Batata frita pode ser mais saudável do que a cozida

Fritar vegetais como a batata pode afinal, ser mais saudável do que se pensava. Um novo estudo apurou que os vegetais fritos em azeite virgem extra mantêm mais propriedades nutricionais benéficas do que quando são cozidos.

Esta investigação realizada na Universidade de Granada (UGR), em Espanha, partiu dos conceitos que temos sobre a dieta mediterrânica que tem os vegetais e o azeite como elementos imprescindíveis.

Tanto vegetais como azeite são ricos em antioxidantes que têm um importante papel no combate a doenças cardiovasculares e ao cancro. Entre esses antioxidantes estão os compostos fenólicos que têm ainda propriedades anti-inflamatórias e anti-coagulantes, ajudando a combater o envelhecimento celular (os chamados radicais livres).

A pesquisa da UGR visou testar a ideia de que, em função da forma como se cozinham os vegetais, as suas propriedades antioxidantes podem ser destruídas ou mantidas.

Assim, os investigadores centraram-se na batata, na abóbora, na beringela e no tomate, vegetais que definem como “representativos da dieta mediterrânica”, conforme se lê no comunicado da UGR sobre o estudo.

Estes vegetais foram então preparados de forma diferente. Uns foram fritos em azeite virgem extra, outros cozidos em água e outros cozidos numa mistura de água e azeite virgem extra.

Os resultados obtidos “mostram que a qualidade geral destes vegetais é substancialmente melhorada quando são fritos em azeite virgem extra“, refere a UGR, notando que os vegetais fritos deste modo “têm mais propriedades benéficas do que os seus homólogos cozidos”.

“Fritar vegetais em azeite virgem extra produz níveis maiores de fenóis naturais, antioxidantes que têm sido associados à prevenção de doenças crónicas como o cancro, a diabetes e a degeneração macular” que causa a cegueira, referem os autores da pesquisa publicada no jornal científico Food Chemistry.

Segundo a investigadora Cristina Samaniego Sánchez, uma das autoras do estudo, “como meio de transferência de calor, o azeite extra virgem aumenta a quantidade de fenóis nos vegetais, em contraste com outros métodos como cozer que usam um meio de transferência de calor à base de água”.

Por seu turno, “cozer não afecta significativamente os níveis de concentração” dos fenóis nos vegetais, nota a investigadora.

Cristina Samaniego Sánchez alerta todavia, que fritar os vegetais também “aumenta a densidade de calorias da comida, por causa da quantidade de azeite absorvida”.

Esta nova pesquisa vem sublinhar ainda mais as propriedades benéficas do azeite, mas também muda algumas das ideias que tínhamos como seguras – e constitui “um novo avanço” nos campos da nutrição e da ciência alimentar, realça a UGR.

SV, ZAP //

PARTILHAR

23 COMENTÁRIOS

      • Têm a certeza que a referência está correcta? É que este artigo ficou disponibilizado online pela primeira vez a 28 de Abril de 2015, ou seja, já lá vão mais de um ano e nove meses… Por outro lado o comunicado, “só” existe desde 29 de Junho do mesmo ano…
        Porquê fazer uma notícia de algo do qual – entretanto – já muito mais foi publicado?

        • Caro Filipe,
          As referências estão correctas.
          No ZAP fazemos uma distinção entre o que é “hot news” e o que é uma notícia “intemporal”.
          Por exemplo, o que um político diz hoje é notícia hoje. Mas o que um cientista diz hoje pode ser notícia hoje e manter-se actual daqui a um mês ou três.
          Portanto, no ZAP não temos nenhum problema em publicar uma notícia de um estudo científico que tenha sido divulgado no dia, há dois ou três, na semana anterior ou um par de anos antes – desde que nunca tenhamos dado a notícia, que achemos que uma parte significativa dos nossos leitores não tenha conhecimento dela (ao que parece, é este o caso desta notícia), que a sua divulgação seja útil, e que não tenhamos conhecimento de alguma coisa que contradiga a notícia que damos.
          Essa é a razão, aliás, pela qual todos os nossos artigos de ciência têm não apenas o link para eventuais fontes, mas para o próprio artigo científico tal como publicado, na data em que o foi, pela publicação científica que o fez.
          E se uma publicação científica de referência publica um artigo, depois de um processo de revisão por pares, não compete ao ZAP avaliar a sua validade.
          Limitamo-nos a publicar as notícias que achamos pertinentes, sejam elas quais forem, e deixamos aos nossos leitores mais informados a liberdade de comentar e criticar o artigo – e a notícia, se for caso disso.

  1. Em primeiro lugar, a batata é um tubérculo, segundo o azeite virgem extra custa cerca de cinco euros litro o que torna esta teoria um pouco difícil de pôr em prática para a esmagadora maioria da população.

  2. Sempre tive a ideia que o azeite virgem extra só se devia comer cru e nunca cozinhar com ele, porque é demasiado sensível às altas temperaturas ,degenera-se e oxida muito facilmente, o que faz muito mal à saúde.

  3. Engraçado esta noticia quando ainda há bem pouco tempo saiu outra noticia a alertar para o perigo da acrilamida (substancia que se encontra nas batatas fritas ou pão torrado) poder ser cancerígena.

RESPONDER

Jovens bolivianos forçaram picada de viúva-negra. Queriam ser como o Homem-Aranha

Três irmãos bolivianos de 8, 10 e 12 anos acabaram hospitalizados depois de fazerem com que uma viúva negra os picasse para que ficassem com super-poderes como o Homem Aranha. "Pensando que a [picada] lhes …

Bloco exige retirada de norma "insultuosa" no apoio a recibos verdes

O Bloco de Esquerda (BE) exigiu este domingo ao Governo que retire do formulário de apoio para os trabalhadores independentes uma norma "insultuosa" que lhes exige o compromisso de retomarem a atividade no prazo de …

Espetada de porco 2.0. Novameat propõe carne impressa em 3D para o jantar

A Novameat, uma empresa espanhola de tecnologia alimentar, apresentou um novo produto: carne de porco à base de plantas impressa em 3D, a que batizaram de espetada de porco 2.0. A Novameat quer apoiar um sistema …

Uber acusada de exploração de trabalhadores em Itália

Um tribunal de Milão ordenou a nomeação de um administrador judicial para a Uber Itália durante um ano, após ter determinado que o serviço de entrega de refeições da empresa explorava os trabalhadores. De acordo com …

Pinto de Costa: "Se Rui Moreira tivesse avançado, não me candidatava"

Pinto da Costa revelou que não teria avançado para a recandidatura à presidência do FC Porto se o presidente da Câmara do Porto tivesse entrado na corrida. "Se o Rui Moreira se tivesse candidatado, embora …

"Ficamos chocados." Cientistas redescobrem abelha azul que pensavam estar extinta

Um tipo de abelha azul reapareceu recentemente na Florida, nos Estados Unidos, depois de ter sido vista pela última vez em 2016. Além de azul, a espécie é nova e extremamente rara. Os cientistas estavam convencidos …

Missão da Space X acoplou com sucesso. Astronautas da NASA já chegaram à EEI

A cápsula Dragon que transporta os astronautas da agência espacial norte-americana (NASA) já acoplou à Estação Espacial Internacional, após terem partido no primeiro voo privado rumo ao espaço, neste sábado. Foi às 15:17 (hora de Lisboa) …

Venezuela vai aliviar quarentena com método próprio

Nicolás Maduro anunciou que, a partir de segunda-feira, a Venezuela vai aplicar um modelo próprio de quarentena preventiva da covid-19, que combina cinco dias de flexibilização disciplinada com dez de confinamento obrigatório. “É o modelo cinco …

Uma escultura gigante de uma ave está a espalhar gargalhadas numa cidade da Austrália

Um escultor australiano aproveitou o tempo de quarentena devido à pandemia de covid-19 para construir uma kookaburra eletrónica com quase quatro metros de altura, que até faz os mesmos movimentos e barulhos que o famoso …

Termina o prazo para limpar terrenos. Fiscalização arranca segunda-feira

O prazo para a limpeza de terrenos florestais termina este domingo, após prorrogação, por duas vezes, devido à pandemia da covid-19. Em caso de incumprimento, os proprietários ficam sujeitos a contraordenações, com coimas entre 280 e …