O “Baby Trump” está de volta ao Reino Unido (e desta vez é ainda maior)

Andy Rain / EPA

Baby Trump em Londres durante protesto contra Donald Trump

Em julho do ano passado, o Baby Trump decorou os céus do Reino Unido. Agora, pode voltar a exibir a sua fralda no ar a propósito da visita de Estado de Donald Trump, dizem os ativistas. 

O balão Baby Trump tornou-se o centro das atenções nos protestos contra a visita do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao Reino Unido, em julho do ano passado. Agora, o bebé gigante, de fraldas e zangado, pode voltar a exibir-se nos céus, a propósito da visita de Estado de Trump agendada para junho. Mas desta vez, o Baby Trump surgirá numa versão maior.

Segundo o The Guardian, o balão pode mesmo ser cinco vezes maior do que o anterior. “Por onde quer que voe, o balão passará perto de Buckingham Palace e Donald Trump será obrigado a ver-se a si próprio, ali, no céu”, disse Asad Rehman, diretor executivo da War on Want e membro da Coligação Stop Trump.

“Achamos importante enviar uma mensagem forte a Donald Trump, não apenas para o rejeitar como indivíduo, mas também as suas políticas“, continuou o responsável.

Leo Murray, que ajudou a financiar o balão insuflável original (que contava com uns impressionantes seis metros de altura), referiu que o Baby Trump “definitivamente voltará a voar”, acrescentando que “estamos a brincar com a ideia de um balão de ar quente que teria cerca de cinco vezes o tamanho do original. Mas iria custar uma quantia enorme de dinheiro, mais de 70 mil libras”.

No entanto, os manifestantes ainda não obtiveram autorização para usar o insuflável e temem que as autoridades bloqueiem o pedido para o uso de um balão ainda maior.

A visita de Donald Trump ao Reino Unido, em 2018, mobilizou um grande número de manifestantes, “mas um ano depois Trump fez mais para acabar com os direitos humanos, recuou nas normas internacionais, continuou a sua negação climática e alimentou o nacionalismo branco”, referiu Rehman, afirmando que podem vir a haver mais de 250 mil manifestantes em junho deste ano.

Sadiq Khan, presidente da câmara municipal de Londres, autorizou o uso do balão nos protestos do ano passado e um porta-voz do presidente já fez saber que o lançamento do balão nas ruas londrinas será novamente autorizado.

“Qualquer pedido de autorização para fazer voar o balão numa área que a autoridade de Londres controla será avaliada com os mesmos critérios seguidos no ano passado pela polícia e pela Autoridade Civil Aérea”, afirmou.

Este ano, o Presidente dos Estados Unidos e a sua esposa, Melania Trump, vão realizar uma visita de Estado ao Reino Unido de 3 a 5 de junho, a convite da Família Real britânica. Esta será a primeira visita de Estado de Trump ao país, após a tentativa anterior que em julho de 2018 acabou numa simples visita de trabalho perante os protestos dos britânicos.

LM, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …