Bloco de Esquerda defende voto aos 16 anos

*Bloco / Flickr

Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda

Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda

O voto aos 16 anos foi defendido esta segunda-feira pela porta-voz do BE, Catarina Martins, considerando que se com esta idade os jovens podem assumir responsabilidades como trabalhar e pagar impostos devem ter o poder de escolher.

O dia de campanha do Bloco de Esquerda começou esta segunda-feira com uma visita à Escola Profissional de Hotelaria de Fátima, onde depois de uma roteiro pelas instalações – durante o qual pôde ver os alunos em ação quer nas aulas práticas, quer nas aulas teóricas -, Catarina Martins falou para uma plateia de jovens que, apesar de inicialmente tímidos, acabaram por fazer diversas perguntas à bloquista.

“Aos 16 anos as pessoas podem começar a trabalhar, podem pagar impostos, se cometerem um crime são presas e podem até ser mobilizadas para a tropa. E, portanto, quem pode assumir tantas responsabilidades tem de poder escolher, tem de poder votar e é por isso que o Bloco de Esquerda tem defendido o voto aos 16 anos“, defendeu.

Conforme se lê no manifesto para as eleições de legislativas de 4 de outubro, o BE quer o alargamento do voto aos cidadãos estrangeiros vivendo há mais de três anos em Portugal e aos cidadãos a partir dos 16 anos de idade, que têm já responsabilidade laboral, penal e fiscal.

Aos jornalistas, Catarina Martins explicou que “nas campanhas eleitorais se fala muito dos jovens” e que o BE não é exceção nesse tema, sendo por isso “bom ouvi-los”, porque “quem tem hoje 16 anos está a olhar para o futuro”.

“E é isso que fizemos aqui hoje e vemos como as perguntas que colocam são perguntas determinantes para o futuro, sejam os problemas do emprego e do salário, sejam a preocupação que têm com a pensão dos seus pais e dos seus avós que também a ouvimos, sejam as preocupações ambientais”, explicou.

Dentro do auditório, quando Catarina Martins preferiu abrir as intervenções aos alunos para mais do que poder falar, ouvir, para além de um mais destemido que quis manifestar a preocupação com o impacto ambiental das barragens, foi precisa a ajuda do diretor para quebrar a habitual vergonha nestas situações, exponenciada pela presença de muitos jornalistas na sala.

Passado o medo inicial, quer durante a sessão de esclarecimento, quer depois das palmas que marcaram o final, os alunos questionaram diretamente a líder bloquista sobre temas como desemprego, refugiados, impostos, setor do turismo, pensões, emigração e liberalização da canábis, tendo Catarina Martins respondido a todas estas preocupações.

Durante a visita que antecedeu a palestra, o cabeça de lista do BE por Santarém, Carlos Matias, mostrou-se visivelmente satisfeito pelo percurso ser sempre para a esquerda, tendo o diretor da escola, Francisco Vieira, apresentado o “sonho” já no papel que é a construção das novas instalações que permitam acolher os alunos ainda em melhores condições e não recusar as cerca de 100 pessoas que todos os anos se candidatam e ficam de fora.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. pensando bem tb concordo….. e se pode votar aos 16 anos …….podem ser eleitos aos 16 anos, sera que isto não tem algo de incostitucuiinal? ou o bloco resolve tudo a moda da china comunista? quem pode manda!!!
    é triste ver miúdas giras com dentes já podres pelo consumo de droga, ver rapaziada que poderia ser o enlevo dos pais ficarem refém da droga pesada e da droga destes blocos que apenas existem para tentar implodir o sistema social vigente……… e estas meliantes de olhos verdes ainda tem o descaramento de pedir a despenalização. eu acho que um deputado de 16 anos ou uma deputada ate tinha graça se não fosse o fraco exemplo dado por quem devia ter mais senso e honestidade politica.

RESPONDER

Portugal regista mais três mortes e 927 casos de covid-19

Portugal registou, esta quarta-feira, mais três mortes e 927 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 927 novos …

Festejos do Sporting. IGAI garante que "não omitiu informação ou branqueou factos"

A inspetora-geral da Administração Interna garantiu no Parlamento, esta quarta-feira, que a IGAI "não omitiu informação ou branqueou factos" no relatório sobre os festejos do Sporting, sustentando que tudo o que foi investigado consta do …

PAN só viabiliza OE "se houver compromisso do Governo em alterar" a proposta

A porta-voz do PAN afirmou, esta quarta-feira, que o partido só poderá viabilizar o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) se o Governo se comprometer com alterações à proposta na especialidade. Inês Sousa Real falava aos …

Colômbia condenada por não ter investigado agressões "verbais, físicas e sexuais" a jornalista

De acordo com a sentença, o Estado colombiano não investigou devidamente o caso de sequestro, tortura e violação da jornalista Jinedth Bedoya, que estava a trabalhar numa reportagem sobre a guerra civil em 2000. O Tribunal …

Rio diz ter "obrigação" de avançar com recandidatura à liderança do PSD

O presidente do PSD justificou a sua recandidatura à liderança, esta quarta-feira, pela "obrigação" de colocar o interesse do país e do partido à frente da sua vida pessoal. No final de uma audiência com o …

Fenprof e FNE convocam greve nacional de professores para 5 de novembro

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) e a Federação Nacional da Educação (FNE) anunciaram, esta quarta-feira, que vão convocar uma greve nacional de professores para 5 de novembro. Em comunicado, a Fenprof refere que a greve …

PCP reconhece aproximação do Governo, mas diz que ainda é insuficiente

O líder parlamentar do PCP considerou, esta quarta-feira, que houve uma aproximação do Governo às propostas do partido, mas que ainda não é suficiente para alterar a avaliação feita sobre o Orçamento do Estado para …

Alemanha pode falhar objetivo de doação de vacinas contra a covid-19 (e culpa fabricantes)

A Alemanha pode falhar o seu objetivo de doar 100 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 a países mais pobres. Um funcionário do ministério da saúde alemão revelou, numa carta a Bruxelas, que a …

Alexei Navalny vence Prémio Sakharov 2021

O opositor russo Alexei Navalny é o vencedor do Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 2021, anunciou o Parlamento Europeu, esta quarta-feira. Alexei Navalny foi nomeado pelos grupos políticos PPE e Renovar a Europa devido …

Extinção do SEF aprovada na especialidade no Parlamento

A proposta do PS e do Bloco de Esquerda sobre a extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) foi aprovada na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, esta quarta-feira. Segundo o jornal Público, …