Os balões da DARPA poderão pairar na borda do espaço para sempre

(dr) Project Loon

Um sensor que deteta a direção do vento a quilómetros de distância permitirá que os balões de vigilância da DARPA pairem no limite do espaço indefinidamente.

Como o próprio nome indica, balões estratosféricos são balões que ficam na estratosfera, a camada da atmosfera da Terra que começa a aproximadamente 60.000 pés acima de sua superfície.

A NASA começou a utilizar estes balões na década de 1950. No entanto, o problema dos balões estratosféricos, que nem a NASA conseguiu resolver, é que esta estrutura não se mantém no mesmo lugar durante muitos dias. Os ventos da estratosfera espalham estes balões de uma forma que os cientistas ainda não conseguem prever.

Com parte do seu progama Adaptable Lighter-Than-Air (ALTA), a DARPA – a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos Estados Unidos – está a testar um sensor, chamado Strat-OAWL, que usa lasers para deduzir a velocidade e direção da rajada de vento que leva para longe um balão estratosférico.

Segundo o Futurism, esta dedução é feita através do brilho dos pulsos de laser em duas direções. Isto é, parte da luz do laser reflete-se no ar, retornando à unidade do sensor, que analisa o seu comprimento de onda. As alterações no comprimento de onda permitem que o Strat-OAWL determine a velocidade do ar que reflete a luz, bem como a direção na qual se move.

Assim, o balão estratosférico pode ajustar a sua altitude de modo a se encontrar com o vento favorável, ou seja, o vento que estiver a soprar na mesma direção para onde o balão se quer mover, garantindo assim que este balão estratosférico permanece numa área indefinidamente.

É muito difícil prever de que forma os militares norte-americanos podem usar um balão estratosférico que nunca se move.

Alex Walan, responsável pelo ALTA, disse ao MIT Technology Review que não poderia revelar detalhes do papel militar da tecnologia, mas adiantou que os militares expressaram vontade de utilizar estes balões em operações de vigilância.

Em 2017, o almirante da Marinha dos Estados Unidos, Kurt Tidd, observou durante um simpósio de inteligência geoespacial que os militares acreditavam que os balões estratosféricos poderiam ter algumas “aplicações interessantes” se fossem capazes de permanecer no ar durante 180 dias ou mais.

“Achamos que os balões estratosféricos podem ter o potencial de ser uma grande plataforma de vigilância de longa duração”, disse Tidd. Se o sensor da DARPA funcionar, esta plataforma de vigilância pode estar à espreita na borda do espaço em breve.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …