Brasil deixa de divulgar número total de casos e óbitos por covid-19

Jair Bolsonaro tem sido acusado de totalitarismo e censura após o Presidente brasileiro ter ordenado o fim da divulgação do número total de casos e óbitos da pandemia de covid-19 no país.

O Governo brasileiro confirmou mudanças na divulgação dos dados consolidados sobre casos e mortes provocadas pela doença. O Ministério da Saúde brasileiro passou a relatar apenas o número de casos e de óbitos registados nas últimas 24 horas desde o final da semana passada.

Além da suspensão da divulgação de parte dos dados consolidados, o Presidente do país, Jair Bolsonaro, também confirmou que o Governo informará os números após as 22:00, horário local, muito depois dos horários em que os números eram divulgados.

A mudança na metodologia causou protestos em diferentes setores, que acusaram o Governo brasileiro de dificultar o acesso à informação quando a pandemia está a espalhar-se.

“A tentativa autoritária, insensível, desumana e anti-ética de tornar invisíveis os mortos pela covid-19 não terá êxito. Nós e a sociedade brasileira não vamos esquecê-los, nem a tragédia que atinge o país”, disse Alberto Beltrame, presidente do conselho nacional de secretarias estaduais de saúde do Brasil, em comunicado, citado pelo The Guardian.

O juiz do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes também reagiu através do Twitter, escrevendo que “a manipulação de estatísticas é manobra de regimes totalitários“.

Numa lista dos dados enviada aos jornalistas, o Ministério da Saúde brasileiro informou que o país registou um de um total de 37.312 mortes provocadas pela covid-19, dado que indicou um acréscimo de 1.382 óbitos nas últimas 24 horas. No sábado o país registou 35.930 mortes provocadas pelo vírus.

Já o site oficial do Governo brasileiro traz informações diferentes sobre a pandemia e indicava, numa atualização às 21h50 (horário local do domingo), a confirmação de 525 mortes causadas pela covid-19 no país em 24 horas. Ou seja, menos 857 mortes do que na lista enviada aos jornalistas.

Deste modo, o total de mortes confirmadas no Brasil em 24 horas seria de 36.500.

No que se refere ao número de infetados, a lista para os jornalistas informava um total de 685.427 casos confirmados da doença, dado que significou uma subida de 12.581 novos casos da doença no domingo.

No sábado, o total de casos segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde brasileiro indicava um total de 672.846 casos da doença.

Porém, no site oficial do Governo brasileiro lê-se 18.912 novos casos da doença em 24 horas. O Governo brasileiro não informa o total de casos no site, mas levando em conta os dados do sábado o país totalizaria 691.758 casos da doença, uma diferença de 6.331 em relação à lista distribuída aos jornalistas.

Em comunicado, o Ministério da Saúde brasileiro admitiu que o novo sistema precisa de melhorias e que o “objetivo é que, nos próximos dias, estejam disponíveis numa página interativa que possa trazer os resultados desejados”.

Embora o Brasil seja um dos locais mais afetados pela pandemia, milhares de pessoas saíram às ruas neste domingo para participar em protestos contra e a favor do Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro.

Os protestos acontecem em pelo menos sete capitais, incluindo as cidades mais populosas do país, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

O Presidente brasileiro, que chamou de drogados e terroristas, os membros dos grupos que convocaram atos contra si, e chegou a pedir que seus apoiantes não fossem às ruas neste domingo, não comentou as manifestações.

Por volta do meio-dia, Bolsonaro saiu do Palácio da Alvorada, a sua residência oficial, e conversou com pessoas que estavam do lado de fora.

Na conversa, transmitida nas redes sociais, o chefe de Estado falou sobre economia, disse que uma onda enorme de desemprego está a caminho do país e declarou que a culpa por este problema não pode ser atribuída ao seu Governo.

Para o Presidente brasileiro, o desemprego é culpa dos prefeitos e governadores que decretaram medidas de isolamento social para conter a pandemia e, com isto, paralisaram a economia do país.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Que pena o Covid não ferrar o espeto neste gajo, levando-o para o 5º dos infernos. Oxalá um bolsonarista qualquer se esqueça de lavar as mãos depois de ir ao banheiro e lhe dê um aperto de mão bem besuntado.

  2. Por muito menos impugnaram o Collor de Mello e a Dilma. Este canalha tem rédea solta para assassinar o povo brasileiro e ninguém lhe põe travão?!

  3. Claro… divulgar para quê?
    É tudo vontade de Deus e não vale a pena estar a perder tempo com informação… muito menos a questionar!…

  4. A solução contra este Ditador está nas mãos do Povo Brasileiro que votou nele. A triste realidade do Continente Americano (Norte e Sul) é evidente. Governos nas mãos de Ditadores criminosos !

  5. Existem relatos de que estão morrendo 9 pessoas de insuficiência respiratória para cada um que morre de covid, em algumas capitais brasileiras. Ou seja, o numero de mortos por esta doença, em algumas cidades, é muito maior. É possível que o Brasil já seja o pais com maior numero de mortos por está enfermidade e é tudo omitido. Grande parte da população simplesmente ignora a gravidade situação e mantém a vida dentro de uma relativa normalidade. Mas para outros o completo descaso por parte do governo federal, que condena milhares à morte, está tornando a situação desesperadora. Não parece haver saída, a não ser mais sedo ou mais tarde ser contaminado e, esperar pela sorte de ter sintomas. Parece não haver pessoas com um mínimo de bom senso e influência que sejam capazes de fazer algo e minimizar esta calamidade que está a assolar o Brasil. Muito provavelmente em proporções muito maiores do que no resto do mundo.

RESPONDER

Grande carruagem cerimonial descoberta quase intacta em Pompeia

Uma grande carruagem cerimonial de quatro rodas, com elementos de ferro, decorações de bronze e estanho, restos de madeira mineralizada e vestígios de elementos orgânicos, como cordas, foi encontrada quase intacta na área arqueológica de …

FC Porto 0-0 Sporting | Nulo com sabor a vitória para o "leão"

O “clássico” do Dragão, entre FC Porto e Sporting, terminou sem golos, sem grande futebol, e com um “leão” cada vez mais perto do título, apesar de ainda faltar muito campeonato.  A igualdade permite à formação …

Adolesceste entusiasta por pirotecnia construiu o seu próprio simulador profissional de fogos de artifício

O FWsim foi lançado pela primeira vez em 2010 como um software de planeamento de fogos de artifício, voltado para profissionais de pirotecnia e entusiastas de fogos de artifício. Em 2006, conta o Vice, Lukas Trötzmüller …

Pela primeira vez em 45 anos, uma casa vitoriana "flutuou" pelas ruas de San Francisco

A manhã de 21 de fevereiro em San Francisco, nos Estados Unidos, foi um pouco diferente do normal: uma casa vitoriana passou a "flutuar" pelas ruas da cidade. De acordo com o BuzzFeed News, uma equipa …

Nação Cherokee pede à Jeep que deixe de usar o nome da tribo nos seus carros

"É hora de a Jeep reconsiderar chamar os seus SUVs Cherokee e Grand Cherokee". Pela primeira vez, a tribo norte-americana Nação Cherokee pediu diretamente à Jeep para parar de usar o seu nome nos seus …

PCP quer apoios a 100% para pais "imediatamente e com efeitos retroativos"

O secretário-geral do PCP pediu ao Governo, este sábado, apoios a 100% para os trabalhadores que estão em casa com os filhos, pagos "imediatamente e com efeitos retroativos", e defendeu um plano de desconfinamento "setor …

Naufrágio grego que levava partes do Partenon está a revelar os seus segredos

A última expedição de mergulhadores ao navio grego Mentor, que naufragou perto da ilha Citera em 1802, recuperou várias peças do cordame, moedas, a sola de couro de um sapato, uma fivela de metal, uma …

Chega vai reagir "muito veementemente" na rua à tentativa de ilegalização

O líder do Chega disse, este sábado, que o partido vai responder "muito veementemente" e com "presença na rua", já em março, à tentativa de ilegalização da estrutura promovida por Ana Gomes. "Quero deixar claro aqui, …

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Catarina Martins faz apelo a Costa. "Moratórias têm de ser estendidas já"

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez um apelo direto ao primeiro-ministro, este sábado, para que não espere que "seja tarde demais" e decida já estender as moratórias, evitando assim uma vaga de despejos e …