Bolsonaro suspende contrato polémico da Covaxin. Governo brasileiro terá pedido mais um dólar por dose

Tânia Rêgo / Agência Brasil

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

O Presidente brasileiro Jair Bolsonaro suspendeu o contrato que tinha assinado, no valor de 324 milhões de dólares (cerca de 272 milhões de euros), para comprar 20 milhões de doses da Covaxin.

O Governo brasileiro tinha fechado um acordo para a compra de 20 milhões de vacinas da Covaxin por um valor cerca de dez vezes superior ao que fora inicialmente negociado. O acordo foi intermediado por uma empresa nacional e a vacina em causa é desenvolvida pelo laboratório indiano Bharat Biotech.

Agora, o Ministério da Saúde brasileiro decidiu suspender o contrato. A informação foi avançada à CNN Brasil e confirmada pelo responsável pela pasta, Marcelo Queiroga, esta terça-feira.

A decisão surge após a Controladoria Geral da União – o órgão do Governo que se dedica a analisar questões de transparência e combate à corrupção – ter entregado um relatório de 11 páginas em que indica cinco indícios de potenciais irregularidades.

A CNN teve acesso ao documento e revela que o primeiro indício se prende com a “tentativa de realização de pagamento antecipado, sem previsão contratual”, uma vez que existe um recibo passado pela empresa “sem que qualquer vacina tivesse sido entregue”, o que viola o contrato.

No entanto, o documento salvaguarda que não foram encontradas provas de que o Governo tivesse chegado a proceder ao pagamento.

O relatório adianta ainda que existiu um “possível pagamento por meio de uma empresa não signatária do contrato”; um “incumprimento dos prazos contratuais”; uma falta de “justificação para o preço fixado” para esta vacina ou de pesquisa de outras opções no mercado e, por último, uma argumentação do próprio Ministério da Saúde contra o incumprimento do contrato pela empresa.

A Bharat Biotech diz aguardar com “serenidade” o resultado das investigações. “Cabe destacar que o imunizante produzido pela Bharat Biotech tem eficácia comprovada de 78% contra doença sintomática e 100% contra Covid-19 grave, além de ser eficaz contra a variante indiana”, lê-se no comunicado da empresa.

Mais um dólar por dose

Apesar da suspensão, o assunto não termina aqui. A Folha de S. Paulo avança que Luiz Paulo Dominguetti Pereira, representante da Davati Medical Supply, uma vendedora de vacinas, terá recebido uma proposta do Ministério da Saúde brasileiro para um esquema de corrupção.

Segundo a denúncia, o Governo receberia um dólar por dose em troca de fechar contrato.

O representante revelou ter-se encontrado com o diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Ferreira Dias, para conversar sobre a proposta de vender 400 milhões de doses da AstraZeneca. O representante do executivo brasileiro terá pedido para receber um dólar por dose, mas Dominguetti recusou.

Estas revelações surgem num momento delicado para Jair Bolsonaro, que tem aparecido nas sondagens com uma taxa de aprovação abaixo dos 30%. Grande parte dos brasileiros responsabiliza-o pela crise sanitária, que já vitimou mais de 500 mil pessoas.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Interessante é atribuir a todo governo o que se diz, ainda sem provas, de alguém que a folha de são Paulo diz ser um diretor do ministério da saúde que supostamente pediu propina de 1$ por dose para a compra da vacina indiana covaxin. Narrativas e mais narrativas. Vejam bem como o texto induz ao erro. “Segundo a denúncia, o Governo receberia um dólar por dose em troca de fechar contrato.” se assim fosse, todo o governo estaria envolvido, num caso que reverbera sem lastro, porque nenhum contrato foi assinado, nenhuma vacina adquirida ou recebida e nenhum dinheiro pago. Amigos patrícios, o que existe é uma gana para derrubar um governo de direita legitimamente eleito, do qual não se provou nenhum corrupção que relacione o presidente, e que não teve nenhum escândalo real, que fez empresas publicas voltarem a dar lucro, que investe pesadamente em infraestrutura, que cumpriu em um ano a maior distribuição direta de renda do que em dez anos dos governos anteriores, que conclui obras inacabadas de governos anteriores, obras paralisadas, na maioria superfaturadas, que deixou de patrocinar oligopólios (muitos da imprensa), e que vive sob ataque constante por narrativas que tentam desqualificar o governo, mas o povo vendo as coisas como são, o apoiam em sua maioria. Esta é a realidade.

    • Não há fumo sem fogo. Veremos o que acontecerá daqui para a frente.
      Quanto ás benesses deste governo, ficaria impressionado se não soubesse que são fantasias. A verdade é que, contráriamente ao que aqui quer vender, o desemprego atingiu valores recorde, a inflação pressionada, a dívida pública crescendo sem controlo, há incerteza política para aprovação e implementação de reformas, não param de aumentar os casos de infectados pela pandemia (sobretudo devido á péssima gestão da vacinação, e digo que péssimo é pouco, se se confirmar a existência das habituais falcatruas), sem contar, até á data, mais de meio milhão de mortos. Cresce o isolamento internacional, e cada vez mais nacional, com menos de 30% dos brasileiros que ainda pensam ter feito a escolha certa.
      Resumindo. Se fosse a si, apostava noutro cavalo.

      • Capeta, tens a retórica bem estudada mas não acertaste uma, é precisamente o contrário, a economia Brasileira apesar da crise pandémica está com ótimo desempenho.
        As responsabilidades do governo nas mortes é outra retórica falhada, 1- houve falta de vacinas a nivel mundial, incluindo os grandes e desenvolvidos países, 2- A grande responsabilidade do STF ao entregar a gestão de saude exclusivamente aos governos dos estados, que assim agiram conforme cada um quis, prova disso já demonstrada e que absolveu Bolsonaro foi a crise de Manaus, 3- A grande maioria do povo Brasileiro está, sem duvida, com este governo/presidente, não fosse a falsa e cada vez mais repugnante imprensa lixo do Brasil, a maioria pelo menos, e a verdade acrca das manifestações e carreatas teriam mostrado a verdadeira dimensão do apoio.
        Com certeza no Brasil a maioria não quer a esquerda corrupta e ladra nem mais um dia.
        E sabendo disso essa gente é tão contrária ao incremento do escrutinio do voto tb com impressão.
        Como é possivel alguem não querer melhorar um sistema que tem falhas, incrivel !!!

        • Então vamos lá:
          1 – Concordo que houve falhas na produção de vacinas, mas quem se precaveu e as encomendou (comprou) com alguma antecedência, esteve em vantagem em relação a quem nãos as queria, como o Bolsonaro, que insistia (e ainda insiste) na Cloroquina. Este espaço de tempo perdido, custou a vida a imensa gente, e colocou em perigo ainda mais gente.
          2 – Ainda bem que o STF, perante o impasse irresponsável do governo, entregou a getão aos Estados. De outra forma a situação estaria bem pior agora.
          3 – Todas as pesquisas recentes indicam uma descida de aceitação do Bolsonaro, a cada dia que passa, e já vai em 24% !!!, e quando digo TODAS, não me refiro só á que vocês chamam de “repugnante”.
          Concordo que existe esquerda corrupta e ladra, mas que a direita não se faça de santinha imaculada. Quando um ministro do ambiente ganha dinheiro com a venda de madeira ilegal de regiões que deveria defender, já nem sei o que pode ser mais indecente. Quando um filhinho “ganha” para comprar uma casa de seis milhões de reais com um salário de vereador de vinte mil, o coitado teria de trabalhar uns oitocentos anos, mas não, com a “loja de chocolate” achou que poderia acelerar o processo ah…ah…ah…Quando o governo Bolsonaro (que nada sabia, claro) compra vacinas por um preço MIL VEZES superior au normal, foi certamente para ajudar os pobres laboratórios que estavam sendo mal pagos.
          E por aqui me fico, porque há muito mais…
          A maioria do povo brasileiro não quer uma esquerda corrupta e ladra, mas vocês, de certeza que não uma são alternativa que preste.

  2. Capeta, se informe melhor. Não seja mais um arauto do caos. O IBOVESAP (bolsa de valores) batendo recordes, dolar caiu, superavit na balança comercial, tantas noticias boas, mas a imprensa esquerdista nega os fatos. “menos de 30% dos brasileiros que ainda pensam ter feito a escolha certa”, de onde você tirou isso, das notícias que vê? veja como o povo recebe nosso presidente. Sabes quantas obras importantes de infraestrutura estão sendo concluídas, sabes que o governo quando começou extinguiu 21000 cargos comissionados, moeda de troca da politica arcaica e mesquinha, sabes muito pouco do Brasil e ou serás apenas mais um iludido pelo canto da sereia midiática que se diz imprensa mas serve a um lado …

  3. Digitem em uma plataforma de pesquisa:

    O maior ladrão do Brasil.

    Obs. Publiquem meu comentário e não me enviem email tentando explicar o inexplicável.
    Um fraternal abraço a todos.

    • Incrível como o “maior ladrão do Brasil” continua a servir de desculpa para tudo!…
      Pior é alguém continuar a repetir isso em todas os notícias sobre o louco “enviado por Deus” que está a levar o Brasil para Idade Média…

RESPONDER

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …