Apesar das recomendações, bancos dão mais um milhão por dia no crédito à habitação

Apesar das recomendações, a Banca concedeu, nos primeiros seis meses deste ano, 27,2 milhões por dia para a compra de casa, contra 26,3 milhões na primeira metade de 2018.

Nos primeiros seis meses do ano, os bancos emprestaram 4,9 mil milhões de euros para compra de casa, o valor mais elevado desde a primeira metade de 2010 – são 27,2 milhões de euros por dia concedidos às famílias para aquisição de habitação, 867 mil euros por dia (quase um milhão) mais do que no mesmo período do ano passado, quando o Banco de Portugal (BdP) introduziu uma série de limitações à concessão de crédito.

O crédito à habitação não pára de crescer, embora o ritmo tenha abrandado consideravelmente no último ano e meio. De acordo com os dados divulgados na terça-feira pelo BdP, os empréstimos concedidos pelos bancos para a compra de casa totalizaram, em junho, 849 milhões de euros, uma quebra de 8,4% face aos 927 milhões de euros registados em maio. Face a junho do ano passado, a descida é ainda mais expressiva, ultrapassando 14%.

Apesar das variações mensais, nos primeiros seis meses, o montante do crédito à habitação somou 4931 milhões de euros, um aumento de 3% face à primeira metade de 2018. Este crescimento acontece passado um ano da entrada em vigor dos novos limites à concessão de crédito introduzidos pelo BsP.

O “travão” começou a ser aplicado em julho de 2018, com um instrumento de três tipos de limites conjugados entre si, recordo o Jornal de Notícias. Em maio, o supervisor fez o primeiro balanço da medida e concluiu que os limites impostos aos bancos estão a funcionar como previsto.

O crédito ao consumo abrandou no primeiro semestre do ano, com uma quebra de 3% face a igual período de 2018. Até junho, foram concedidos 2,2 mil milhões de euros, quando há um ano o montante ultrapassava os 2,3 mil milhões, depois de se ter registado um crescimento expressivo (18%) entre a primeira metade de 2017 e o período homólogo de 2018.

A quebra foi em termos semestrais, mas o mesmo aconteceu de maio para junho, tendo sido concedidos menos 45 milhões de euros de financiamento para o crédito ao consumo de um mês para o outro.

Já no crédito para outros fins registou-se um aumento nos primeiros seis meses do ano. Entre janeiro e junho, a Banca emprestou 981 milhões de euros às famílias para esta finalidade, acima dos 906 do primeiro semestre de 2018.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Claro que a banca empresta mesmo contra as recomendações do BdP, se a coisa der para o torto, o (des)governo vai logo a correr injectar os milhões necessários dos contribuintes, por isso não há nenhum problema

RESPONDER

"Comigo, não acontecerá." Ferro Rodrigues decide que castração química não será debatida no Parlamento

Admitindo que as responsabilidades pela decisão de não admissibilidade do projeto de lei do Chega eram suas, Ferro Rodrigues deixou claro que, consigo na presidência da Assembleia da República, projetos de lei (provavelmente) inconstitucionais como …

Eleições para o Tribunal Constitucional suspensas. Boletins de voto estavam ilegais

A votação dos nomes para ocuparem as duas vagas no Tribunal Constitucional foi suspensa porque os boletins de votos que foram entregues aos deputados não estavam conforme manda a lei. De acordo com o jornal ECO, …

Chega é a 5.ª força política, CDS tomba e já só está à frente do Livre

O PS mantém a distância para o PSD em fevereiro, segundo o Barómetro Político da Aximage para o Jornal Económico, que dá ainda conta que o CDS está em queda, posicionando-se apenas à frente do …

Eliminação da Liga Europa dita fim de linha para Silas

O desportivo Record escreve esta sexta-feira que a eliminação do Sporting da Liga Europa ditou o fim de linha para Silas no comando dos leões. De acordo com a publicação, os dirigentes leoninos ficaram desagradados …

Covid-19. Voos cancelados, máscaras à venda por mil euros e turismo "à beira do colapso" em Itália

Voos cancelados, máscaras à venda online por mil euros e turismo "à beira do colapso" em Itália. Estas são algumas das mais recentes consequências do coronavírus, a epidemia oriunda da China que já matou pelo …

"Só por cima do meu veto." Autarcas bloqueiam Montijo, Costa avisa que não há plano B

Rui Garcia e Joaquim Santos, autarcas da Moita e do Seixal, são os principais rostos do bloqueio do aeroporto do Montijo. António Costa está "perplexo" com a decisão do PSD e alerta que começar do …

Excedente do Estado encolhe para 1.287 milhões de euros em janeiro

Os dados foram revelados, esta quinta-feira, pelo Ministério das Finanças e representam "menos 238,5 milhões de euros face ao período homólogo". As administrações públicas registaram um excedente de 1.287,5 milhões de euros em janeiro valor que …

Há 74 mil anos, a Humanidade sobreviveu à super erupção que provocou um “inverno vulcânico”

Há 74 mil anos, uma super-erupção vulcânica provocou um “inverno vulcânico” que durou uma década, resultando num evento de arrefecimento de milénios em todo o planeta que destruiu espécies de humanos e mamíferos primitivos. Pelo …

Houve "zero negociação" com o PSD. Nomes de Vitalino Canas e Correia Campos estão por um fio

Os nomes de representantes da Assembleia da República para órgãos externos são propostos pela maior força política - o PS -, mas só são aprovados se houver um amplo consenso entre o PS e o …

Contas do PSD congeladas por não ter pago a serralheiro em campanha de 2017

As contas do Partido Social Democrata (PSD) estão congeladas por falta de pagamento de serviços a um serralheiro que prestou serviços ao partido numa campanha eleitoral de 2017, avança o Jornal de Notícias. Em causa está, …