Bill Gates contra imposto sobre as fortunas que Elizabeth Warren quer aplicar

Michael Buholzer / World Economic Forum

O fundador da Microsoft não apreciou a medida que a senadora democrata Elizabeth Warren se propõe aplicar caso seja eleita presidente em 2020: um imposto sobre as fortunas que poderá chegar aos 6%.

Bill Gates, que tem uma fortuna estimada em 106 mil milhões de dólares (96 mil milhões de euros), comprometeu-se a destinar a maior parte da sua fortuna a causas beneficentes. Porém, rejeita a proposta de imposto de Elizabeth Warren.

Numa conferência em que participou quarta-feira em Nova Iorque, nos Estados Unidos, o fundador da Microsoft disse que já pagou mais de dez mil milhões de dólares em impostos e, se tiver de pagar até vinte mil milhões, não tem problema com isso. “Mas quando dizem que devo pagar cem mil milhões, vou começar a fazer um pouco de matemática para ver o que me sobra”.

A soma que estaria hipoteticamente em causa, de acordo com o semanário Expresso, não se aproxima dos cem mil milhões, segundo Warren. Em resposta a Gates, a senadora disse no Twitter: “Fico sempre contente de me encontrar com pessoas, mesmo que tenhamos pontos de vista diferentes. @BillGates, se tivermos oportunidade, gostava muito de explicar exatamente quanto o senhor pagaria com o meu imposto sobre as fortunas. (Prometo que não é 100 mil milhões)“.

Na quarta-feira, Bill Gates foi mais longe nas críticas, ao ponto de não revelar se votaria em Warren no caso de a eleição se disputar entre ela e Donald Trump. O fundador da Microsoft disse apenas que vai optar pelo candidato que tiver “a abordagem mais profissional” à situação atual.

Desde que Warren lançou a sua ideia, vários multimiilionários a têm criticado, acusando-a de negar o sonho americano, de “vilificar as pessoas de sucesso” e de propor soluções que já antes falharam.

Leon Cooperman, um dos investidores que a senadora tinha nomeado expressamente num tweet como exemplos do que está mal, disse mesmo que Warren fala de muitos ricos no tom em que um pai repreende um filho ingrato.

Cooperman acusa-a de querer sugar os ricos e de não perceber como a economia funciona. Warren responde que o seu objetivo é “lutar por mudanças grandes, como cuidados infantis universais, investimento na escola pública e estudos universitários gratuitos”.

Os planos económicos de Elizabeth Warren têm vindo a ser elaborados com a ajuda de economistas como Emmanuel Saez e Gabriel Zuckman, conhecidos internacionalmente pelos seus trabalhos sobre a desigualdade e os paraísos fiscais que ajudam a mantê-la.

//

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …

Com a ajuda de um radar, cientistas revelaram pegadas de mamutes e humanos pré-históricos

Espalhados pelo Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, encontram-se os "rastos fantasma" de mamutes mortos há milhares de anos. Agora, investigadores conseguiram revelar pegadas de humanos. De acordo com o Science Alert, esta descoberta, …

A desertificação está progredir na Índia. Mas a solução pode estar no conhecimento tradicional

Quase 45% da área de Maharashtra está a transformar-se em deserto, assim como uma grande parte da Índia. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o ritmo da desertificação no país é agora …

Um dos videojogos mais famosos do mundo é acusado de propaganda anti-Rússia

Call of Duty é uma das franquias de maior sucesso na história dos videojogos, mas atualmente existem pedidos para boicotar o seu último lançamento devido à descrição de conflitos militares do jogo. Call of Duty: Modern …

Nova aplicação rastreia todos os seus passos em troca de descontos

Todas as pessoas gostam de aproveitar descontos, negócios e saldos. A Miles é uma nova aplicação que lhe oferece isso em troca de algo: a sua privacidade. A app rastreia todos os seus movimentos, disponibilizando descontos …