/

Bruno (com o ordenado congelado) recua e vai impugnar AG

6

António Cotrim / Lusa

O ex-presidente do Sporting, Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho, que este sábado foi destituído de presidente do Sporting pelos sócios em Assembleia-Geral, diz agora que vai impugnar a reunião e pretende apresentar-se às eleições, previstas para 8 de setembro.

15 horas depois de ter dito que deixava de ser sócio (e adepto) do Sporting, num post publicado esta madrugada no Facebook no qual acusava os sócios que votaram a sua destituição de serem “fantoches“, Bruno de Carvalho volta atrás na sua decisão, anunciando agora a impugnação da Assembleia Geral e a candidatura às eleições.

Agora acabou. Querem guerra. Eu compro. Vou impugnar a AG e o presidente da SAD ainda sou eu. Vou a eleições. Vamos ver quem vence. Se são a maioria dos sócios ou os podres e os viscondes”, afirmou Bruno de Carvalho, numa publicação no seu perfil no Facebook.

“Eu vou impugnar, como sócio esta AG, e vou a eleições. E se estes tipos da putativa comissao disciplinar me quiserem expulsar de sócio, dia 30 encontramo-nos na AG pois tenho direitos que não vou abdicar! Chega de afinações!”

Ordenado congelado

“Por muito que me queira afastar, não consigo! Bem sei o que disse amargurado, traído, ferido, que não queria ser mais adepto nem sócio, mas NÃO consigo…”, diz o ex-presidente do Sporting.

Eu fico com o ordenado congelado, sem receber nada de nada, mas vou à luta pelos milhares que não querem mais os Viscondes ou aqueles que querem assaltar o Sporting CP!”, acrescenta Bruno de Carvalho. “Eu posso perder mas sim: não vou desistir!”

“Esta conferência de imprensa tirou-me do sério! Abutres arrogantes…”, conclui o ex-presidente do clube de Alvalade.

A Comissão de Gestão do Clube, liderada por Artur Torres Pereira, anunciou hoje que o antigo presidente do Sporting José Sousa Cintra tinha sido nomeado para a presidência da SAD do emblema lisboeta, em substituição de Bruno de Carvalho, na sequência da votação para a destituição do Conselho Diretivo.

Após o término da AG, Bruno de Carvalho tinha dito aos sócios que não se candidatava “de certeza”, depois de a destituição do Conselho Diretivo por si liderado ter sido aprovada no sábado com 71,36% de votos favoráveis, contra 28,64% de votos no sentido da sua continuidade.

“Podia impugnar esta AG por todas as ilegalidades cometidas: sim. Mas não o vou fazer. Era só o adiar o ter de devolver o clube a quem nele mesmo manda”, escreveu Bruno de Carvalho, no texto publicado durante a madrugada.

  ZAP // Lusa

6 Comments

  1. Assassinem mediáticamente este tipo, que merece. Dá um bom estudo psiquiátrico para algum estudante de medicina.

  2. Este fulano de facto, deve ter qualquer coisa a esconder, ou então deve achar que tem razão. Há malucos para tudo.

  3. Es realmente um escroque da pior espécie , tens que ser internado rapidamente, coitada da tua filhinha que nasceu e não sabe a besta de Pai que vai ter no futuro.Ès imaturo anormal, arrogante, narcisista… resultado tens tudo de pior que um ser humano pode ter. Não consegues ver que perdeste tudo mas tudo, ainda não satisfeito, queres fazer mais porcaria e seres internado na ala psiquiatra de caxias. Pois é o que te vai acontecer quando a auditoria forense se concretizar e esse é que é o teu problema.Quando se descobrir que não tinhas dinheiro nem para um café e andavas à mingua no Cafe IN , ou já te esqueceste que há gente que sabe do teu passado.
    Resguarda o pouco que ainda poderás ter de dignidade e trata da tua familia ou melhor das tuas famílias e deixa para gente com cérebro gerir uma instituição centenária que tu querias para ti e para teu governo como fosses o Czar de Alvalade e tinhas os teus capangas atras.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE