Bombardeiros russos intercetados em espaço aéreo português

FAP - Força Aérea Portuguesa

-

A Força Aérea intercetou, na semana passada, dois aviões russos que atravessavam, sem autorização, o espaço aéreo internacional que pertence à jurisdição portuguesa.

Os dois Tupolev-95 entraram no espaço aéreo de responsabilidade portuguesa a norte do país, voaram até a zona de Sagres e inverteram a marcha novamente para norte, tendo sido sempre acompanhados por dois F-16 portugueses.

A intercepção foi feita por “razões de segurança” de aviação civil, já que estes bombardeiros não emitem qualquer sinal nem respondem a contacto rádio. São uma espécie de aviões “invisíveis”, explicou ao Público o coronel Rui Roque, chefe de gabinete de relações públicas da FAP.

O incidente só foi divulgado esta terça-feira, mas ocorreu na noite de quarta para quinta-feira da semana passada – e a missão foi comunicada e feita ao abrigo dos acordos da NATO.

Em 2014, bombardeiros russos foram detetados duas vezes no espaço aéreo internacional sob jurisdição portuguesa.

Ação dos bombardeiros russos “não está relacionada com qualquer ameaça”

A Força Aérea confirmou a passagem de dois bombardeiros russos Tupolev T-95 pelo espaço aéreo internacional sob responsabilidade portuguesa, salientando que o acompanhamento feito pelos caças portugueses F-16 é um “procedimento comum”.

Segundo o coronel Rui Roque, os voos militares são “virtualmente invisíveis para o controlo de tráfego aéreo civil” e, por isso, representam um “risco acrescido”.

“O fato de irmos ter com eles e de os acompanhar não está relacionado com qualquer ameaça militar, mas sim com o facto de Portugal ter de garantir a segurança do tráfego aéreo civil” naquela zona de espaço aéreo internacional por onde passaram, declarou o coronel.

Rui Roque explicou também que o espaço aéreo internacional sob responsabilidade portuguesa não é o espaço aéreo de soberania.

“O espaço aéreo de soberania é o que está por cima do continente e das regiões autónomas, acrescido de 12 milhas de mar”, disse, sublinhando que no espaço aéreo de soberania não há entradas autorizadas.

O espaço aéreo internacional sob responsabilidade portuguesa é o que está convencionado nos tratados internacionais e obriga Portugal a garantir buscas e salvamento, bem como a segurança aérea, nomeadamente em voos daquela natureza.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Quer dizer, na noticia lê-se que de acordo com a Força Aérea “…o acompanhamento feito pelos caças F-16 é procedimento comum… “, e depois noutra noticia http://zap.aeiou.pt/cacas-portugueses-nao-interceptavam-avioes-militares-ha-mais-de-20-anos-47178
    lê-se que aviões caças não interceptavam aviões militares há mais de 20 anos… Em que é que ficamos afinal ? Que procedimento comum é este que não era feito há mais de 20 anos ?

  2. Podiam mudar o título para “Bombardeiros russos aproximaram-se de Lisboa”, popr exemplo. Se o objetivo é sensacionalismo, assim entrava melhor…

  3. Interceptaram ?
    Que parvoíce de notícia !
    Também interceptei a carreira 15 da Carris ! Foi ao lado dela durante um bocado !
    Será que os russos deram pela presença dos mosquitos ?!

  4. Caros leitores,

    Além dos significados comuns da palavra “intercetar”, que constam dos dicionários, o termo é usado na gíria militar, mais concretamente na aviação.
    Há até um tipo muito específico de avião de combate, chamado “avião de intercepção“, “intercetador” ou “intersetor”, cuja função é “aproximar-se e deter uma aeronave inimiga, impedindo-a de se aproximar de um objectivo”.

    Não consta, porém, que o termo seja usado na gíria dos transportes públicos.

  5. O termo tem a ver com ir encontrar e se necessário impedir o avanço ou destruir como no caso da Turquia que destruiu o intruso que naquele caso havia penetrado no espaço aéreo da sua soberania.
    A OTAN (NATO) dispõe de equipamentos mais do que suficientes para detectar e deter estas aproximações se necessário.
    A dissuasão além da qualidade e quantidade do equipamento depende muito da firmesa e determinação com que se procede á execução das medidas prescritas e necessárias á defesa.

  6. Em vez de estarem a discutir o sexo dos anjos deviam questionar-se mas porque raio estes soviéticos sobrevoam o nosso espaço aéreo, sem autorização, com aviões militares, sem responderem ás comunicações pondo em perigo a aviação comercial.
    Mas que raio de mer*** é esta?? Estes cabr**** querem um conflito à força?? Querem mostrar que são os maiores, o resto do mundo é o quintal deles??!!

RESPONDER

Marcelo defende que "ninguém lhe perdoaria" se permitisse agora uma crise política

O Presidente da República defende que "ninguém lhe perdoaria" se permitisse a criação de condições para uma crise política no atual contexto de crise sanitária e consequente crise económica. Marcelo Rebelo de Sousa defendeu esta …

"Cada qual no seu lugar". Jerónimo avisa Marcelo que “tudo tem limites” nos poderes presidenciais

O secretário-geral do PCP avisou Marcelo Rebelo de Sousa que “tudo tem limites” quanto aos poderes presidenciais, face aos sucessivos apelos para a viabilização do Orçamento do Estado de 2021 pela esquerda ou pelo PSD. “Cada …

Ferro Rodrigues não aceita projeto de lei do Chega por inconstitucionalidade

O projeto de lei do Chega para limitar o cargo de primeiro-ministro e outros governantes apenas a portadores de nacionalidade portuguesa originária foi rejeitado pela Assembleia da República devido a inconstitucionalidade. O despacho do presidente da …

Os cientistas já sabem porque é que alguns sapos têm uns olhos "enormes"

Os cientistas acabam de descobrir porque é que alguns sapos têm os olhos enormes comparativamente com a dimensão do seu corpo. De acordo com uma nova investigação, cujos resultados foram recentemente publicados na revista científica …

Morreu o emir do Kuwait, Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, aos 91 anos

O emir do Kuwait, xeque Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, morreu esta terça-feira aos 91 anos nos Estados Unidos, onde estava desde julho a receber tratamento médico, anunciou a corte do emirado. "É com grande tristeza e dor …

Não há limite de velocidade num universo de superfluidos (e já sabemos porquê)

O superfluido ainda obedece às leis da Relatividade Geral. Ainda assim, é seguro afirmar que, num superfluido, não há limite de velocidade. Um superfluido é um líquido a uma temperatura extremamente baixa, próxima do zero absoluto. …

Não é um quasar. Astrónomos descobrem galáxia com radiação UV intensa

Cientistas descobriram uma galáxia jovem que brilha em comprimentos de onda ultravioleta, de maneira tão brilhante quanto um quasar. Uma equipa de cientistas descobriu a galáxia BOSS-EUVLG1, com a ajuda do Gran Telescopio Canarias de La …

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …