“Brincar de Rua” usa tecnologia digital para que as crianças voltem a brincar na rua

(cv) ludotempo.pt

-

Uma associação de Leiria está a desenvolver um projeto que tem por objetivo fazer com que as crianças voltem a brincar na rua, servindo-se de tecnologia digital para assegurar a sua segurança, disse hoje o responsável.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da associação Ludotempo, Francisco Lontro, explicou que o projeto Brincar de Rua pretende devolver às crianças “a experiência única de brincar na rua”, de uma forma adaptada aos tempos de hoje e com toda a segurança.

“A ideia deste projeto é criar grupos de brincar comunitários. Trata-se de uma iniciativa de brincar livre, em que o que queremos é replicar ao máximo a experiência do brincar que nós tivemos, mas adaptada às condições dos dias de hoje”, disse.

Cada grupo não deverá ultrapassar as 15 inscrições e será monitorizado por dois adultos devidamente formados e certificados pela Ludotempo, a associação de Leiria sem fins lucrativos mentora do projeto.

“Aos monitores é dado o nome de embaixadores do brincar, sendo a estes que cabe a garantia da segurança das crianças, sendo ainda ativadores nalguma brincadeira, mas retirando-se o mais depressa possível”, diz Francisco Lontro.

“Queremos os mais novos a brincar livremente no espaço público, encontrando os amigos de sempre ou fazendo novos amigos, explorando a criatividade e com interferência mínima dos adultos”, sublinha o responsável.

De acordo com Francisco Lontro, “o grande bastião do projeto é a segurança das crianças” e, para além dos dois adultos a monitorizar cada grupo, “a ideia é que os miúdos usem também um sistema de geolocalização”.

“Este sistema permite definir um perímetro de segurança e, se por alguma razão extraordinária a criança se afastar, o sistema emite um alerta imediato e os monitores sabem que a criança saiu do perímetro de segurança e conseguem localizá-la”, esclareceu.

Este projeto-piloto, destinado a crianças com idades entre os 5 e os 12 anos, será testado num bairro da cidade de Leiria “no final de setembro, inícios de outubro”.

“Haverá depois uma segunda fase piloto, saindo da cidade de Leiria; e uma terceira fase, já de expansão nacional”, concluiu.

Brincar de Rua é um projeto de inovação social e foi reconhecido pela Fundação Calouste Gulbenkian como um dos 10 melhores projetos nacionais de 2016, no prémio FAZ IOP.

Desenvolvido pela associação Ludotempo, o projeto conta ainda com a parceria da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do IPL, Câmara Municipal de Leiria, União de Freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes, e Instituto Português e do Desporto e Juventude.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Termina o dever cívico de confinamento

O Conselho de Ministros aprovou esta sexta-feira o fim do “dever cívico de recolhimento”, que entrará em vigor na próxima segunda-feira, prevê a resolução que prolongou a situação de calamidade até 14 de junho. A situação …

"Ratos" de musgo espalham-se pelos glaciares do Ártico (e intrigam cientistas)

A presença de estranhas bolas de musgos nos ecossistemas de glaciares tem atraído a atenção da comunidade científica. Estas estranhas criatura proliferam no Ártico, mas também em regiões da Islândia e América do Sul. Especialistas de …

Há 29 países que podem visitar a Grécia a partir de 15 de junho. Portugal ficou de fora

A partir de 15 de junho, cidadãos oriundos de 29 países poderão visitar a Grécia, revelou esta sexta-feira o Governo helénico, dando conta que a lista elaborada teve em conta a situação epidemiológica de cada …

Portugal Continental não vai ter quarentena para turistas

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira que Portugal continental não vai aplicar normas de quarentena para quem vier de fora do país. No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se …

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …

Asteróide que dizimou os dinossauros atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível"

O asteróide que dizimou os asteróides e 75% de todas espécies à face da Terra há 65 milhões de anos atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível", concluiu uma investigação do Imperial College de …

O Sol pode ser fruto de um acidente galáctico entre a Via Láctea e uma galáxia anã

Uma pequena galáxia, chamada Sagitário, moldou a Via Láctea há milhares de milhões de anos: cada vez que passou perto da nossa galáxia, causou fortes explosões de formação estelar que podem até ter originado o …

Se diplomacia falhar, China admite uso de força militar para controlar Taiwan

A China vai atacar Taiwan se não houver outra maneira de impedir que este Estado se torne independente, disse Li Zuocheng, um dos mais importantes generais do país, esta sexta-feira. Esta será uma opção de …