Bob Dylan é o vencedor do Nobel da Literatura

Bob Dylan é o surpreendente vencedor do Prémio Nobel da literatura de 2016, “por ter criado novas expressões poéticas no quadro da grande tradição da música norte-americana”. É caso para dizer: “os tempos estão a mudar”.

O prémio máximo da literatura, anunciado esta quinta-feira pela Academia sueca, é atribuído pela primeira vez a um músico. Sara Danius, secretária permanente do júri que atribui o galardão, descreve Dylan como um “poeta maravilhoso“.

Instada a escolher uma canção emblemática do Nobel da Literatura, Sara Darius disse que o álbum Blonde on Blonde, de 1966, “é um exemplo extraordinário da sua forma brilhante de rimar e do seu pensamento pictórico”.

A representante da Academia Sueca lembrou ainda, quando questionada sobre a especificidade da poesia de Dylan, que foi escrita para ser cantada e que também Homero e Safo, há mais de dois mil anos, escreveram poesia para ser ouvida.

Bob Dylan é o nome artístico de Robert Allen Zimmerman, compositor, cantor, pintor, ator e escritor norte-americano nascido a 24 de maio de 1941 no estado de Minnesota.

Neto de imigrantes judeus russos, Dylan escreveu os seus primeiros poemas aos 10 anos e, ainda adolescente, aprendeu piano e guitarra sozinho.

Começou a cantar em grupos de rock, imitando Little Richard e Buddy Holly, mas quando foi para a Universidade do Minnesota em 1959, voltou-se para a folk music, impressionado com a obra musical do lendário cantor folk Woody Guthrie, que foi visitar em Nova Iorque em 1961.

Em 2004, foi eleito pela revista Rolling Stone o sétimo maior cantor de todos os tempos e, pela mesma revista, o segundo melhor artista da música de todos os tempos, ficando atrás somente dos Beatles.

Uma das suas principais canções, “Like a Rolling Stone“, foi escolhida como uma das melhores de todos os tempos.

Em 2012, Dylan foi condecorado com a Medalha da Liberdade pelo presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

Bob Dylan sucede à bielorussa Svetlana Alexievitch, laureada com o Nobel da Literatura em 2015.

Atribuído pela primeira vez em 1901, ao francês Sully Prudhomme, o Nobel da Literatura, um dos mais mediáticos ao lado do Nobel da Paz, é sempre anunciado a uma quinta-feira, normalmente na primeira semana de outubro, na mesma semana em que os outros quatro prémios criados por Alfred Nobel são anunciados.

Este ano, no entanto, o prémio para a área da Literatura foi o último a ser anunciado, algo que a Academia Sueca atribuiu a questões de calendário, mas que os meios de comunicação suecos suspeitam dever-se à dificuldade dos membros em chegar a um acordo sobre um nome.

Entre os favoritos nas casas de apostas estavam queniano Ngũgĩ wa Thiong’o e o japonês Haruki Murakami.

AF, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Surpreendente, sem dúvida, a decisão do comité Nobel.
    Mas o conceito de literatura tem vindo a mudar nas últimas décadas e deixou de ser um feudo de elites letradas para se tornar um domínio mais democrático, inovador e multifacetado.
    Claro que alguns dirão que isto não é literatura. Mas os tempos estão mudados…

    • Absolutamente de acordo.
      A literatura tem assumido destaque na forma escrita mas, porque não, musical.
      Embora não seja um “fã” das musicas de Bob Dylan, é incontornável reconhecer a profundidade e, em algumas delas infelizmente, a actualidade das letras das suas musicas.

RESPONDER

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …

Sue, o T-rex, terá tido uma forte dor de dentes devido a uma infeção

Sue, o T-rex cujo esqueleto é um dos mais completos já descobertos até aos dias de hoje, terá sofrido uma forte dor de dentes durante a sua existência. "Dois dentes estão realmente fundidos e um terceiro …

Câmara com IA confundiu careca do bandeirinha com a bola (e arruinou o jogo de futebol)

Os adeptos da equipa de futebol escocesa Inverness Caledonian Thistle FC experimentaram uma hilariante falha tecnológica durante um jogo no fim de semana passado. De acordo com o IFLScience, o clube escocês anunciou há algumas semanas …

"Francisco Louçã fez bullying para precipitar ruptura do Bloco com o PS"

O PS acredita que foi a postura de "bullying" de Francisco Louçã que forçou o Bloco de Esquerda a precipitar uma "ruptura com o PS", conforme avança o deputado João Paulo Correia, vice-presidente da bancada …

Remdesivir: de droga milagrosa a negócio milionário com "muito, muito mau aspeto"

Apresentado como único medicamento anti-viral eficaz no combate à covid-19, foi o primeiro medicamento aprovado pela FDA, regulador farmacêutico americano, no tratamento da doença. Agora, a sua eficácia é contestada — e os negócios milionários …

"Imagine there is no corruption". Há uma campanha contra a corrupção em Portugal nas ruas de Nova Iorque

Um professor português da Universidade de Columbia, nos EUA, tem em marcha uma campanha contra a corrupção em Portugal, com várias acções nas ruas de Nova Iorque. De guitarra em punho e a cantar "Imagine there …

Morreu Sean Connery, Sir James Bond

O actor escocês Sean Connery morreu, neste sábado, aos 90 anos de idade, conforme avança a BBC. As causas da morte não são ainda conhecidas. Sean Connery tornou-se conhecido como "James Bond", tendo sido o primeiro …

"Uma das actividades de maior risco é ir ao restaurante"

Medidas como a proibição de circulação entre concelhos e o recolher obrigatório "são mais simbólicas do que eficazes e efectivas" no combate à covid-19, defende o médico e investigador Carlos Martins, considerando que seria mais …

Vieira da Silva escolhido para conselheiro da CE na presidência portuguesa da UE

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, foi escolhido como conselheiro especial da Comissão Europeia para preparar o trabalho na área dos direitos sociais durante a presidência portuguesa …

Supremo dá razão a juiz afastado por ter "mau feitio"

O juiz desembargador Eurico Reis viu o Supremo Tribunal de Justiça dar-lhe razão, anulando o concurso interno no Tribunal da Relação de Lisboa onde foi afastado por, alegadamente, ter "mau feitio". O Supremo anula, assim, a …