Bolsonaro culpa governadores e prefeitos pelo aumento de mortes no Brasil

Joedson Alves / EPA

Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, remeteu hoje a responsabilidade pelo aumento do número de casos e mortes causados pela covid-19 para os governadores e autarcas que decretaram medidas de isolamento social.

“Essa fatura deve ser enviada aos governadores. Pergunte ao senhor João Doria [governador do estado de São Paulo], ao senhor [Bruno] Covas [prefeito de câmara da cidade de São Paulo] porque eles adotaram medidas restritivas e as pessoas continuam a morrer”, disse Bolsonaro na porta do Palácio da Alvorada, sua residência oficial em Brasília.

“A minha opinião não vale, o que vale são os decretos de governadores e prefeitos. Não adianta a imprensa [meios de comunicação] colocar na minha conta essas questões, não adianta ‘botar’ a culpa em mim”, acrescentou.

O chefe de Estado brasileiro estava acompanhado de vários deputados (membros da câmara baixa do Congresso) que são seus aliados e também subscreveram as críticas feitas aos governos regionais.

Questionado pelos jornalistas sobre qual é, então, a sua responsabilidade na crise provocada pela pandemia, o chefe de Estado brasileiro aparentou nervosismo e declarou: “A pergunta é tão idiota que não vou lhe responder”.

Após os ataques feitos por Bolsonaro, o governador de São Paulo, João Doria, fez convidou o Presidente a “sair da bolha” para visitar hospitais em colapso e ver “pessoas moribundas”.

“Pare Presidente com essa política de perversidade, pare de dificultar para quem está lutando para salvar vidas, pare de fazer política no meio de um país que lamenta mortes”, disse Doria.

Bolsonaro criticou as medidas de isolamento social desde que os primeiros decretos foram emitidos por prefeitos e governadores, alegando que a covid-19 é semelhante a uma gripe e que os brasileiros precisavam de voltar ao trabalho para evitar um colapso económico.

Dois meses após o registo do primeiro caso no Brasil, em 26 de fevereiro, o país tem 5.017 mortes e 71.886 casos confirmados, de acordo com o Ministério da Saúde. A região mais atingida pela pandemia no Brasil é o estado de São Paulo, com 2.049 mortes e 24.041 infetados.

Segundo as estimativas do governo regional de São Paulo, o número de mortes por coronavírus seria dez vezes maior na região sem as medidas de isolamento promovidas nas últimas semanas.

Apesar dessas ações, os sistemas de saúde pública de alguns estados brasileiros como Amazonas, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e até mesmo de São Paulo, estão perto do colapso.

Nas declarações que deu na manhã de hoje, o Presidente brasileiro também disse que foi mal-interpretado no dia anterior, quando relativizou o aumento no número de mortes causadas pela covid-19.

“E daí? Lamento, mas quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagres”, disse na terça-feira o chefe de Estado brasileiro, fazendo um trocadilho com o seu nome Jair Messias Bolsonaro.

Hoje o Presidente culpou jornalistas alegando que a sua frase foi retirada de contexto e afirmou que “nunca ninguém negou que haveria mortes”.

“As mortes de hoje, a princípio, foram de pessoas infetadas há duas semanas. É o que eu digo para vocês: o vírus vai atingir 70% da população. Infelizmente é a realidade. Nunca ninguém negou que haveria mortes”, explicou.

Bolsonaro atacou especificamente os jornais Folha de São Paulo e O Globo, dois dos mais importantes e influentes do país.

“Não adianta a imprensa colocar em minhas costas questões que não me correspondem. Não adianta a Folha de São Paulo, O Globo, que fez uma manchete mentirosa e tendenciosa”, concluiu.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ele está certo: de acordo com o Supremo Tribunal Federal, a responsabilidade é dos Estados e Municípios brasileiros no que diz respeito ao atendimento de saúde.

RESPONDER

"Tão lentamente quanto humanamente possível". Site simula como era usar a Internet nos anos 90

Se é jovem e gostaria de experimentar as velocidades lentas da Internet dos anos 90, está com sorte. Um novo site simula a experiência dolorosa à qual já não estamos habituados com as redes atuais. Nos …

Novembro vai ser “muito duro e muito exigente” (e fechar escolas seria uma "grande falta de respeito")

O primeiro-ministro, António Costa, avisou hoje que “convém não criar falsas expectativas”, porque novembro vai ser “muito duro e muito exigente”, sendo maior a probabilidade de, daqui a 15 dias, acrescentar mais concelhos à lista …

O Torsus Praetorian é o autocarro mais radical de sempre (e não permite faltas à escola)

Cheias, árvores caídas ou tempestades. Há muitas razões para faltar à escola ou, neste caso, haviam. É que a Torsus lançou um novo autocarro capaz de enfrentar todos os obstáculos e transportar as crianças até …

Spot, o cão-robô, visitou Chernobyl (e analisou os seus níveis de radiação)

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Bristol visitou a Central Nuclear de Chernobyl na semana passada para testar Spot, um robô de quatro patas feito pela empresa norte-americana Boston Dynamics. O Spot é o robô …

Sangue de porco é mais proteico do que qualquer proteína do mercado (e pode ser consumido em smoothies)

Uma equipa de investigadores do departamento de ciência alimentar da Universidade de Copenhaga desenvolveu um método para extrair proteínas do sangue de porco. O resultado é um pó fino, branco, com sabor neutro e com …

Costa anuncia cinco medidas restritivas para 121 concelhos "de elevado risco" e reforços da capacidade de resposta

Após um Conselho de Ministros extraordinário que durou mais de 8 horas, o primeiro-ministro anunciou este sábado novas "medidas imediatas" de combate à pandemia de covid-19. Concelhos "de elevado risco" estão sujeitos a medidas restritivas, …

Escola na China transformou-se num "edifício andante" para evitar a demolição

Os residentes da cidade chinesa de Xangai que, no início deste mês, passaram pelo distrito de Huangpu podem ter encontrado uma visão incomum: um "edifício andante". De acordo com a cadeia de televisão CNN, uma escola primária …

Joke Boon, a chef holandesa que não tem olfato nem paladar

Joke Boon perdeu o paladar e o olfato quando ainda era criança, mas isso não a impediu de viver da culinária, área na qual estes requisitos são, à partida, essenciais.  "Como seria a minha vida se …

Portugal com mais 39 mortos, mais 4007 casos e recorde de internamentos graves

Portugal registou hoje 39 mortos e mais 4.007 casos de novas infeções pelo novo coronavírus, tendo alcançado um novo recorde de 286 doentes internados nos cuidados intensivos por covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Registou-se este …

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …