Brexit. Demissão no Governo deixa Theresa May por um fio

deccgovuk / Flickr

Andrea Leadsom, a secretária de Estado da Energia britânica

A ministra dos Assuntos Parlamentares britânica, Andrea Leadsom, anunciou esta quarta-feira a demissão do Governo em desacordo com o plano da primeira-ministra, Theresa May, para tentar aplicar o ‘Brexit’.

“Não acreditamos que sejamos um Reino Unido verdadeiramente soberano através do acordo que é agora proposto”, alegou, numa carta enviada à chefe de governo.

Leadsom, eurocética e pró-‘Brexit’, foi a finalista vencida das eleições para a liderança do partido Conservador, em 2016, acabando por retirar-se a favor de Theresa May.

A primeira-ministra está sob intensa pressão dos seus próprios deputados para se demitir devido à dificuldade em apresentar um plano satisfatório para fazer o Reino Unido sair da União Europeia (UE).

Tal como observa o jornal Público, e tendo em conta que Leadsom tem assento no Conselho de Ministros, a sua demissão corta o canal de comunicação entre May e o Parlamento. Sem este cargo ocupado, a primeira-ministra não tem como levar a votação, pela quarta vez, a sua nova proposta para a saída do Reino Unido da UE.

Esta quarta-feira May anunciou no Parlamento que pretende publicar na sexta-feira a nova proposta de lei para o ‘Brexit’, para que os deputados tenham tempo de a analisar antes de a votarem, no início de junho. As novidades incluem garantias sobre a aplicação da cláusula de salvaguarda na Irlanda (conhecida como ‘backstop), reforço de proteções na área laboral e garantias de que a legislação ambiental será preservada.

Contudo, a nova proposta já foi rejeitada pelo Partido Trabalhista, na oposição, com o líder a dizer que se trata de uma versão remodelada das mesmas ideias anteriores.

Também vários deputados Conservadores se mostraram desagradados com o facto de Theresa May ter incluído a possibilidade de um segundo referendo sobre o ‘Brexit’, considerando que essa estratégia os poderá levar a votar contra a nova proposta de acordo para a saída da União Europeia.

Em declarações à emissora britânica BBC, vários ministros do Governo adiantaram que Theresa May não tem condições para continuar no cargo. “É o fim da linha“, afirmaram.

As três anteriores propostas de ‘Brexit’ negociadas pela primeira-ministra britânica com Bruxelas foram rejeitadas por maiorias parlamentares, conduzindo a um impasse que obrigou Londres a prolongar o prazo de saída da União Europeia até 31 e outubro.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Piloto do avião desaparecido da Malaysia Airlines terá cortado o oxigénio

Já lá vão mais de cinco anos desde o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines, que continua um mistério até hoje. Agora, acredita-se que o piloto terá cortado o oxigénio no avião. A noite de …

Sergio Moro diz que sai do Governo caso se provem irregularidades

O ministro da Justiça brasileiro reiterou a sua inocência no Senado, esta quarta-feira, mas afirmou que deixa o cargo caso se provem irregularidades nas mensagens trocadas com procuradores da Operação Lava Jato. "Estou absolutamente convicto das …

Nuvens brilhantes invadiram o céu de Espanha. Foi um "espetáculo quase inédito"

Este fim de semana, as nuvens noctilucentes (que em latim significa “brilho noturno”) ou nuvens mesosféricas polares foram vistas em Espanha. Surgem antes do amanhecer ou depois do pôr do sol, a sua cor varia normalmente …

Luís Enrique deixa comando da seleção espanhola (e já tem substituto)

Luis Enrique foi obrigado a abandonar o cargo de selecionador espanhol devido a um problema familiar que se arrasta desde março. “As razões que me impediram, desde março, de exercer normalmente as minhas funções de treinador …

Urso polar localizado em cidade russa longe do habitat natural

Um urso polar emagrecido foi visto numa cidade industrial da Sibéria, afastado para sul dos seus territórios de caça. As entidades de emergência da cidade de Norilsk, no Ártico Russo, alertaram na terça-feira os residentes locais …

Teixeira dos Santos não se arrepende de ter nomeado Vara e Santos Ferreira

O ex-ministro das Finanças disse, esta quarta-feira, no Parlamento que não tem "razões para se arrepender" de ter nomeado Armando Vara e Carlos Santos Ferreira para a administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD). "Até este …

Rio disponível para acordo com PS na Lei de Bases da Saúde

O presidente do PSD considera haver margem para um acordo com o PS para uma nova Lei de Bases da Saúde, estando os sociais-democratas a identificar as propostas que considera essenciais, nas quais inclui as …

Boris Johnson soma e segue. Rory Stewart eliminado

O ministro para o Desenvolvimento Internacional, foi eliminado, esta quarta-feira, da eleição interna para a sucessão de Theresa May no partido conservador e para assumir o cargo de primeiro-ministro britânico, restando assim quatro dos dez …

Homem detido por suspeitas de envolvimento na morte de Emiliano Sala

Um homem de 64 anos, de North Yorkshire, no Reino Unido, foi detido esta quarta-feira por alegado envolvimento na morte do futebolista Emiliano Sala. A polícia de Dorset anunciou, esta tarde, a detenção de um homem …

População mundial pode atingir os 10 mil milhões em 2050

A população mundial está a ficar mais velha e a crescer a um ritmo mais lento, mas espera-se que suba dos atuais 7,7 mil milhões para 9,7 mil milhões em 2050, segundo o novo …