Brexit: começou a segunda fase de negociações

number10gov / Flickr

Artigo 50: A primeira-ministra britânica, Theresa May, assina a carta que deu início ao Brexit

União Europeia e Reino Unido iniciam esta segunda-feira a segunda fase de negociações para o Brexit. O arranque desta fase de conversações surge num momento em que a relação entre os dois blocos políticos está cada vez mais tensa.

Esta será a primeira ronda de negociações dedicada inteiramente a fixar os termos de saída do Reino Unido, uma vez que a primeira, celebrada no passado dia 19 de junho, serviu apenas para estabelecer o calendário e o método de trabalho dos negociadores, que, segundo o Observador, passarão a reunir-se uma semana por mês em Bruxelas.

As prioridades nesta primeira etapa passam por acordar os direitos de que beneficiarão os cidadãos europeus no Reino Unido e os britânicos na União Europeia, resolver a situação da Irlanda do Norte, com o objetivo de evitar uma fronteira “estrita” com a República da Irlanda, e fechar o acordo sobre as obrigações financeiras do Reino Unido.

É precisamente este último ponto que mais divergências tem criado, com sucessivos avisos de parte a parte. Algumas estimativas avançadas apontam para valores na ordem dos 100 mil milhões de euros, uma fatura que o Reino Unido não está disposto a pagar.

“As verbas que vi mencionadas, parecem-me extorsivas”, afirmou recentemente o ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson, acrescentando que os responsáveis europeus “bem podem esperar sentados” se acham que os britânicos vão pagar esses valores.

A expressão de Boris Johnson, no original “go whistle” – expressão que traduzida à letra seria algo como “ficar a assobiar” -, levou Michel Barnier, principal negociador da União Europeia para o Brexit, a responder com dureza: “Não estou a ouvir ninguém a assobiar, apenas o relógio a fazer tiquetaque“.

A troca de argumentos entre Boris Johnson e Michel Barnier surge praticamente na mesma altura em que o representante da cidade de Londres encarregue da pasta do Brexit, Jeremy Browne, enviou uma carta ao Governo britânico acusando os franceses de estarem “ativamente a perturbar e querer destruir” o centro financeiro londrino.

“Eles são cristalinos sobre o seu objetivo final, que é enfraquecer o Reino Unido e promover a degradação da cidade de Londres”, escreveu Browne, numa carta que mereceu o eco de vários órgãos de comunicação social britânicos.

ZAP //

RESPONDER

Adeus, Mr. Charles Bradley

Foi através das redes sociais de Charles Bradley que o mundo ficou a saber da morte do músico norte-americano, aos 68 anos. O dono da marcante voz do soul morreu, vítima de cancro no estômago. Há …

Relatório sobre Tancos é tão secreto que ninguém sabe quem o fez

O primeiro-ministro, António Costa, reiterou esta noite desconhecer o relatório noticiado pelo Expresso sobre o furto de armas em Tancos, sublinhando que o documento não pertence a "nenhum organismo oficial" do Estado. “Não sei a que …

Benfica vs P. Ferreira | Artilharia com excesso de pontaria

O Benfica regressou às vitórias, após três jogos sem vencer. A vítima foi o Paços de Ferreira, que perdeu por 2-0 no Estádio da Luz, perante uma “águia” a querer responder à “crise” com muito …

Moreirense vs Sporting | Machadada na série leonina

O Sporting perdeu os primeiros pontos no campeonato ao empatar, por 1-1, na deslocação ao terreno do Moreirense. Sem Acuña, a equipa “leonina” revelou grandes dificuldades durante toda a partida, acabando por marcar apenas num autogolo, …

México registou 4287 réplicas do sismo de dia 7

O Serviço Sismológico Nacional (SSN) do México registou 4.287 réplicas do terramoto de dia 07, que abanou o centro e sul do país, informou hoje a diretora do centro, Xyoli Pérez Campos. Em conferência de imprensa, …

Autocarro eléctrico fez 1772km com uma só carga

Para que a transição para os veículos eléctricos seja total é necessário demonstrar a sua viabilidade como alternativa para todo o tipo de veículos, e a Proterra acaba de demonstrar que a autonomia não é …

TAP cancela Londres/Porto por falta de tripulação

A TAP cancelou hoje um voo entre Londres e o Porto, por não ter tripulação suficiente, confirmou à Lusa fonte oficial da companhia aérea, após relatos de passageiros que não puderam voar. A empresa explicou que …

Vice-presidente angolano arrasa Portugal e deixa relações por um fio

A defesa de Manuel Vicente, vice-presidente cessante de Angola, atira-se ao Ministério Público português, acusando-o de mentir e de violar a Lei Internacional, no âmbito do processo em que o governante é acusado de corrupção. O …

Ministério Público abre inquérito ao “apagão” dos 10 mil milhões para offshores

O Ministério Público decidiu abrir um inquérito ao 'apagão' informático que entre 2011 e 2014 permitiu que quase 10.000 milhões de euros fossem transferidos para offshores sem passar pela Autoridade Tributária, embora os bancos tenham …

Exército cercou favela da Rocinha (e nem assim acaba a "guerra do Rio")

As Forças Armadas do Brasil cercaram a comunidade da Rocinha, uma grande favela do Rio de Janeiro onde vivem pelo menos 70 mil pessoas. A decisão foi tomada pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, com …