Moro presta depoimento à polícia. “Judas”, chama-lhe Bolsonaro

Joedson Alves / EPA

O Presidente brasileiro chamou “Judas” a Sérgio Moro, este sábado, horas antes de o ex-ministro da Justiça prestar declarações às autoridades no âmbito da investigação ao mandatário por “ingerência política” na Polícia Federal.

“Ninguém vai fazer nada que contrarie a Constituição. Fiquem tranquilos que ninguém vai querer dar o golpe contra mim”, disse Jair Bolsonaro à saída do Palácio da Alvorada, a sua residência oficial em Brasília.

O Presidente respondeu, assim, às críticas dos seus simpatizantes ao Supremo Tribunal do Brasil, que autorizou o Ministério Público a investigar as declarações feitas por Sérgio Moro quando renunciou ao cargo de ministro da Justiça, em que acusou o chefe de Estado de tentativa de “interferir politicamente” na Polícia Federal porque pretende ter acesso às investigações judiciais, algumas das quais envolvem os seus filhos ou aliados.

O Presidente do Brasil negou qualquer tipo de ingerência na Polícia Federal e apelidou o seu antigo ministro de “Judas”. Bolsonaro também insinuou nas redes sociais que Moro impediu que fosse investigada a punhalada que o agora chefe de Estado sofreu durante a campanha eleitoral em 2018, e cujo autor se encontra detido desde então.

Segundo a agência EFE, no meio da enorme expectativa, grupos de manifestantes a favor de Moro e outros, defensores de Bolsonaro, concentraram-se no exterior da sede policial, protagonizando alguns momentos de tensão, rapidamente apaziguados pela polícia.

Moro liderou em Curitiba, enquanto juiz, as investigações da megaoperação anti-corrupção “Lava Jato”, que resultou na prisão de numerosos políticos e empresários, entre os quais o ex-Presidente Lula da Silva.

De acordo com o Diário de Notícias, se após estas diligências ficar provado que Moro não disse a verdade, o ex-ministro poderá responder em tribunal de primeira instância por denuncia caluniosa e por crimes contra a honra.

Por outro lado, se as acusações forem dadas como provadas, Bolsonaro corre o risco de ser acusado de oito crimes e ainda ser alvo de um processo de destituição.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Entre estes dois palhaços “venha o diabo e escolha”. Só me ocorre lembrar aqui uma anedota antiga atribuída a um dos presidentes da ditadura militar brasileira. Num discurso à nação dizia: “Meus irmãos, quando cheguei ao poder o Brasiu estava à beira do abismo, hoje, demos um passo em frentchi”.

  2. Se o Moro é “Judas”, certo é que que Bolsonaro é “Satanás” disfarçado de Jesus. O Brasil tem grandes recursos, para conceder a sua População uma qualidade de vida Social digna. Mas continua de existir enormes desigualdades na Sociedade Brasileira, em termos Educacionais, Económicos e Estruturantes. Como se pode compreender que ainda uma parte de Cidadãos seja confinada em “Guetos” (Favelas), paredes meias com a classe media e da alta ???…… Será porque faz parte do Panorama Turístico ????..de Governo em Governo assim se vai mantendo esta vergonhosa realidade…….resta saber ..Porquê ???

  3. Creio que estes dois se equivalem. Que venha o Diabo e proceda a sua escolha. Ambos não possuem nem linguagem, nem postura de governantes. Quando abrem a boca fica-se estarrecido com tamanha precaridade do saber de cada um deles. Ambos portadores de um corpus vocabular pouquíssimo elaborado.
    No meu caso sentir-me-ia envergonhada se fossem governantes do meu país.
    Brasil merecia melhor.

RESPONDER

El Salvador pede prisão de ex-Presidente Salvador Sánchez Cerén por corrupção

Promotores de El Salvador emitiram um mandado de prisão contra o ex-Presidente Salvador Sánchez Cerén sob a acusação de peculato, lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito. O procurador-geral Rodolfo Delgado disse na quinta-feira que as acusações …

Presidente chinês faz rara e discreta visita ao Tibete

O Presidente chinês fez uma rara visita ao Tibete, numa altura em que as autoridades reforçam o controlo sobre a cultura budista tradicional e impulsionam o desenvolvimento económico e modernização das infraestruturas da região dos …

Casinos em concelhos de risco elevado e muito elevado podem abrir a partir de sábado

Casinos, bingos e estabelecimentos similares localizados em concelhos de risco elevado e muito elevado podem funcionar a partir de sábado, tendo os clientes que apresentar certificado digital ou teste negativo. A medida consta de um despacho …

EMA aprova uso da vacina da Moderna para jovens entre os 12 e 17 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) aprovou, esta sexta-feira, a administração da vacina da Moderna em jovens dos 12 aos 17 anos. Foi aprovada a administração da vacina da Moderna para jovens menores de idade. A …

Dizer que MAI autorizou festejos do Sporting é "delírio"

Esta sexta-feira, no Funchal, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, voltou a distanciar-se do modelo adotado pelo Sporting para os festejos do campeonato. Os festejos do Sporting, do passado dia 11 de maio, não cumpriram …

"Não tem emenda." PSD e Bloco de Esquerda criticam relatório do Novo Banco

O Bloco de Esquerda defende que a versão entregue do relatório da comissão do Novo Banco, redigida por um deputado do PS, tem uma "parcialidade evidente" a favor do Governo. O PSD diz que "não …

Frederico Morais falha Jogos Olímpicos. Testou positivo à covid-19

O português Frederico Morais vai falhar a estreia do surf nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, por estar infetado pelo novo coronavírus, informou esta sexta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP). O surfista natural de Cascais, de 29 …

Governo propõe que todas as freguesias possam ter pelo menos um autarca a meio tempo

O Governo aprovou uma proposta para que todas as freguesias do país possam ter um autarca a meio tempo independentemente da sua dimensão, anunciou esta sexta-feira a ministra da Modernização do Estado, que tutela as …

Espanha vai administrar terceira dose da vacina

Espanha anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose da vacina contra a covid-19, embora ainda não haja data prevista. Carolina Darias, ministra da Saúde espanhola, anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose …

Portugal com mais 3.794 casos de covid-19 e 16 mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 3.794 novos casos e 16 mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o …