//

Berardo apresenta recurso contra arresto de imóveis de luxo

1

Manuel de Almeida / Lusa

Joe Berardo

Joe Berardo apresentou um recurso contra o arresto a dois imóveis de luxo em Lisboa. As propriedades foram arrestadas pela Caixa Geral de Depósitos por dívidas superiores a 300 milhões.

O empresário madeirense Joe Berardo interpôs um recurso no Tribunal da Relação de Lisboa contra o arresto de dois imóveis: um T5 na Avenida Infante Santo e uma mansão na Lapa, ambos em Lisboa. A notícia avançada hoje pelo Jornal Económico dá conta que os imóveis estão avaliados em 4 milhões de euros.

O recurso apresentado surge após a Caixa Geral de Depósitos ter arrestado os bens de Berardo para recuperar dívidas superiores a 300 milhões de euros.

Ambas as propriedades estão em nome da Atram, uma sociedade imobiliária criada por Berardo. O tribunal usou um mecanismo legal pouco comum, recorrendo à desconsideração da personalidade jurídica coletiva para provar que os imóveis pertencem, de facto, ao empresário.

Inicialmente o empresário contestou, mas perdeu o recurso, com o Tribunal Central Cível a dar razão à CGD. Agora, o empresário recorre a um tribunal superior para tentar reaver os imóveis, sendo um deles a sua residência na capital portuguesa. O arresto foi dado a conhecer no final de junho do ano passado.

O T5 na Avenida Infante Santo está avaliado em 2,5 milhões de euros, enquanto o imóvel na Lapa está avaliado em 1,5 milhões de euros.

  ZAP //

1 Comment

  1. Pagas o que deves e o processo certamente será encerrado. É simples, porque razão numa dita democracia existem portugueses de 1ª e outros de 2ª e 3ª?? Isso não era no tempo do fascismo? Ou estamos num fascismo camuflado de democracia??

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.