Bacalhau do Mar do Norte está em risco (e pode deixar de chegar às mesas portuguesas)

O bacalhau do Mar do Norte está a desaparecer e poderá mesmo deixar de chegar aos pratos dos portugueses. O alarme chegou com um relatório publicado em julho pelo Conselho Internacional para a Exploração do Mar (ICES).

O relatório revelou que os stocks de bacalhau do Mar do Norte caíram para níveis considerados críticos. O documento refere que a espécie está a ser pescada de forma insustentável e recomendou um corte de 63% nas capturas. No ano passado, a redução já foi de 47%.

O relatório do ICES está atualmente a ser validado por auditores independentes e no final de setembro os pescadores saberão se poderão manter os seus certificados de sustentabilidade do Marine Stewardship Council (MSC) ou se estes ficam suspensos. A decisão pode acabar com o bacalhau do Mar do Norte nas ementas, principalmente nas britânicas, de acordo com o jornal britânico The Guardian.

No início do ano, um novo estudo científico publicado pelo Programa de Monitorização e Avaliação do Ártico alertava para o facto de o stock de bacalhau proveniente do mar de Barents, no norte da Noruega poder cair até zero antes do final do século. Este bacalhau é o mais consumido pelos portugueses, que consomem o equivalente a 20% de todo o bacalhau capturado a nível mundial.

A maior parte do bacalhau é pescada no mar de Barents, no Ártico. Mas o oceano do qual faz parte o mar de Barents é não só aquele que está exposto a níveis mais rápidos de aquecimento, como também o que regista o maior nível de acidificação do mundo – uma vez que a água fria absorve mais dióxido de carbono, alterando o seu nível de pH.

O aumento da temperatura do mar terá sido de 3,5 ºC, comparativamente com uma média global de 1,1 ºC nos outros oceanos. Segundo o estudo, o aquecimento do “mar de Barents foi benéfico para o bacalhau, e responsável pelo facto de as apanhas terem voltado a níveis não vistos desde 1970, quando eram apanhadas 900 mil toneladas por ano. Qualquer aquecimento mais terá efeitos negativos, no entanto.”

As populações de bacalhau do Mar do Norte eram abundantes mas começaram a entrar em declínio até ficarem perto do colapso entre o início dos anos 1970 e 2006. Houve um “plano de recuperação do bacalhau” para repor o número de peixes até níveis sustentáveis e que passou por limitar os dias de pesca, proibir a captura da espécie em viveiros naturais ou em colocar buracos maiores nas redes para permitir que o bacalhau mais jovem pudesse escapar.

O stock de bacalhau quadruplicou entre 2006 e 2017, de acordo com o Diário de Notícias. Mas o ano passado a recomendação do ICES foi já para reduzir a captura em quase metade (47%). A avaliação deste ano propõe uma redução mais radical: de dois terços.

Para as organizações ambientais o bacalhau tem sido pescado acima do seu rendimento máximo sustentável nos últimos anos, o que significa que os peixes são retirados do mar antes que se possam reproduzir.

A política comum de pesca da União Europeia foi considerada um exemplo de pesca sustentável, mas especialistas marinhos sublinham que os peixes não respeitam as fronteiras nacionais e, portanto, a indústria precisa de uma gestão internacional coordenada.

Este é o estudo mais completo alguma vez feito sobre o impacto das alterações climáticas nesta espécie. Em novembro do ano passado, um outro estudo alertava para a redução drástica de bacalhau caso a temperatura global aumente.

O mar do Norte é parte do oceano Atlântico e está situado a sul do mar da Noruega, entre a Noruega e as ilhas Britânicas, ligando o canal Skagerrak ao canal da Mancha. Os limites geográficos do mar do Norte encontram-se no Reino Unido e nas ilhas Órcades, a oeste, na França, Bélgica, Holanda e Alemanha, a sul, na Noruega e Dinamarca, a leste, e nas ilhas Shetland, a norte.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Bacalhau do Mar do Norte está em risco (e pode deixar de chegar às mesas portuguesas)

    Só se for à mesa dos portugueses endinheirados, porque à mesa dos pobres, já deixou de aparecer há muito…

RESPONDER

Encontradas três "estrelas fracassadas" ultrarrápidas. Estão prestes a autodestruir-se

Uma equipa de cientistas identificou as três anãs castanhas de rotação mais rápida já encontradas. Estas estrelas, conhecidas como "estrelas fracassadas" estão a girar tão depressa que podem estar prestes a desfazer-se. Usando dados no Spitzer …

“É como ser queimado com ácido quente“. Planta venenosa australiana causa dores que podem durar anos

Os "cabelos" da planta gympie-gympie causam uma picada tão tóxica que a dor pode durar anos. Esta pode ser encontrada nas florestas australianas. A gympie-gympie, ou dendrocnide moroides, é um tipo de arbusto que recebe o …

Sporting 1-1 Famalicão | Leão volta a tremer e vê Porto a 6

Segundo empate consecutivo do Sporting na Liga NOS, e pelo mesmo resultado, 1-1. Na recepção ao Famalicão, o líder do campeonato começou bem, marcou, mas sofreu um golo de imediato e nunca mais se encontrou …

Arqueólogos descobrem túnel medieval na Polónia. Tinha restos mortais de 18 carmelitas

Uma equipa de arqueólogos descobriu um cemitério medieval onde estava sediado um mosteiro do século XIV. No local foi ainda encontrado um túnel com dezoito esqueletos de padres carmelitas. A descoberta ocorreu em Jaslo - uma …

Militantes apoiados pelo Al-Qaeda defendem uso de mel contra a covid-19

O Al-Shabaab, um grupo rebelde islâmico apoiado pela Al-Qaeda, apela ao boicote à vacina da AstraZeneca contra a covid-19. A alternativa é "cominho preto e mel". A vacina da AstraZeneca não está apenas a levantar preocupações …

Em menos de um ano, a polícia foi chamada a intervir pelo menos nove vezes na mansão dos Sussex

A vida nos Estados Unidos não tem sido fácil para os duques de Sussex. No último ano, a polícia da Califórnia foi chamada pelo menos nove menos à mansão onde o casal habita desde que …

Rivalidade entre China e Índia é obstáculo à maior aproximação entre os BRICS, diz especialista

Apesar de os BRICS representarem "o tipo de relações entre países que queremos no século XXI", a rivalidade entre a Índia e a China ainda é um obstáculo a uma maior integração, dizem os especialistas. Na …

Variante sul-africana pode resistir à Pfizer. China pondera misturar vacinas

A variante do coronavírus descoberta na África do Sul pode "romper" a vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech até certo ponto, concluiu um estudo em Israel, embora a sua prevalência no país seja baixa e …

Rússia garante que não haverá guerra com Ucrânia. EUA desconfiam e prometem consequências

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, descartou este domingo a possibilidade de uma guerra com a Ucrânia, depois de Kiev ter manifestado preocupação com o reforço de tropas russas nas suas fronteiras. “Ninguém está a embarcar …

Inspetores do SEF rejeitam extinção sem aval do Parlamento (e dizem estar em causa o Espaço Schengen)

O sindicato dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) rejeitou este domingo a extinção daquele organismo sem a aprovação formal da Assembleia da República e considerou que está em causa a permanência de …