Avós perdem poupanças a ajudar a criar os netos

Snapshooter46 / Flickr

-

A ajuda dos avós na criação dos netos pode comprometer as suas poupanças para a velhice, sobretudo numa altura em que as prestações sociais estão a ser reduzidas, alerta um estudo europeu divulgado esta terça-feira em Lisboa.

O estudo “A prestação de cuidados pelos avós na Europa“, financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, faz uma análise comparativa sobre as políticas familiares e a sua influência no papel dos avós, enquanto prestadores de cuidados infantis em vários países – Áustria, Bélgica, Dinamarca, França, Alemanha, Grécia, Itália, Holanda, Espanha, Suécia, Suíça, Portugal, Espanha Itália e Roménia.

Segundo o estudo, mais de 40% dos avós dos países europeus analisados prestam cuidados aos netos sem a presença dos pais, sendo os países do sul da Europa – Portugal, Espanha, Itália e Roménia – os que apresentam uma maior percentagem de avós a cuidarem dos netos diariamente.

“Em Portugal, Espanha, Itália e Roménia, onde as prestações sociais pagas aos pais e às mães que ficam em casa são limitadas e onde há pouca oferta de estruturas formais de acolhimento de crianças e poucas oportunidades das mães trabalharem a tempo parcial, os avós asseguram uma grande parte dos cuidados intensivos prestados aos seus netos”, sublinha.

A percentagem de avós que presta cuidados diariamente ou quase diariamente aos netos varia entre os 30%, na Roménia, os 22%, em Itália, os 14% em Portugal e os dois por cento, ou menos, nos países escandinavos e Holanda.

Os autores do estudo advertem que o papel vital dos avós, “mas invisível, na prestação de cuidados infantis, seja de forma intensiva, regular ou ocasional, pode colidir com as suas próprias capacidades de auto financiamento da velhice“, sobretudo quando “as prestações de viuvez, tanto ao nível dos regimes de pensões estatais como das entidades patronais, estão degradadas”.

“As avós mais jovens, em boa forma física, saudáveis e com netos mais pequenos as que apresentam maiores probabilidades de prestar cuidados aos seus netos são as mesmas mulheres que os Governos de toda a Europa pretendem incentivar a manter empregos remunerados durante mais tempo, de forma a aumentar a produtividade e a financiar as suas respectivas pensões, cuidados de saúde e assistência social numa fase posterior da vida”, salientam.

Em Portugal, devido às medidas de austeridade impostas pelo programa de assistência financeira, os pensionistas têm sofrido cortes nas suas pensões e muitos outros perderam o direito à prestação solidária atribuído pelo Estado (Complemento Solidário para Idosos).

Isto acontece numa altura em que o desemprego dos filhos os leva a assumir encargos financeiros da família.

O estudo adianta que, em toda a Europa, “as avós são mais pobres do que os avôs o que reflecte, em parte, o facto de as avós terem tendencialmente mais idade e de apresentarem maiores probabilidades de serem viúvas do que os avôs”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ricardo Salgado vai ser acusado de liderar organização criminosa dentro do BES

O Ministério Público (MP) prepara-se para acusar Ricardo Salgado de liderar uma associação criminosa enquanto esteve à frente do Grupo Espírito Santo (GES), avança o jornal Público este sábado. De acordo com o matutino, esta …

FC Pingzau: O clube que sonha com a Champions e que também pode ser seu por 500 euros

Deter parte de um clube com aspirações à Liga dos Campeões é possível e já pode fazê-lo por apenas 500 euros.O FC Pingzau é o clube austríaco detido por adeptos com o objetivo de chegar …

Uma pitada de poeira de rocha pode ajudar a evitar alterações climáticas catastróficas

O uso de poeira de rocha na agricultura traz não só vantagens para a colheita, mas também para o ambiente. Esta técnica permite uma remoção eficiente do dióxido de carbono. Espalhar poeira de rocha nos terrenos …

ANA avança com plano de "saídas voluntárias"

A ANA, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com "um plano de saídas voluntárias", no âmbito do redimensionamento das equipas. A ANA - Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com “um plano de …

Cientistas detetaram estranhos objetos astronómicos circulares (e não fazem ideia do que são)

Recorrendo a telescópios, uma equipa de astrofísicos detetou quatro estranhos objetos astronómicos. Foram encontrados nos comprimentos de onda de rádio e são circulares e mais brilhantes do que as suas bordas. Estes estranhos e inesperados …

Especialista alerta sobre possíveis vírus extraterrestres que podem chegar à Terra em futuras missões

O cientista e antigo colaborador da NASA Scott Hubbard alertou para a possível chegada de vírus extraterrestres à Terra em futuras missões espaciais, notando que o interesse pela exploração do Espaço tem aumentado. O antigo …

Covid-19. A morada e a cor da pele são um fator de risco no Brasil

Enquanto que na Europa a idade é um fator de risco da covid-19, no Brasil, o sítio onde moram e a cor da sua pele definem essa fronteira entre os que têm maior ou menor …

Lagos dos Estados Unidos estão a ficar cobertos de verde. Nem os mais remotos escapam

Vários lagos montanhosos dos Estados Unidos estão a tornar-se verdes devido ao crescimento de algas que prosperam por causa das alterações climáticas, concluiu um estudo conduzido por cientistas da Universidade do Colorado. De acordo com a …

No Algarve, metade dos casos de infeção resultaram de transmissão social

Um estudo apresentado na última reunião do Infarmed, em Lisboa, veio estabelecer uma relação entre a propagação do vírus no Algarve e o fator social. De acordo com o estudo, apresentado na última reunião do Infarmed, …

Numa operação inédita de 18 horas, gémeas siamesas unidas pelo crânio foram separadas com sucesso

Ervina e Prefina, com 2 anos, nasceram com os crânios unidos, uma das formas mais raras e complexas de fusão craniana e cerebral conhecidas como "craniófago total posterior". Agora, médicos em Itália conseguiram separá-las numa operação …