Brasil, salvo pelos ferros, tem encontro marcado com super-James nos quartos

Rafael Ribeiro / CBF

Brasil vence o Chile nos penalties

Brasil vence o Chile nos penalties

O anfitrião Brasil, ao vencer o Chile no desempate por grandes penalidades, e a Colômbia, que arredou o Uruguai com dois golos de um “super” James Rodriguez, marcaram hoje encontro nos quartos de final do Mundial2014.

Em Fortaleza, o “Mineirazo” falhou por centímetros, quando, com o prolongamento a acabar, aos 120 minutos, o ex-“leão” Mauricio Pinilla fez a bola bater com estrondo na barra da baliza de Júlio César e “estremecer” um país.

O sonho do “hexa” continuou vivo nesse instante e ganhou força pouco depois, no desempate por grandes penalidades, quando, com 3-2 para o Brasil, Gonzalo Jara voltou a acertar no “ferro” da mesma baliza, agora no poste esquerdo. O Brasil sobreviveu.

Antes, num jogo de enorme intensidade, os “canarinhos” marcaram primeiro, num de David Luiz, o seu primeiro, ao 40.º jogo pela seleção, a meias com o mesmo Jara que decidiu o jogo. Estavam decorridos 18 minutos.

O avanço dos anfitriões só durou, porém, menos do que um quarto de hora, já que, aos 32 minutos, Alexis Sanchez aproveitou um passe Vargas, depois de um desentendimento entre Marcelo e Hulk.

Até ao final, e num jogo pautado quase sempre pelo equilíbrio, o Brasil teve mais oportunidades de golo, mas nenhuma como aquele remate do suplente Pinilla, que esteve muito perto de vestir, 64 anos depois, a pele de um tal Alcides Ghiggia.

Com felicidade, que já o tinha acompanhado, com Portugal, na “lotaria” face à Inglaterra no Euro2004 e no Mundial2006, Luiz Felipe Scolari continua na rota de mais um título, depois de ter levado os “canarinhos” ao “penta” em 2002, então só com triunfos.

jikatu / Flickr

Colômbia eliminou o Uruguai

Colômbia eliminou o Uruguai

Colômbia à espera

O Brasil, que assegurou o “top 8” pela 17.ª vez em 20 presenças, desembaraçou-se com grandes dificuldades de um “vizinho” e, nos “quartos”, vai encontrar outro, uma Colômbia que se tem mostrado uma das formações mais fortes do Mundial2014, sob a liderança de um James Rodriguez em “super-forma”.

Depois de ter marcado – como Lionel Messi – em todos os jogos da fase de grupos, o jogador que trocou o FC Porto pelo AS Mónaco voltou a brilhar intensamente nos “oitavos”, arrumando o Uruguai com dois golos, aos 28 e 50 minutos. Já ninguém se lembra de um tal de Radamel Falcao.

O primeiro tento é um puro momento de génio, com um remate de primeira, sem deixar a bola cair na relva, depois de dominar com o peito, à entrada da área, e o segundo surge na conclusão de uma brilhante jogada coletiva, também com “dedo” de Jackson Martinez, titular depois do bom jogo no fecho da fase de grupos.

Depois de se encontrar em desvantagem, mais do que antes de isso ter acontecido, o Uruguai teve várias oportunidades para marcar, mas não foi eficaz, sentindo, talvez, a falta de Luis Suarez, banido pela FIFA, após a mordidela a Chiellini.

Diego Forlan tentou fazer do “Bota de Ouro” 2013/14 – a par de Cristiano Ronaldo -, mas viu-se que não era a mesma coisa, num conjunto que voltou a ter o benfiquista Maxi Pereira no “onze”: como em 2010, quase se despediu com um golo.

Os oitavos de final do Mundial2014 prosseguem no domingo, com mais um grande embate em perspetiva, entre Holanda e México, e outro impensável, no início da prova, que coloca frente a frente a Costa Rica e a Grécia, de Fernando Santos. Alguma fará história, pois nunca viram os “quartos”.

Futebol 365 /Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …