Bitcoin já vale mais do que o ouro

É um feito histórico. O ouro já não é o que vale mais dentro dos mercados, mesmo que a correlação de troca entre o ouro e do bitcoin não possa ser equiparada.

Nos Estados Unidos, uma unidade da moeda virtual atingiu 1.265 dólares, passando a cotação de uma onça de ouro que estava a ser negociada por 1.233 dólares.

Segundo o site especializado Coindesk, o bitcoin ultrapassou o valor do ouro pela primeira vez na história, sendo que a cotação da moeda digital já valorizou mais de 30%, só este ano.

Apesar dos especialistas da área admitirem que o bitcoin pode substituir por inteiro o ouro, ainda existem muito factores que o impedem. Um deles reside na dificuldade de investir em ações do bitcoin e o outro reside no historial da volatilidade do seu valor nos mercados.

O bitcoin foi introduzida como moeda digital em 2008 por Satoshi Nakamoto. Em fevereiro de 2015, o número de empresas que aceitam este sistema de pagamento ultrapassou as cem mil.

Ao que tudo indica a U.S. Securities and Exchange Commission está prestes aprovar o Bitcoin ETF nos mercados norte-americanos. Caso aconteça, a medida terá um impacto significativo, visto que este é um dos mercados mais competitivos a nível mundial.

Avatar // B!T

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Este mundo está completamente louco!
    Valorizam uma moeda que não existe e que não está referenciada a nada (rigorosamente a nada). Quando alguém se lembrar que na verdade esta moeda não nada mais que uma linha de código num computador qualquer, nem um “testão furado” valerá e quem investiu neste tipo de negócios fica com 0!
    Cada vez estamos mais perto do fim da nossa sociedade!!!

    • António,

      Está a ver as coisas ao contrário.

      O que não vale nada, é qualquer moeda que seja apenas um pedaço de papel mandado imprimir por uma linha qualquer numa ordem de serviço de um político ou banqueiro central qualquer. E isso é assim com o dólar, o euro, a libra, com qualquer moeda “convencional”. O que vale um euro? Está referenciado a quê? O valor do euro não é dado porque um governo diz que um euro paga dois pacotes de leite na minha mercearia, um euro vale dois pacotes de leite se alguém entrar na minha mercearia, me oferecer um euro, e eu decidir aceitar dar em troca dois pacotes de leite.

      Isso é assim com qualquer moeda “emitida”, que qualquer governante possa em qualquer altura “mandar fazer mais”.

      As “moedas” que valem não são as que são “emitidas”, são as que são “minadas”, as que são “finitas”, as que são “únicas e não reprodutíveis”, e que pela sua raridade e exclusividade passam a ser tomadas como boas para “moeda de troca”. Por exemplo, o ouro.

      E por exemplo, a bitcoin.

      Porque ao contrário do que diz, uma bitcoin não é “uma linha de código num computador qualquer”. Cada bitcoin é única e não falsificável, cada nova bitcoin que é “minada” torna exponencialmente mais difícil a “um computador qualquer” minar a bitcoin seguinte, e o número de bitcoins que será possível minar é finito.

      Se não quiser perceber isto, está no seu pleno direito. Mas pelo menos, informe-se sobre o que é a bitcoin.

      Porque um dia destes acorda num mundo em que a bitcoin se institucionalizou – e os “tostões furados” são na realidade os papelotes que tem debaixo do colchão.

      • Gostei da explicação (é seguramente colega) acho apenas que poderia ter referido as três funções básicas da moeda:
        – Meio de pagamento ou instrumento de troca
        – Unidade de conta ou medida de valor
        – Instrumento reserva de valor

        A moeda (subentenda-se o dinheiro) atual é fiduciária. Isto é depende da “fiducia” (confiança). Isto é, a moeda não vale pelo seu valor intrínseco. Isso já lá vai há muito tempo e desde o fim de Bretton Woods nem existe nenhuma ligação a qualquer metal – (no acordo de Bretton Woods o Estado Americano assegurava a conversão de uma certa quantia de dólares por ouro).

        A bitcoin relativamente às funções típicas da moeda:
        – Meio de pagamento ou instrumento de troca – Ainda muito limitado. No café onde vou diariamente ou no supermercado ninguém aceita bitcoins.
        – Unidade de conta ou medida de valor – Permite valorizar bens e serviços.
        – Instrumento reserva de valor – Sim, com variações em função de milhares de variáveis (ou milhões) tal como qualquer outra moeda. Estará atualmente sobrevalorizada atendendo à sua atual função enquanto instrumento de troca? Quem tem mais a perder é quem está dentro. E sobretudo quem entrou recentemente. Será uma espécie de negócio de pirâmide em que as novas entradas por via da valorização promovem ganhos nos que já se encontram há mais tempo?

        A fiducia no caso da bitcoin poderá ser mais uma “fezada”. Até porque ao longo da história a emissão de moeda sempre esteve muito regulamentada e muito circunscrita a quem exerce o poder num dado estado. Logo, porque razão iriam EUA e UE abrir mão das suas moedas em detrimento de algo que não controlam? E se não a tolerarem no dia-a-dia das suas economias então qual será a posição da bitcoin face às três funções básicas da moeda?

    • Que coincidência. É exactamente como o € e o $, então.

      Bem, exactamente, exactamente… não será, visto que o Bitcoin irá atingir um limite de emissão de 21 Milhões de Bitcoins… e nunca mais serão emitidos mais.

      Já € e $, ninguém sabe quantos existem… e os Bancos podem criar infinitos € e $, quando bem entenderem, dessa forma desvalorizando-os constantemente.

RESPONDER

A linguagem de Benoit está a morrer. O senegalês quer salvá-la através da música

O senegalês Benoit Fader Keita está a usar o poder da música para salvar a sua linguagem, ménik, que tem apenas 3 mil falantes e está em risco de extinção. Benoit Fader Keita nasceu no Senegal …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

 A doença misteriosa foi identificada, pela primeira vez, em 2015, num doente considerado um "caso isolado e atípico". Há quase dois anos, Roger Ellis desmaiou depois de ter tido uma convulsão durante o 40.º aniversário de …

Estudo sugere que há quatro tipos de Alzheimer

Uma equipa de investigadores sugere que há quatro tipos da doença de Alzheimer, que atacam diferentes zonas do cérebro e têm sintomas distintos. Um novo estudo sugere que o Alzheimer é uma doença bem mais complexa …

Jovens tentam salvar vidas na Índia através do Youtube. Plataforma elimina vídeos por serem "perigosos"

A Índia continua a debater-se com a grave crise sanitária desencadeada pela covid-19. Jovens indianos publicaram no Youtube vídeos a produzir oxigénio em casa, usando processos químicos ensinados nas escolas. A plataforma eliminou-os. De acordo com …

Shuvuuia era um dinossauro do tamanho de uma galinha, que caçava às escuras

Os investigadores descobriram que Shuvuuia, um pequeno dinossauro do tamanho de uma galinha, tinha uma excelente audição e visão noturna, que lhe permitiam caçar de noite. São poucas as aves que têm aquilo que é preciso …

Na China, é ilegal pedir comida em excesso nos restaurantes

A China aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos que proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam, uma legislação abrangente pode prejudicar a experiência de comer fora de casa. A lei, que entrou em …

Sindicato de pilotos denuncia pedidos da TAP para voos em folga

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) denunciou pedidos da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga, ao mesmo tempo que afirma ter pilotos em excesso. Num email …

Bayern Munique 'festeja' nono título consecutivo com goleada

O Bayern Munique coroou este sábado o seu nono título consecutivo na Liga alemã de futebol com uma goleada no triunfo diante do Borussia Moenchengladbach (6-0), num jogo com um hat-trick de Lewandowski. Antes de pisar …

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …