Avião militar russo sobrevoa a Casa Branca e o Pentágono

Alex Beltyukov / Wikimedia

Aeronave Tupolev Tu-160 da Força Aérea da Rússia sobrevoa Moscovo

Segundo revela a imprensa norte-americana, um avião militar russo de vigilância Tu-154M partiu de Moscovo com destino Nova Iorque, tendo na sua rota sobrevoado esta quarta-feira a Casa Branca, em Washington.

Segundo o Washington Post, a polícia de Washington tinha previamente dado o alerta de que “um voo autorizado de baixa altitude de um avião russo” entraria no espaço aéreo restrito da cidade e “poderia voar directamente sobre o Capitólio”.

Estes voos legais e autorizados estão previstos no âmbito de um acordo de 1992 entre a Rússia e os Estados Unidos, conhecido como o Tratado de Céus Abertos, que permite que os dois países realizem voos de vigilância no território de cada um.

Segundo o Departamento de Estado norte-americano, os dois países realizaram estes voos combinados em 165 ocasiões nos últimos 15 anos. Um representante do Pentágono explicou que observadores militares estrangeiros, no quadro do Tratado de Céus Abertos, podem pedir e ter autorização para voar sobre praticamente qualquer lugar.

De acordo com a CNN, o avião russo, a bordo do qual seguiam representantes da Força Aérea dos EUA, sobrevoou o Capitólio, o Pentágono e outros edifícios governamentais, tendo inclusivamente sido autorizado a sobrevoar o espaço aéreo ultra-restrito sobre a Casa Branca, residência oficial do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

“Normalmente os observadores russos apresentam uma lista dos locais sobre os quais querem voar”, explicou uma fonte do Pentágono à Politico. “Fazemos o plano de voo e, com algumas excepções – ligadas a questões de segurança e condições meteorológicas, são autorizados a voar praticamente sobre todo o território“, acrescentou a fonte.

Segundo o representante do Pentágono, todos os voos “são muito regulamentados e rigorosamente controlados”, razão pela qual os militares norte-americanos têm de estar a bordo do avião. “Estas missões são realizadas praticamente numa base de rotina“, acrescentou o representante das forças armadas norte-americanas.

A realização destes voos não é de todo pacífica entre os meios militares norte-americanos, que, segundo o Washington Post, questionam a vantagem que a Rússia obtém por ter a possibilidade de observar e processar toda a informação recolhida em território norte-americano e defendem o fim do Tratado de Céus Abertos.

“As coisas que se vêem, a quantidade de dados recolhidos, o que se pode fazer com pós-processamento, permite à Rússia obter uma quantidade incrível de informação sobre as nossas infra-estruturas críticas, bases aéreas e navais, as nossas restantes instalações”, disse o ano passado general Vincent Stewart, director da Defense Intelligence Agency.

“É uma vantagem significativa”, acrescentou o responsável militar norte-americano.

“No âmbito do mesmo tratado, os militares norte-americanos realizam com frequência voos semelhantes sobre a Rússia, usando uma aeronave de vigilância  militar OC-135B da Força Aérea dos EUA”, defendeu por seu turno o capitão Jeff Davis, porta-voz do Pentágono.

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Peixes estão a confundir plástico com comida e a introduzi-lo na cadeia alimentar

Um estudo norte americano divulga que várias espécies de peixes estão a "introduzir" na sua cadeia alimentar o plástico, por confundirem com comida. Todos os anos mais de oito milhões de toneladas de resíduos de …

Carrinha atropela várias pessoas nas Ramblas, em Barcelona. Imprensa local avança mais de dez mortes

Uma carrinha atropelou hoje dezenas de pessoas na zona turística das Ramblas, em Barcelona, fazendo vários feridos, anunciou a polícia espanhola. As autoridades já confirmaram que se trata de um atentado terrorista. Uma furgoneta branca atropelou …

Governo declara estado de calamidade pública

O Governo vai declarar o estado de calamidade pública face à "previsão do agravamento" nos próximos dias do risco de incêndio, nos distritos do interior das regiões Centro e Norte e alguns concelhos do distrito …

Cientistas criam teste sanguíneo que deteta cancro a partir de ADN

Investigadores anunciaram terem desenvolvido um teste sanguíneo capaz de detetar precocemente vários tipos de cancro, ao localizar material genético derivado de células tumorais. Investigadores anunciaram ter desenvolvido um teste sanguíneo capaz de detetar precocemente vários tipos …

Marcelo e Costa visitam Pedrógão, PSD quer é saber onde está o dinheiro

Dois meses depois do maior incêndio de Portugal, o Presidente da República e o primeiro ministro visitam o local. A oposição exige, por sua vez, saber "o que tem sido feito com o dinheiro doado". O …

Um ano depois, Rúben aguarda justiça (e nem o dinheiro aliviou a dor)

Um ano depois das agressões em Ponte de Sor, a mãe de Rúben Cavaco diz que o filho ainda espera justiça e que continua sem compreender porque razão os gémeos iraquianos tiveram imunidade diplomática. A mãe …

As bactérias percebem o ambiente como os humanos

As bactérias, assim como os seres humanos, sentem o ambiente, uma descoberta que pode levar ao desenvolvimento de melhores medicamentos contra infecções bacterianas, revelaram cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder, nos Estados Unidos. A descoberta, …

Sismo em Lisboa (o mais forte dos últimos 45 anos) não fez feridos

O sismo registado hoje pelas 07:44 em Sobral de Monte Agraço, Lisboa, não provocou danos pessoais ou materiais, e foi "sentido com intensidade máxima III na escala de Mercalli modificada", adiantou o Instituto Português do …

Sem-abrigo "herói de Manchester" acusado de roubar vítimas do atentado

Ficou conhecido como um dos "heróis de Manchester" depois de ter ajudado as vítimas do atentado terrorista que matou 22 pessoas, após um concerto de Ariana Grande, mas, afinal, terá roubado as vítimas do ataque. Chris …

"Dinossauro Frankenstein" pode ser o elo perdido entre herbívoros e carnívoros

Uma equipa de cientistas acredita ter resolvido o mistério sobre o chamado "dinossauro Frankenstein", um esqueleto encontrado no Chile, em 2015, que parecia ser composto por partes de espécies diferentes. Um novo estudo, publicado na Royal …