Bloco de Esquerda anula adesão de “grupo infiltrado”

Esquerda.Net / Flickr

A porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins

O Bloco de Esquerda anulou a adesão de seis elementos da organização Socialismo Revolucionário, que aponta como um “grupo infiltrado”, de acordo com uma nota divulgada pelo partido.

“A anulação das adesões e a não-ratificação dos novos pedidos de adesão, num total de seis, foi decidida por voto secreto com 47 votos a favor, 24 contra e quatro abstenções”, salienta o Bloco de Esquerda (BE) no seu site, notando que “esta decisão resulta da verificação de fraude ao princípio legal e estatutário da adesão individual”.

“Não são abrangidos pela decisão três dos aderentes visados pelo inquérito, que integraram o SR (Socialismo Revolucionário) quando já eram aderentes do BE”, indica ainda o comunicado.

O mesmo documento especifica que a decisão da Mesa Nacional do BE aprovou por maioria o relatório da Comissão de Inquérito sobre o assunto, no passado domingo.

Segundo a página oficial do partido, o inquérito interno foi aberto na sequência de um conjunto de adesões e pedidos de adesão “provenientes de uma organização política que, externamente ao BE e sem qualquer contacto com os órgãos legítimos do partido, decidiu infiltrá-lo“.

O texto do BE refere que a organização Socialismo Revolucionário apresenta-se como a secção portuguesa do “Comité para uma Internacional dos Trabalhadores” (CIT), partido marxista internacional, que publica a revista “A Centelha”, e que mantém uma página oficial na Internet.

O partido sublinha igualmente as teses do Congresso da organização Socialismo Revolucionário, realizado em 2013, e que criticou o BE pela “mudança da liderança para a direita” em direção à social-democracia.

“Exigimos táticas flexíveis que podem significar a procura de oportunidades noutros locais, incluindo uma orientação para o PC português, que, apesar de muitas das características burocráticas que retira do seu passado estalinista, é um dos poucos partidos tradicionais de trabalhadores de massa que ainda existem na Europa”, escreve o BE referindo-se às posições demonstradas pelo Socialismo Revolucionário.

A nota recorda que através de divulgação de uma declaração de junho de 2016, o Comité Executivo do Socialismo Revolucionário anunciou a integração no BE e que no mês de dezembro enviou à Mesa Nacional um pedido de formalização.

// Lusa

2 COMENTÁRIOS

  1. Como é que o Bloco conseguiu saber isto tudo? Só se tinham gente infiltrada no “Socialismo Revolucionário”!
    Infiltrado que infiltra o infiltrador tem 100 anos de temor! Esta é a esquerda que temos: tiques de KGB com populismo do Hugo Chavez (paz à sua alma). Nestes partidos está em curso uma disputa para ver quem fica mais à esquerda da esquerda e assim ganhar na demagogia das ideias redistributivas de miséria, rumo ao destino da Venezuela ou a outros exemplos de empobrecimentos de massas.

RESPONDER

Emmanuel Macron

Macron e Marine Le Pen vão à segunda volta das presidenciais em França

Os resultados da primeira volta das eleições presidenciais francesas confirmam a vitória de Emmanuel Macron e Marine Le Pen. Os números divulgados às 20h em Paris acabam com o suspense de uma das eleições mais …

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro

Luís Montenegro não quer primárias no PSD e reafirma apoio a Passos

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, disse hoje, em Leiria, ser contra a realização de eleições primárias no seu partido e reafirmou o seu apoio ao atual líder do PSD, Pedro Passos Coelho. À margem …

-

UKIP quer proibir uso da burka em público

O Partido da Independência do Reino Unido (UKIP), anti-imigração, vai incluir no seu programa para as eleições britânicas de 8 de junho próximo a proibição do uso da burka em público. O líder do UKIP, Paul …

-

Venezuelanos fizeram "marcha do silêncio" para homenagear vítimas dos protestos

A aliança opositora Mesa de Unidade Democrática disse este sábado que, apesar de ter podido marchar de forma pacífica até à sede do Episcopado de Caracas, os protestos vão continuar até ser revertido o "golpe" do …

-

PJ confirma que atropelamento mortal no estádio da Luz não foi acidental

Fonte policial revelou que o atropelamento mortal do adepto italiano, que estava na capital para assistir ao dérbi entre Sporting e Benfica, não foi acidental e que as autoridades já sabem quem foi o autor …

-

Jéssica Augusto vence maratona de Hamburgo

A portuguesa venceu, este domingo, a maratona de Hamburgo, na Alemanha, garantindo mínimos para os Mundiais de 2017, que se vão disputar em Londres. Jéssica Augusto correu a distância em 2:25.30 horas, a mais de um minuto …

Heterocephalus glaber, também conhecido por rato-toupeira-nu

Estranho mamífero consegue sobreviver 18 minutos sem oxigénio

O rato-toupeira-nu, batizado com o nome científico Heterocephalus glaber, é um dos mamíferos mais estranhos do mundo, mas é também por isso que tem tantas características raras. Este roedor de sangue frio, oriundo do leste de África, …

Maddie McCann

Dez anos depois, PJ diz que caso Maddie "continua aberto"

A Polícia Judiciária continua a investigar o desaparecimento de Madeleine McCann, ocorrido em 2007 no Algarve, admitindo que se trata de "um caso único na história da PJ e do país". "O caso continua aberto" e …

Marine Le Pen em visita ao Líbano

Mais de 45 milhões de franceses escolhem hoje quem passa à segunda volta

Mais de 45 milhões de eleitores escolhem, este domingo, os dois candidatos que passam à segunda volta das eleições presidenciais, com as sondagens a indicarem que o confronto decisivo vai opor Emmanuel Macron a Marine …

-

Consumo diário de bebidas light aumenta risco de derrame e demência

Bebidas adoçadas artificialmente, como as bebidas light, podem aumentar o risco de acidente vascular cerebral e demência. É o que mostra um novo estudo da Universidade de Boston, nos Estados Unidos. De acordo com este estudo, …