Bruxelas vai investir até 3 mil milhões para impulsionar Céu Único Europeu

reflexiste / Flickr

-

Até três mil milhões de euros de financiamento comunitário vão ser entregues às principais companhias aéreas e aeroportos para projetos de modernização do sistema de tráfego aéreo europeu, com vista à materialização do Céu Único Europeu, lançado há dez anos.

“A Comissão Europeia vai assinar um acordo para modernizar o sistema de gestão do tráfego aéreo da União Europeia e para rever a organização espacial da Europa”, disse esta sexta-feira o porta-voz da Comissão Europeia para os Transportes, Jakub Adamowicz, na conferência de imprensa diária em Bruxelas.

O porta-voz explicou que a União Europeia (UE) está agora a entrar na fase de desenvolvimento do SESAR, o projeto de investigação sobre a gestão do tráfego aéreo que visa criar o Céu Único Europeu, e que os três mil milhões de euros de fundos europeus serão direcionados para o desenvolvimento de projetos conjuntos e a modernização do sistema de gestão do tráfego aéreo.

“O problema central é que a gestão do tráfego aéreo europeu é fragmentada e ineficaz”, disse o mesmo porta-voz.

Já a comissária europeia dos Transportes, Violeta Bulc, afirmou em comunicado que o acordo de hoje é uma “grande conquista para a aviação da UE”, porque tornará os sistemas mais inteligentes, baratos, limpos e seguros à navegação aérea, além de ser um passo importante na execução do Céu Único Europeu.

O projeto Céu Único Europeu, que visa acabar com a fragmentação do espaço aéreo europeu, potenciando uma gestão integrada do tráfego aéreo, foi lançado há cerca de dez anos, mas ainda não foi concretizado.

Segundo o executivo comunitário, os problemas decorrentes da fragmentação do espaço aéreo europeu “geram custos adicionais da ordem dos cinco mil milhões de euros por ano” e acrescentam “42 quilómetros à distância de um voo médio, obrigando as aeronaves a gastar mais combustível”, a aumentar as emissões, a pagar elevadas taxas de utilização e originam maiores atrasos.

A título de exemplo, Bruxelas refere que os Estados Unidos controlam um espaço aéreo da mesma dimensão, com mais tráfego e cerca de metade dos custos.

Segundo a Comissão Europeia, quando o céu único europeu estiver a funcionar em pleno, a “segurança será dez vezes superior, a capacidade de espaço aéreo será três vezes superior, os custos de gestão do tráfego aéreo reduzir-se-ão em 50% e o impacto no ambiente será 10%” menor.

Em 2004 e em 2009, foram adoptados os pacotes Céu Único I e II, respetivamente.

Atualmente, a gestão do espaço aéreo é competência dos governos nacionais.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …