Boletins de voto chegam ao México dois meses após as eleições legislativas

Mário Cruz / Lusa

Os portugueses que residem no México ficaram impedidos de votar nas eleições legislativas de 6 de outubro devido ao atraso nos correios. Quase dois meses depois, os boletins de voto chegaram ao país.

A denúncia foi feita por uma eleitora, natural de Lisboa, que vive há dois anos na Cidade do México, ao Correio da Manhã. Segundo a mulher, “o boletim de voto só chegou no dia 5 de dezembro, quase dois meses depois” do ato eleitoral. A mesma situação terá ocorrido a pelo menos mais 20 portugueses.

Na semana das eleições legislativas, “como o boletim ainda não tinha chegado”, os eleitores decidiram “enviar um email para a embaixada portuguesa para tentar perceber o que se passava”, mas não obtiveram resposta, segundo revelou a mesma portuguesa ao CM. No dia das Legislativas, a eleitora tentou “o voto presencial, mas a embaixada estava fechada”.

Ao CM, o Ministério da Administração Interna (MAI), responsável pela organização do ato eleitoral, garantiu que “todas as cartas foram enviadas para todos os países até ao dia 6 de setembro”, sendo o Governo “alheio a eventuais problemas nos serviços postais de outros países”.

Em relação a isto, alguns portugueses no México confessaram ao mesmo jornal que “os correios locais funcionam mal” e que “as cartas do estrangeiro podem demorar três meses a chegar”. Contudo, defendem que “o Governo poderia ter evitado estes problemas se enviasse os boletins com mais antecedência“.

De acordo com as estatísticas disponibilizadas pelo MAI, nenhum cidadão português no México votou por correspondência. Em comparação, em 2015, houve 14 que exerceram o voto por carta.

  ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Patrões acusam Governo de usar a concertação social para viabilizar o Orçamento

Os patrões veem as alterações à lei laboral como uma estratégia do Governo para aprovar o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), enquanto as centrais sindicais consideraram estas mudanças insuficientes. As alterações à legislação laboral não …

Um rato

Nova Iorque alvo de aumento recorde de casos de doença rara transmitida por ratos

Uma doença bacteriana rara, espalhada através da urina de rato, está a assolar a cidade de Nova Iorque. Este ano, pelo menos 15 pessoas terão contraído a doença. Destas, 13 foram hospitalizadas e uma morreu. A …

Portugal regista mais três mortes e 927 casos de covid-19

Portugal registou, esta quarta-feira, mais três mortes e 927 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 927 novos …

Festejos do Sporting. IGAI garante que "não omitiu informação ou branqueou factos"

A inspetora-geral da Administração Interna garantiu no Parlamento, esta quarta-feira, que a IGAI "não omitiu informação ou branqueou factos" no relatório sobre os festejos do Sporting, sustentando que tudo o que foi investigado consta do …

PAN só viabiliza OE "se houver compromisso do Governo em alterar" a proposta

A porta-voz do PAN afirmou, esta quarta-feira, que o partido só poderá viabilizar o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) se o Governo se comprometer com alterações à proposta na especialidade. Inês Sousa Real falava aos …

Colômbia condenada por não ter investigado agressões "verbais, físicas e sexuais" a jornalista

De acordo com a sentença, o Estado colombiano não investigou devidamente o caso de sequestro, tortura e violação da jornalista Jinedth Bedoya, que estava a trabalhar numa reportagem sobre a guerra civil em 2000. O Tribunal …

Rio diz ter "obrigação" de avançar com recandidatura à liderança do PSD

O presidente do PSD justificou a sua recandidatura à liderança, esta quarta-feira, pela "obrigação" de colocar o interesse do país e do partido à frente da sua vida pessoal. No final de uma audiência com o …

Fenprof e FNE convocam greve nacional de professores para 5 de novembro

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) e a Federação Nacional da Educação (FNE) anunciaram, esta quarta-feira, que vão convocar uma greve nacional de professores para 5 de novembro. Em comunicado, a Fenprof refere que a greve …

PCP reconhece aproximação do Governo, mas diz que ainda é insuficiente

O líder parlamentar do PCP considerou, esta quarta-feira, que houve uma aproximação do Governo às propostas do partido, mas que ainda não é suficiente para alterar a avaliação feita sobre o Orçamento do Estado para …

Alemanha pode falhar objetivo de doação de vacinas contra a covid-19 (e culpa fabricantes)

A Alemanha pode falhar o seu objetivo de doar 100 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 a países mais pobres. Um funcionário do ministério da saúde alemão revelou, numa carta a Bruxelas, que a …