido de carbono libertado durante o processo foi capturado e reservado, tornando a ação “ambientalmente sustentável”.

“A Burberry tem procedimentos cuidadosos para minimizar o excesso de stock que produzimos. Nas ocasiões em que a destruição dos produtos é necessária, fazemos isso de forma responsável e continuamos a procurar formas de reduzir e revalorizar o nosso lixo”, explicou um porta-voz da empresa britânica.

A empresa afirmou que o ano passado foi atípico, pois teve de destruir uma grande quantidade de perfumes depois de assinar um contrato com a empresa norte-americana Coty, que produziu novos stocks e, por isso, a Burberry teve de destruir 10 milhões de libras em produtos antigos, sobretudo perfumes, ou seja, cerca de 11 milhões de euros.

Nos últimos anos, a Burberry tem-se esforçado para tornar a marca novamente “exclusiva”, depois de um período em que muitos falsificadores “colocavam a etiqueta da marca em tudo o que podiam”, explica Maria Malone, que dá aulas sobre a indústria da moda na Manchester Metropolitan University, no Reino Unido.

“A marca está a fazer isso para que o mercado não seja inundado por promoções. Não querem que os produtos da Burberry caiam nas mãos de quem possa vendê-los com desconto e assim façam desvalorizar a marca“, acrescenta.

A Burberry não é a única empresa a ter de lidar com o excesso de produtos não vendidos. Outro exemplo é a Richemont, dona das marcas Cartier e Montblanc, que teve de recomprar relógios no valor de 480 milhões de euros nos últimos dois anos. Analistas dizem que parte dos relógios seria reciclada e o restante seria deitado fora.

Ambientalistas criticam

Os ambientalistas criticam o lixo gerado neste processo. “Apesar dos seus preços altos, a Burberry não demonstra respeito pelos seus próprios produtos, pelo trabalho duro e pelos recursos naturais usados para fabricá-los”, diz Lu Yen Roloff, da Greenpeace.

“A crescente quantidade de stocks excedentes indica que há sobreprodução e, em vez de diminuir a produção, estas marcas queimam roupas e produtos em perfeitas condições”.

É um segredo sujo da indústria da moda. A Burberry é só a ponta do iceberg”.

Tim Jackson, diretor da Escola Britânica de Moda no campus de Londres da Glasgow Caledonian University, diz que marcas de moda como a Burberry vivem um paradoxo.

Para satisfazer acionistas, tem de continuar a expandir-se, mesmo sob o risco de “diluir a sua identidade e criar excesso de stock. Estas marcas nunca terão como solucionar este problema”, declara.

Em novembro do ano passado, a Burberry anunciou uma ação para “reenergizar” os seus produtos. Isso incluia elevar o status da marca, fechar lojas que não estivessem em locais “estratégicos” e criar um centro de excelência para itens de couro de luxo.

A empresa também cortou gastos, o que ajudou a aumentar os lucros. No seu último ano fiscal, fechado a 31 de março, a empresa reportou um crescimento de 5% nos lucros, que chegaram a 414 milhões de libras, com as vendas a atingir 2,7 mil milhões de libras.

ZAP // BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …

"Árvores dinossauro". Bombeiros australianos conseguiram salvar floresta pré-histórica

Os bombeiros australianos conseguiram salvar dos incêndios uma floresta com árvores pré-históricas localizada no sudeste do país, anunciou o Governo. Em causa estão árvores da espécie Wollemia nobilis, vulgarmente conhecidas como Pinheiro de Wollemi, que se …

Príncipe Harry e Meghan renunciam aos títulos da realeza

O Palácio de Buckingham anunciou, este sábado, um acordo em que o príncipe Harry e a sua mulher renunciaram aos respetivos títulos, abandonando os deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido e …

Polaris Slingshot chega ao mercado com um sistema de transmissão inovador

A nova versão do Polaris Slingshot vem equipado com um sistema de transmissão que mescla a condução do manual com o conforto do automático. Para quem não conhece o Polaris Slingshot, apresentado pela primeira vez em …

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …