Boeing revela a nave com que vai levar astronautas ao espaço

Boeing / NASA

Boeing Starliner: brevemente, numa órbita perto de si

Boeing Starliner: brevemente, numa órbita perto de si

Quando a NASA decidiu passar à reforma os seus vaivéns espaciais e ficar dependente das naves Soyuz da Rússia para entrar em órbita, percebemos que tudo estava prestes a mudar na era do transporte espacial.

Estamos agora a entrar numa nova era, a das viagens espaciais comerciais, semelhante aos primórdios das viagens aéreas privadas de há um século atrás.

Mas agora, não é apenas um voo de Lisboa para Nova Iorque que fica acessível ao bolso do cidadão. É um voo da Terra até às estrelas, e o primeiro passo já foi dado.

A Boeing apresentou no passado dia 4 a sua nova nave espacial tripulada, a CST-100 Starliner, que deverá ser a primeira a transportar astronautas americanos, depois de anos de dependência da Soyuz.

A Starliner, em forma de cápsula, será capaz de transportar quatro astronautas até destinos em órbitas baixas da Terra, como a Estação Espacial Internacional, EEI.

A nave, quase completamente automatizada, vai completar um primeiro voo não tripulado em 2017, lançada por um foguetão Atlas V da United Launch Alliance.

Após esse primeiro teste, a Boeing deverá começar a programar voos tripulados.

Era comercial

“Há cem anos atrás, estávamos na alvorada da aviação comercial. Hoje, com a ajuda da NASA, estamos na manhã de uma nova era espacial comercial”, afirma o vice-presidente e director geral de Exploração do Espaço da Boeing, John Elbon, em comunicado para a imprensa, citado pela IFLS.

A Starliner está a ser desenvolvida como parte do Programa de Tripulação Comercial da NASA, juntamente com a cápsula Dragon da SpaceX, a empresa aeroespacial de Elon Musk.

O ano passado, a Boeing e a SpaceX receberam 5,2 mil milhões de euros da NASA para desenvolver as suas naves. E uma delas será a próxima nave de transporte de astronautas norte-americanos para a Estação Internacional.

Ao mesmo tempo, a Roscosmos não está parada.

No início deste mês, foi anunciado que a nova nave espacial tripulada russa, um vaivém espacial de nova geração que vai servir para levar cosmonautas e carga para a Lua ou para estações orbitais, estará pronta a voar já em 2019.

Kim Shiflett / NASA

A Boeing irá instalar-se no Centro Espacial Kennedy, na Commercial Crew and Cargo Processing Facility, para preparar o lançamento da Starliner

A Boeing irá instalar-se no Centro Espacial Kennedy, na Commercial Crew and Cargo Processing Facility, para preparar o lançamento da Starliner

Centro Espacial Kennedy

A Boeing revelou também que irá usar a Commercial Crew and Cargo Processing Facility, infraestrutura existente no Centro Espacial Kennedy da NASA, no estado da Flórida, para construir e preparar o lançamento da Starliner.

Estas intalações, anteriormente usadas para a gestão da frota de space-shuttles da NASA, será agora destinada a tripulação comercial e processamento de carga, enquanto outros edifícios servirão como núcleos da Boeing para lançamentos e controle de missões.

O Centro Espacial Kennedy continuará a ser usado também pela SpaceX e pela NASA, que tem planeado para o icónico centro o lançamento, por exemplo, da sua nave Orion, construída para transportar astronautas à Lua, a Marte e a asteróides que estejam de visita.

Os primeiros lançamentos tripulados da Starliner e da Dragon marcarão o fim de um hiato nos voos espaciais tripulados norte-americanos, desde que o vaivém Discovery fez, a 8 de julho de 2011, o último voo de um space-shuttle.

Desde então, os astronautas americanos com destino à Estação Espacial Internacional apanham boleia na famosa nave espacial Soyuz, da Rússia – o único veículo, neste momento, capaz de ir e voltar ao laboratório de investigação orbital.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “É um voo da Terra até às estrelas, e o primeiro passo já foi dado.”

    Quem escreve isto desta maneira é sensacionalista… a tecnologia actual ainda não é suficiente para transportar pessoas até Marte (apesar do burburinho todo que para aí vai) quanto mais “até às próximas estrelas”… mas quem é que escreve estas tretas?!!!

RESPONDER

Marcelo com reeleição garantida. Ana Gomes em segundo com o dobro de André Ventura

Se decidir recandidatar-se à Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa vencerá confortavelmente à primeira volta, revela uma nova sondagem. De acordo com a pesquisa de opinião da Aximage para o Jornal Económico, o atual …

Presidente interina da Bolívia infetada com covid-19

A presidente interina da Bolívia, Jeanine Añez, testou positivo para o novo coronavírus, anunciou esta sexta-feira a própria, referindo que está bem. “Estou positiva para a covid-19, estou bem, trabalharei em isolamento. Juntos, seguiremos em frente”, …

Filho de Humberto Pedrosa na calha para CEO da TAP

O Jornal Económico escreve na sua edição desta sexta-feira que o nome de David Pedrosa, filho de Humberto Pedrosa, poderá vir a ser o substituto temporário de Antonoaldo Neves na liderança da companhia aérea portuguesa. …

Jovem ilha vulcânica "cospe" cinza e lava à medida que cresce estranhamente no Pacífico

Uma ilha de origem vulcânica localizada no Pacífico está a passar um "surto vigoroso" que inclui o lançamento de cinzas e lava à medida que cresce de forma incomum desde meados de junho, avança a …

TC declara inconstitucional lei do direito de preferência dos inquilinos

O Tribunal Constitucional (TC) declarou inconstitucional a lei que garante o exercício do direito de preferência pelos arrendatários na transmissão das habitações, um pedido de fiscalização sucessiva que tinha sido feito pelo CDS-PP e PSD …

Cientistas já sabem o que é o estranho gel encontrado no lado oculto da Lua

Uma equipa de cientistas da China conseguiu determinar a natureza da estranha substância espacial que gerou muito interesse desde que foi descoberta no ano passado pelo rover chinês Yutu-2 no lado oculto da Lua. A "substância …

Astronautas devem usar Vénus como "trampolim" para chegar a Marte, defendem cientistas

Vários especialistas defendem que os astronautas devem utilizar Vénus como "trampolim" para chegar até Marte, alegando que uma missão ao Planeta Vermelho baseada neste plano seria não só mais rápida como barata. Tendo em conta a …

Famalicão 1-1 Benfica | Águia sem fama nem vitória

O duelo da 31ª jornada da Liga NOS, que colocou frente-a-frente, nesta quinta-feira, Famalicão e Benfica, terminou com um empate a um golo. Os visitantes inauguraram o marcador na etapa inicial por intermédio de Pizzi e, …

"Altamente destrutivas." Novas algas vermelhas ameaçam os recifes de coral do Havai

Uma espécie de alga de crescimento rápido, recentemente identificada, representa uma grande ameaça para o recifes de coral e para o ecossistema oceânico. Uma nova espécie de alga vermelha está a proliferar-se rapidamente através de atóis …

O comportamento dos donos influencia a forma como os cães comunicam

Uma nova investigação acaba de revelar, pela primeira vez, que a coexistência milenar entre cães e seres humanos pode ter ajudado estes animais a desenvolver mecanismos especiais para comunicarem e interagirem com os seus donos. A …