Bolsonaro “está decidido”. Vai indicar filho para embaixador nos Estados Unidos

Abir Sultan / EPA

Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro disse que “está decidido” que irá indicar o filho Eduardo Bolsonaro para embaixador em Washington, capital dos Estados Unidos da América.

Esta terça-feira, o Presidente do Brasil disse que “está decidido” a indicar o filho Eduardo Bolsonaro para embaixador em Washington, capital dos Estados Unidos, após uma reunião com ministros em Brasília.

“Da minha parte está definido. Conversei com ele. Há interesse. A gente fica preocupado, é uma tremenda responsabilidade. Acho que, se tiverem argumentos contrários, que não [estes] chulos eu estou pronto porque [a nomeação] não é nepotismo”, disse Jair Bolsonaro, citado pelo Diário de Notícias.

O chefe de Estado reconheceu que existe o risco de o Senado (câmara alta parlamentar), responsável por uma audição (sabatina) e por aprovar a indicação dos embaixadores brasileiros para postos no estrangeiro, barrar a nomeação de Eduardo Bolsonaro.

“É logico que corre o risco. Tudo que você faz corre o risco de dar certo ou dar errado. Nós estamos tentando acertar. O Senado vai sabatiná-lo e vai decidir. E ponto final. Se não for aprovado, ele fica na Câmara [dos Deputados, câmara baixa parlamentar]”, disse.

A possibilidade de Eduardo Bolsonaro ser indicado como novo embaixador nos Estados Unidos, país com o qual o Brasil fortaleceu os laços quando Bolsonaro tomou posse como Presidente, tornou-se pública na última quinta-feira e tem gerado grande polémica.

À imprensa brasileira, Eduardo Bolsonaro disse que o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, com quem se encontrou na sexta-feira, “expressou apoio” à sua eventual nomeação e considerou que os norte-americanos “acolheriam a decisão”.

“Não sou um filho de deputado [Presidente] que do nada está a ser alçado a essa condição. Existe um trabalho sendo feito, sou presidente da Comissão de Relações Exteriores [da Câmara dos Deputados], tenho uma vivência pelo mundo”, sublinhou Eduardo Bolsonaro.

“Já fiz intercâmbio, já fritei hambúrgueres lá nos EUA. No frio do Colorado, numa montanha, aprimorei o meu inglês. Certamente precisaria contar com a ajuda dos colegas do Itamaraty, dos diplomatas, porque vai ser um desafio grande. Mas tem tudo para dar certo”, acrescentou.

A representação do Brasil em Washington não tem embaixador desde abril passado, quando o diplomata Sergio Amaral, no cargo desde 2016, foi transferido para um escritório em São Paulo.

Na altura, Bolsonaro disse que havia solicitado a mudança de embaixadores em 15 países devido à má imagem do Brasil no exterior e ao facto de ele ser apresentado fora do Brasil como um ditador, racista e homofóbico sem a respetiva defesa dos diplomatas brasileiros.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Falta de confiança". Pedro Rodrigues demite-se de coordenador da bancada do PSD em rutura com Rio

O deputado do PSD Pedro Rodrigues demitiu-se esta terça-feira do cargo de coordenador da bancada na Comissão de Trabalho e Segurança Social, invocando "falta de confiança" do presidente do partido e do grupo parlamentar, Rui …

Morreu o antigo jogador do Sporting Maurício Hanuch. Tinha 43 anos

O argentino Maurício Hanuch, ex-futebolista do Sporting, morreu esta terça-feira, aos 43 anos, vítima de doença prolongada. Numa nota divulgada no seu site site, os leões manifestam o seu pesar pela morte do antigo jogador, Maurício …

Cientistas conseguiram controlar as decisões de macacos através de estimulação cerebral

Ondas ultrassónicas de alta frequência, destinadas a regiões cerebrais específicas, podem mesmo influenciar o comportamento dos macacos. O cérebro é um órgão muito difícil de tratar. Além de a grande maioria dos medicamentos ter vários efeitos …

Raios cósmicos podem ter desempenhado um papel fundamental na origem da vida

A influência dos raios cósmicos no início da vida na Terra pode explicar a preferência da natureza pela estrutura das moléculas biológicas. Dois investigadores da Universidade de Stanford, nos EUA, sugerem que a interação entre proto-organismos …

Astrónomos descobrem um novo tipo de asteróide perto de Júpiter (e tem uma misteriosa cauda)

Uma equipa de astrónomos descobriu um novo tipo de asteróide com uma cauda semelhante à de cometa que orbita perto de Júpiter num enxame de rochas espaciais chamado Troianos. O LD2 2019, como é conhecido, desafia …

A estrela mais próxima do Sistema Solar não está sozinha. Há um planeta a orbitá-la

Uma equipa internacional, composta por vários investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) conseguiu, através do espetrógrafo ESPRESSO, confirmar a existência do planeta que orbita a estrela mais próxima do Sistema Solar, …

App deteta sinais de anemia. Basta fotografar a pálpebra com o smartphone

Uma equipa de cientistas desenvolveu um novo software capaz de tornar o diagnóstico de doenças do sangue muito mais simples, usando a câmara de um smartphone para avaliar os níveis de hemoglobina. A hemoglobina é uma …

O monumento mais alto do cemitério de Nova Orleães conta uma história de vingança e mesquinhez

Com 24 metros de altura, o Monumento Moriarty é o mais alto no cemitério Metairie de Nova Orleães, nos Estados Unidos. A sua construção conta uma história de mesquinhez: o memorial foi uma desculpa para …

FBI detém membro de um dos mais perigosos e lucrativos grupos de hackers

O FBI deteve recentemente um alegado membro de um dos mais temidos grupos de piratas informáticos do mundo, conhecido como Fin7. O grupo é suspeito de ataques informáticos que levaram a uma receita ilícita estimada em …

Artista gráfico faz reconstrução facial de Henrique VII de Inglaterra

Um artista gráfico fez uma reconstrução ultrarrealista de Henrique VII, Rei de Inglaterra entre 1485 e 1509. De acordo com o site Live Science, Matt Loughrey produziu a imagem de Henrique VII a partir da sua …