Benfica vai processar ex-eurodeputada Ana Gomes

European Committee of the Regions / Flickr

Ana Gomes, ex-eurodeputada do Partido Socialista

O Benfica anunciou, esta sexta-feira, que vai processar a ex-eurodeputada socialista pelo comentário feito sobre a transferência milionária de João Félix para o Atlético de Madrid.

Em causa está a resposta de Ana Gomes a um tweet, no passado dia 27 de junho, no qual a ex-eurodeputada questiona se a transferência de João Félix para o Atlético de Madrid não se trataria de um “negócio de lavandaria”.

“A sua declaração foi objeto de significativa repercussão na imprensa nacional e estrangeira, gerando enorme indignação no Sport Lisboa e Benfica, nos membros dos seus órgãos sociais, sócios e adeptos”, declarou o clube numa nota publicada no seu site.

O Benfica considera que “a declaração em causa não configura um caso de mero exercício da liberdade de expressão e que, pelo contrário, tem o exclusivo propósito de denegrir o nome do Benfica e dos membros dos seus órgãos sociais”.

Por isso, justificam os encarnados, o clube “tem o dever, perante os seus sócios e adeptos, de solicitar, desta vez, a apreciação desta questão pelos órgãos constitucionalmente competentes para o efeito, os Tribunais, o que fará pela instauração de um processo através dos seus advogados”.

Esta quinta-feira, Ana Gomes apelou à investigação das transferências no futebol português e enviou a várias entidades nacionais e europeias documentação do Football Leaks que “exemplifica esquemas de triangulação e de bridge transfer“.

A carta enviada às entidades apela à investigação às transferências dos clubes portugueses por eventuais crimes “de fraude e evasão fiscal e branqueamento de capitais” e considera que algumas destas transferências envolvem “somas faraónicas”.

“A carta que ontem enviei às autoridades portuguesas, remetendo a enviada a instâncias europeias, alertando para riscos de evasão fiscal e branqueamento em contratos bridge transfer entre clubes de futebol. Não podem pretender não saber“, alertou a socialista num tweet publicado ontem.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Vamos lá a ver, uma pergunta não é uma declaração. Uma declaração tem valor de verdade e por isso pode ser verdadeira ou falsa. Uma questão não é verdadeira nem falsa, é uma questão apenas. Precisa de ser respondida para poder ser verdadeira ou falsa. Perguntar se o João Félix tem vinte anos não é o mesmo que afirmar que João Félix tem vinte anos. Ora Ana Gomes não responde, apenas levanta uma questão, não afirma que o negócio João Félix foi um negócio de lavandaria. A questão deixa em aberto essa possibilidade, de facto, mas não invalida a possibilidade contrária, isto é, falta-lhe a assertividade de uma afirmação ou declaração; não afirma, pergunta. Por isso, a acusação do Benfica de que Ana Gomes terá declarado que a transferência de João Félix foi um negócio de lavandaria é, pelo menos, destituída de sentido lógico.

Imagens de satélite indicam que Irão começou construções em instalação nuclear

Imagens de satélite divulgadas esta quarta-feira mostram atividades na instalação nuclear iraniana de Natanz, um dia depois de inspetores da Agência Internacional de Energia Atómica confirmarem que o Irão iniciou a construção de uma central …

"Salvadores brancos". Organização vai acabar com as viagens de celebridades a África

A organização Comic Relief vai deixar de enviar celebridades como Ed Sheeran ou Stacey Dooley para fazerem filmes promocionais em países africanos após decidir que a abordagem reforça estereótipos ultrapassados sobre “salvadores brancos”. Além de acabar …

Tragédia no Canal da Mancha. Quatro migrantes morreram em alto mar após Governo rejeitar rota segura

De acordo com as autoridades francesas, quatro migrantes - incluindo duas crianças de cinco e oito anos - morreram ao tentar chegar ao Reino Unido de barco através do Canal da Mancha. O pequeno barco …

Detidos 21 suspeitos de desviarem fundos para financiar Puigdemont na Bélgica

A operação da polícia espanhola contra o alegado desvio de fundos públicos para financiar as despesas do ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont fugido na Bélgica resultou hoje em 21 detidos ligados ao movimento independentista na …

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …

OE2021. "Quem vota contra quer outro modelo ou desistiu de melhorar o SNS", diz Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido, sustentou esta quarta-feira que os partidos que vão votar contra o Orçamento do Estado para 2021 querem outro modelo de sistema de saúde ou desistiram de melhorar o SNS. Numa …