Líder da banda com fãs fictícios e sem público explica como enganou toda a gente

O líder da banda Threatin que se tornou famosa por ter fãs fictícios e após uma digressão sem público, explica que tudo não passou de uma “manobra de publicidade” para conseguir atenção sobre a sua música e salvar o rock.

Jered Eames, de 29 anos, tornou-se famoso depois de se ter descoberto que a banda que criou, os Threatin, era, na verdade, uma grande farsa.

Em entrevista à revista Rolling Stone, Eames explica como criou vários sites fictícios sobre a banda, bem como empresas de relações públicas e editoras forjadas, para dar credibilidade aos Threatin.

Também inflacionou o número de seguidores da banda nas redes sociais e inventou um agente que negociou com vários clubes de rock pela Europa marcações para uma pretensa digressão mundial.

Esta digressão terminou ao cabo de apenas uma semana e após seis concertos, dada a falta de público.

“Transformei uma sala vazia em títulos internacionais. Se estás a ler isto, fazes parte da ilusão”, escreveu nas redes sociais, depois de a insólita farsa ter sido noticiada.

Agora admite que tudo não passou de “manobra de publicidade”. “De nenhuma forma eu ia ter atenção suficiente sendo um artista rock em 2018, a não ser que fizesse alguma coisa para chamar a atenção das pessoas”, salienta Eames na Rolling Stone, garantindo que a sua “música é muito real”.

“História feliz dura um dia, tragédia dura a vida inteira”

Natural do Missouri, nos EUA, Eames toca guitarra desde os 10 anos de idade e tem, como alega, um problema de saúde grave, devido a uma insuficiência cardíaca que o pode levar a sangrar internamente até morrer.

Antes dos Threatin, teve uma banda com o irmão, com quem não fala há uns seis anos, e com a qual tentou uma carreira musical em Los Angeles, seguindo os passos tradicionais, com muitos concertos e muitos bateres de porta em editoras sem sucesso.

Desfeita a parceria com o irmão, gravou 70 canções, tocando todos os instrumentos, e conseguiu contratar o engenheiro de som Greg Calbi que trabalhou com figuras como John Lennon e Bruce Springsteen, entre outros.

Também contratou três músicos para compor a sua banda e começaram a tocar juntos regularmente, antes de marcarem os concertos.

Ele explica na Rolling Stone que criou na sua cabeça uma persona à imagem de “vilões” do rock que admira como Alice Cooper, Ozzy Osbourne e Marilyn Manson. “Se és o herói, vais ter um quarto da atenção do tipo mau“, nota. “Uma história feliz dura um dia, mas uma tragédia dura a vida inteira”, acrescenta.

Sublinhando que está disposto a fazer tudo para “trazer o rock de volta à luz da ribalta”, Eames relata que se fabricou como uma estrela, inspirando-se no comediante Andy Kaufman que costuma misturar ficção e realidade nas suas paródias.

“O facto de as pessoas olharem para estes números [de seguidores nas redes sociais] que podem ser tão facilmente ficcionados e darem-lhes algum tipo de mérito, demonstra uma falha enorme na indústria musical“, diz também.

A farsa deste anti-herói do rock já lhe garantiu fama mundial e pode ser o trampolim de lançamento para a carreira musical que tanto ansiava. Alguns dos clubes onde esteve sem público estão dispostos a dar-lhe uma segunda oportunidade na certeza de que, desta vez, vão esgotar a sala.

SV, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Isto diz muito da credibilidade e da neutralidade da Internet… Apesar de tudo, o maior feito é justamente o de ter mostrado o quão virtual é o virtual…

  2. E o teu atesta bem a mediocridade vigente! Extrapolando do teu comentário o teu conceito de liberdade de expressão/opinião, facilmente se obtém um perfil psicólogico. E ficamos conversados… Boas Festas!!

RESPONDER

"Grande erro" da Europa é não usar máscaras, considera especialista chinês

George Gao, diretor dos Centros de Controlo e Proteção de Doenças da China (CDC), considera que o "grande erro" da Europa no combate à pandemia de covid-19 é o facto de as pessoas não usarem …

Obama critica de Trump. "Cada um de nós deve exigir mais dos nossos líderes"

O ex-Presidente norte-americano, Barack Obama, considerou esta terça-feira que o seu sucessor, Donald Trump, ignorou os avisos sobre os riscos de uma pandemia do novo coronavírus, e recordou o mesmo comportamento quanto às alterações climáticas, …

Covid-19. Hotel cinco estrelas na Austrália vai acolher sem-abrigo

A Austrália vai levar a cabo um projeto piloto que visa retirar das ruas alguns sem-abrigo e transferi-los para hotéis de luxo, protegendo-os assim do novo coronavírus oriundo da China (Covid-19).  O projeto, Hotels With Heart, …

Red Bull equacionou infeção voluntária dos seus pilotos

Um responsável da Red Bull admitiu que propôs aos pilotos da marca austríaca, que participa no Mundial de Fórmula 1, uma estratégia de infeção voluntária de covid-19, visando ficarem imunes no início da temporada. Helmut Marko …

TAP avança com lay-off para 90% dos trabalhadores (e reduz atividade para cinco voos semanais)

Numa mensagem enviada aos seus funcionários, a TAP revelou que vai mesmo avançar com um processo de 'lay-off' para 90% dos trabalhadores e com a redução do período normal de trabalho em 20% para os …

Estado vai devolver 3 mil milhões em reembolsos do IRS

O Estado vai devolver 3 mil milhões de euros aos contribuintes em reembolsos do IRS, cuja entrega arranca esta quarta-feira e se estende até 30 de junho. A informação foi avançada pelo ministro de Estado, …

Há quatro infetados no sistema prisional. Estão todos em isolamento domiciliário

O Ministério da Justiça revelou esta terça-feira que aumentou para quatro o número de infetados com covid-19 no sistema prisional e que estão todos em isolamento domiciliário segundo indicação da saúde pública. Em comunicado, o Ministério …

Sousa Cintra diz que Rafael Leão "não ficou no Sporting porque foi apertado"

Sousa Cintra, ex-líder da SAD do Sporting no tempo da Comissão de Gestão, lamenta a rescisão do jogador Rafael Leão, considerando que "ele não continuou porque foi apertado". O jovem jogador foi, recentemente, condenado a …

Portugal tem há cinco dias os mesmos 43 recuperados. DGS e especialistas explicam porquê

Portugal regista, desde o passado dia 27 de abril, os mesmos 43 recuperados da Covid-19, segundo os boletins epidemiológicos diários da Direção-Geral da Saúde. Questionado pela agência Lusa sobre a estagnação no número de altas hospitalares …

Morreu o coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril

A Câmara Municipal de Estremoz, no distrito de Évora, prestou esta terça-feira homenagem ao coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril de 1974, que morreu no passado dia 23 de março aos 86 …