Biden já falou ao telefone com Putin (e divergiu da postura complacente de Trump)

jlhervàs / Flickr

O novo Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden

O novo Presidente dos Estados Unidos falou com o seu homólogo russo, esta terça-feira, naquela que foi a primeira conversa telefónica entre os dois líderes mundiais.

Na chamada telefónica, Biden divergiu da postura mais complacente do seu antecessor, Donald Trump, em relação à Rússia, procurando aumentar a pressão sobre Putin, mas também preservar espaço para a diplomacia entre os dois países. Isto numa altura em que se aproxima o fim da vigência do tratado de controlo de armas nucleares entre ambos, segundo dois responsáveis da administração Biden ouvidos pela AP.

Na chamada, solicitada pelo chefe de Estado russo na semana passada, Biden defendeu que os dois países devem concluir uma extensão por cinco anos do tratado “New START”, o último entre os dois países sobre a questão, adiantaram as mesmas fontes.

Nos últimos dias, o sucessor de Trump manteve contactos com os aliados europeus, nomeadamente Reino Unido, França e Alemanha, e ainda esta terça-feira conversou com o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

Biden disse que a sua administração está a avaliar o impacto do ataque cibernético SolarWinds, que penetrou nos sistemas informáticos de diversos departamentos do Governo norte-americano, incluindo o do Tesouro, e ainda informações de que a Rússia ofereceu recompensas a militantes radicais islâmicos talibãs para matar soldados norte-americanos no Afeganistão.

O Presidente norte-americano, ainda segundo as mesmas fontes, disse mesmo que os Estados Unidos podem retaliar através de sanções para se assegurarem de que a Rússia não comete tais atos com impunidade.

Em relação às alegadas interferências russas nas eleições norte-americanas de 2016 e 2020, Biden disse a Putin ter elementos concretos sobre as mesmas.

Outro assunto levantado pelo novo Presidente norte-americano foi a detenção do oposicionista Alexei Navalny e a repressão de manifestantes pacíficos com recurso a violência pelas forças policiais, atos que no passado sábado a Administração norte-americana já tinha condenado.

Segundo o comunicado emitido pelo Kremlin, o Presidente russo afirmou na conversa telefónica que uma “normalização” das relações bilaterais é desejável para os interesses dos dois países, mas também para os “de toda a comunidade internacional, dada a responsabilidade especial dos dois em manter a segurança e estabilidade no mundo”.

Tal como no caso norte-americano, o comunicado russo refere que os dois países trocaram documentação tendo em vista a extensão do acordo “New START”. “Nos próximos dias, as duas partes irão concluir os procedimentos necessários para assegurar o contínuo funcionamento” do pacto, que expira a 5 de fevereiro, refere ainda o Kremlin.

O New START foi assinado, em 2010, entre o ex-Presidente norte-americano Barack Obama e o ex-Presidente russo Dimitri Medvedev, limitando o arsenal de cada país a 1550 ogivas nucleares e 700 mísseis balísticos e bombardeiros, contemplando ainda medidas de controlo rigorosas para verificar o cumprimento.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pandemia já matou quase tantos norte-americanos como a gripe espanhola

A covid-19 já matou quase tantos norte-americanos, no último ano e meio, como a gripe espanhola, entre 1918 e 1919, de acordo com dados esta terça-feira divulgados pela Universidade Johns Hopkins. Embora o aumento das novas …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: A sexta, a bonança e um festival de juventude

O pleno das águias, o regresso do campeão às vitórias e um dragão jovem com chama alta. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. A prática de Darwin SL Benfica 3 …

Autoeuropa retoma hoje produção após paragem face à crise dos semicondutores

Falta de semicondutores tem sido uma constante, apesar da melhora da situação pandémica, face ao atraso dos países asiáticos no que concerne à vacinação, o que obriga à paragem das fábricas responsáveis pelo fabrico das …

Os smartphones avariam mal acaba a garantia? Portugal e a UE estão a lutar contra a obsolescência programada

As empresas criam os telemóveis para avariarem pouco depois de acabar a garantia - mas a União Europeia e várias associações estão a lutar contra o desperdício e a tentar proteger os direitos do consumidor. É …

Lava do vulcão de La Palma está a escorrer em direção ao mar aumentando o risco de gases tóxicos

O vulcão Cumbre Vieja na ilha de La Palma, nas Canárias, que entrou em erupção no domingo, tem uma nova boca eruptiva, o que obrigou a evacuar mais habitações, informaram as autoridades. De acordo como Plano …

Adesão ao IVAucher quase duplicou no último mês - mas restauração quer mais medidas

No último mês, quase duplicou o número de contribuintes que se inscreveu no programa que permitirá rebater os descontos acumulados no âmbito da iniciativa IVAucher. De acordo com o Jornal de Notícias, a 23 de agosto, …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos culpa Rússia pelo assassinato de Alexander Litvinenko

Decisão remonta ao incidente de novembro de 2006, que ocorreu num hotel londrino, seis anos após o dissidente político se ter mudado para o Reino Unido, precisamente para fugir às ameaças do regime de Vladimir …

"Tratam-nos assim por causa da cor da nossa pele". Polícias nos EUA filmados a chicotear migrantes

Fotos e vídeos mostram polícias na fronteira a carregar contra migrantes e a usar objectos semelhantes a chicotes. A Casa Branca já condenou a situação e promete que vai investigar o sucedido. Pareciam imagens do tempo …

Benfica: a principal ameaça na Liga dos Campeões será Darwin

Pelo menos é a visão catalã. Benfica é o próximo adversário do Barcelona. Mais um jogo, mais uma vitória. O Benfica só sabe ganhar no campeonato português, para já, e na noite passada venceu em casa …

Estado vai financiar formação de funcionários públicos em universidades e politécnicos

Verbas destinadas ao projeto provêm do Orçamento do Estado e do Plano de Recuperação e Resiliência — cerca de 600 milhões. O Estado vai financiar, inteira ou parcialmente, as formações profissionais dos profissionais públicos, através do …