Beatas ganham nova vida como tijolos, papel e pranchas de surf

Estima-se que, a nível mundial, sejam deitadas para o chão 2,3 milhões de beatas por minuto. Para combater essa prática nociva ao ambiente, cada vez mais organizações nacionais e internacionais apostam em dar-lhes uma segunda vida.

O partido Pessoas-Animais-Natureza apresentou, no início de junho, um projeto-lei que prevê o fim das beatas nas ruas e que foi discutido, esta quarta-feira, no Parlamento. Os restantes partidos aprovam a proposta do PAN, mas sugerem alterações.

Por minuto, são deitadas para o chão sete mil beatas em Portugal, o que significa que, anualmente, cerca de 3,7 mil milhões de pontas de cigarro são descartadas de qualquer forma em território português.

Para combater esta prática nociva ao ambiente, o PAN quer apostar em ações de sensibilização numa primeira fase e, posteriormente, em sanções para quem não cumpra a lei. A disponibilização de cinzeiros à porta dos estabelecimentos, a limpeza diária do espaço circundante e o pagamento de uma “ecotaxa” para os produtores de tabaco são outros exemplos.

No entanto, como escreve o Diário de Notícias, existem cada vez mais organizações nacionais e internacionais que querem dar uma segunda vida às beatas, cujo tempo de decomposição ainda não está bem definido (entre um e cinco anos, ou até 20 anos, são algumas das estimativas já apresentadas).

Tijolos, papel e pranchas de surf

Nos últimos anos, várias pessoas e organizações têm vindo a desenvolver esforços para a recolha de beatas no nosso país e David Figueira é um desses casos, conta o jornal.

Através da rede Biatakí, o português de 30 anos disponibiliza ecocinzeiros de bolso, feitos a partir de rolhas de cortiça e cana de bambu, cinzeiros de exterior e, mais recentemente, kits de recolha de beatas, com potes de café reutilizados.

Agora, numa parceria com o Laboratório da Paisagem de Guimarães, David já arranjou solução para reciclar as mais de 250 mil beatas que tem armazenado desde 2016: fazer tijolos sustentáveis.

O E-tijolo está a ser desenvolvido por mais duas entidades – Centro de Valorização de Resíduos (CVR) e Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ) – e, depois de vários testes, apresenta-se como “um produto mais leve, com melhores propriedades de isolamento e que reduz em 60% o consumo de energia necessária para a sua produção”.

Segundo o DN, também já existem lá fora projetos que dão uma nova vida às pontas de cigarro. Um desses casos é a brasileira Rede Papel Bituca, que faz a recolha seletiva de beatas e transforma-as em papel, que é depois utilizado para fazer artigos ecológicos.

Nos Estados Unidos, a empresa Terracycle também recolhe beatas e embalagens que,  depois de separadas de acordo com a sua composição, são derretidas para ser transformadas em plástico duro, que pode ser usado para fazer produtos industriais como paletes. Também Taylor Lane, surfista da Califórnia, construiu uma prancha de surf, com cerca de oito quilos, com dez mil beatas que recolheu nas ruas da sua cidade.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …

Francisco Rodrigues dos Santos é o novo líder do CDS

A moção de estratégia de Francisco Rodrigues dos Santos, sob o título "Voltar a Acreditar", foi a mais votada na madrugada domingo no 28.º congresso do CDS, em Aveiro, avançaram à agência Lusa fontes partidárias. A …

Cientistas descobrem proteína capaz de imitar os efeitos do exercício físico

A proteína, chamada de Sestrin, é capaz de proporcionar benefícios musculares muito semelhantes aos da prática de exercício físico. Um grupo de cientistas da Universidade de Medicina do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu uma proteína …

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …