Bebés chinesas geneticamente modificadas podem ter “super-poderes” mentais

Investigadores familiarizados com as mudanças genéticas que o cientista He Jiankui fez nas gémeas Lulu e Nana afirmaram que a manipulação específica realizada pode dar “super-poderes” aos cérebros dos bebés.

Um cientista chinês afirmou que ajudou a criar os primeiros bebés geneticamente manipulados do mundo, gémeas cujo ADN He Jiankui disse ter alterado com tecnologia capaz de reescrever o mapa da vida.

A revelação foi feita pelo próprio em Hong Kong a um dos organizadores de uma conferência internacional sobre manipulação de genes e, anteriormente, em entrevistas exclusivas à agência de notícias Associated Press (AP).

Na época, o cientista disse que o objetivo da alteração era imunizar as gémeas contra o vírus HIV. De facto, o gene modificado, chamado de CCR5, está ligado à suscetibilidade ao HIV, mas um artigo publicado na revista científica Cell mostra que também está ligado ao aumento da cognição cerebral em estudos com ratos.

O gene ainda pode facilitar a recuperação de um ser humano após um derrame cerebral e estar correlacionado com o sucesso académico.

Não há evidências diretas de que He Jiankui pretendia fazer alguma coisa aos cérebros das gémeas. No congresso, o chinês insistiu que essa não era a sua intenção, apesar de admitir que estava ciente das investigações sobre os efeitos da desativação do CCR5 no cérebro animal e humano.

Apesar disso, os dois primeiros seres humanos com cognição e memória geneticamente melhoradas já podem ter nascido.

“A resposta é provavelmente sim, a alteração afetou os cérebros”, disse Alcino Silva, neurocientista da Universidade da Califórnia em Los Angeles. “A interpretação mais simples é que essas mutações provavelmente terão um impacto na função cognitiva das gémeas”.

Silva argumenta que He não deveria ter conduzido o estudo, porque não há como prever o efeito que isto terá nas vidas de Lulu e Nana. O trabalho com animais demonstra que seria concebível aumentar o QI médio da população no futuro, mas ratos não são pessoas – não se sabe quais serão as consequências.

Silva co-escreveu o primeiro estudo publicado ligando o CCR5 à cognição em 2016, mostrando que ratos sem o gene exibiam uma memória significativamente melhorada, entre 140 outras modificações genéticas.

O neurocientista também observou o rápido progresso em testes clínicos com pacientes de derrame e com declínio cognitivo relacionado ao HIV. Mas “há uma grande diferença entre tentar corrigir os défices em tais pacientes e tentar criar melhorias”, argumenta.

O cientista chinês não era visto desde a conferência sobre genética em Hong Kong, onde apresentou as primeiras explicações públicas sobre a sua investigação, depois de ter revelado num vídeo no YouTube que tinha criado os dois primeiros bebés geneticamente modificados.

Jiankui revelou como deu origem a duas gémeas resistentes ao VIH, desativando um gene que codifica uma proteína que permite que o vírus entre nas células, salientando que se encontram num estado “normal e saudável”.

Na mesma conferência, também acrescentou que há um terceiro bebé que pode nascer igualmente alvo de embriões geneticamente modificados.

O anúncio de Jiankui originou grande polémica em todo o mundo, e já há quem lhe chame o “Frankenstein chinês”. Tem sido arduamente criticado pela comunidade científica que considera que ele passou uma barreira ética inaceitável.

Depois de ter recebido milhões de euros de fundos públicos chineses para investigação, o jovem cientista parece ter-se tornado persona non grata, estando a ser investigado pela Universidade onde trabalha e pelo Ministério da Ciência e da Tecnologia da China.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Pessoa genial, infelizmente alguém capaz de causar prejuízos à indústria farmacêutica. Não é a primeira vez na história que isso acontece. Outro gênio que propôs uma solução fantástica para destruir todas as espécies de vírus foi duramente difamado e perseguido pela imprensa financiada pela indústria farmacêutica. Vejam a história do Dr. Raymond Rife.

  2. Cara imagina só os filhos dessas gemeas, eles podem ser mutantes, eles podem ter telapatia, ou um raciocínio totalmente diferente sobre a raça humana normal, pode-se cria uma nova raça uma com seres super desenvolvidos, isso implicaria em uma serie de fatores extremamente importantes, como doenças, metabolismo, qi, anomalismo ….

  3. Estamos “condenados” a sofrer saltos evolutivos, quer queiramos quer não: o primeiro transplante do coração, era a sede da alma, até a igreja católica andou a dar bitaistes, a clonagem da ovelha Dolly, a procriação assistida, tudo isso e muito mais que se passa nos laboratórios de investigação especulativa onde não há barreiras, até que os grupos financiadores entendam dar a conhecer muito subrepticiamente o que lhes interessa para daí patentearam, venderem com a ganância do costume, até à exaustão. Têm medo que sejamos ultrapassados porque poderá aparecer um bebê que resolva uma equação do quinto grau mais depressa que qualquer doutorado todo cheio de brambram? Leiam o livro de Arthur Clarke, edição francesa, 2001 Odisseia no Espaço e deliciem-se com o final, quando é disparado da Terra um míssil em direção à cápsula onde estava uma criança transcendida que imediatamente detecta, monitoriza e faz explodir o míssil…

RESPONDER

Há outro jogador português na rota do Manchester City

O português João Cancelo, que joga como lateral-direito na Juventus, pode estar prestes a deixar o emblema italiano para rumar ao Manchester City. De acordo com o desportivo Record, que avança a notícia esta quarta-feira, …

Europeus, incluindo portugueses, impedidos de votar no Reino Unido

Cidadãos europeus, entre os quais portugueses, foram esta quinta-feira confrontados com a impossibilidade de votar nas europeias no Reino Unido. Nuno Dinis contou à agência Lusa que, quando tentou votar em Stockton-on-Tees, localidade no norte de …

Em seis meses, 21 mil norte-americanas pediram comprimidos online para abortar

Entre outubro de 2018 e março deste ano, 21 mil mulheres norte-americanas pediram ajuda à Aid Access, sendo que entre um terço e metade dessas mulheres receberam as pílulas abortivas no correio. Em 2004, a médica …

Manuel Godinho julgado em novo processo de fraude fiscal

O sucateiro Manuel Godinho, principal arguido no processo Face Oculta, vai ser julgado no Tribunal de Aveiro num novo processo de fraude fiscal, que terá lesado o Estado em cerca de 330 mil euros. Além de …

Camorra, droga e a queda meteórica: Eis o novo documentário do mítico Maradona

O documentário "Diego Maradona", produzido pelo cineasta britânico Asif Kapadia, estreou-se esta semana no Festival de Cinema de Cannes, e promete trazer "imagens inéditas" sobre a vida atribulada do antigo futebolista argentino. Kapadia, que produziu já …

Mais de 90% dos portugueses reformam-se sem saber quanto vão receber

Nove em cada dez pensionistas não conhecia o valor que iria receber até seis meses antes da data da reforma. Cerca de 30% dizem que gostariam de se ter reformado mais tarde. A maioria dos portugueses …

PS quer aprovar já diploma do direito a desligar do trabalho (PSD está reticente)

O PS quer aprovar até 19 de julho uma proposta que defina quando é que os trabalhadores têm ou não direito a desligar do trabalho. PSD não revela, para já, o seu sentido de voto. Segundo …

Menino ou menina? Hong Kong é o centro do tráfico de teste proibido na China

Na China, o teste para saber o género dos bebés é proibido, lei criada para controlar o nascimento de crianças do sexo masculino. Contudo, nas redes sociais, tem aumentado o número de individuos que se …

Estivadores do Porto de Setúbal aprovam novo contrato coletivo de trabalho

Os estivadores do porto de Setúbal aprovaram esta quinta-feira, por unanimidade, o acordo do novo contrato coletivo de trabalho negociado entre o sindicato e as entidades patronais. Segundo o presidente do Sindicato dos Estivadores e Atividade …

Senado brasileiro aprova projeto que criminaliza a homofobia

O senado brasileiro aprovou um projeto que criminaliza a homofobia. Quem "impedir ou restringir a manifestação razoável de afetividade de qualquer pessoa em local público ou privado aberto ao público", excetuados os templos religiosos, poderá …