Avião esgota lotação depois de oferecer refeições a bordo (mas em terra) por 400 euros

A pandemia trouxe consigo a inibição de viajar de avião, e há quem esteja a passar por uma verdadeira “febre da cabine”. Os sintomas são um desejo incontrolável de fazer uma viagem de avião com tudo a que se tem direito —  incluindo pagar para comer a bordo — mas sem levantar voo. O fenómeno está a crescer.

Podia tratar-se de um restaurante, mas não, estamos mesmo a falar de um avião. Em Singapura, uma aeronave parada esgotou a sua lotação para jantar, e os “passageiros” pagaram cerca de 398 euros por uma refeição a bordo. Tudo para recriar a experiência de viajar.

A ideia surgiu da companhia Singapore Airlines e, apesar de parecer estranha, teve muita adesão acabando por esgotar em menos de meia hora. Segundo o The Guardian, num curto espaço de tempo, todos os bilhetes para o “pop-up Restaurante A380” estavam vendidos.

Durante dois fins-de-semana, metade dos 471 assentos disponíveis em cada um dos aviões estacionados no aeroporto de Changi foram ocupados. No final do jantar, os participantes da experiência podiam ainda assistir a um filme.

A oferta da transportadora aérea apresentava duas opções: uma refeição do menu padrão, no valor de 398 euros por pessoa com serviço de suite, ou 33 euros para a bandeja em classe económica.

Devido ao sucesso da iniciativa, a companhia aérea teve de abrir listas de espera. Para os que não puderam comer a bordo, a empresa preparou uma refeição de primeira classe a ser desfrutada em casa, mas para isso, os interessados tinham de pagar 554 euros.

Esta é a última de uma série de iniciativas de aumento de receita por parte de companhias aéreas que sofreram quedas financeiras abruptas com o confinamento causado pela pandemia de covid-19.

Os “voos para lugar algum” são uma tendência com elevada adesão na Ásia, incluindo em Taiwan e no Japão. Na Austrália, a Qantas esgotou recentemente uma “viagem paisagística” num 787 Dreamliner, que voou pelo país, partindo e chegando a Sydney.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Falta de respeito". Patrões abandonam Concertação Social e pedem audiência a Marcelo

As quatro confederações patronais suspenderam, esta sexta-feira, a sua participação nas reuniões da Concertação Social e decidiram solicitar uma audiência ao Presidente da República, perante a "desconsideração do Governo pelos parceiros sociais" na discussão sobre …

Parlamento aprova diplomas para alargar gratuitidade das creches e "direito ao esquecimento"

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um projeto-lei para o alargamento da gratuitidade das creches e de soluções equiparadas e ainda um diploma que consagra o "direito ao esquecimento". A Assembleia da República aprovou um projeto-lei do …

Costa está muito empenhado num acordo pelo OE, mas não "a qualquer preço"

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, que o Governo vai fazer tudo ao seu alcance para chegar a um acordo sobre o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), mas advertiu que "um acordo não se obtém …

Evergrande escapa por um triz ao default e garante o pagamento de juros de 71.7 milhões de euros

A gigante imobiliária chinesa conseguiu cumprir com o pagamento dos juros no limiar do fim da extensão do prazo. No entanto, persistem os receios sobre a possibilidade da crise na China contagiar a economia mundial. A …

Pessoas a andar na rua em Viena, Áustria

Em caso de apagão geral, Áustria é o primeiro país europeu a ter um Plano B(lackout)

E se houvesse um apagão que afetasse todo o continente europeu? O cenário é o argumento que o Ministério da Defesa austríaco tem usado para enviar um aviso à população desde o início deste mês. A …

Só um terço das empresas em Portugal têm gestores com um curso superior

O estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos refere que este valor é negativo para o país já que a formação superior dos gestores está associada à produtividade e há maior probabilidade da empresa começar …

Governo avança com desconto de 10 cêntimos por litro nos combustíveis para as famílias

O Governo vai criar um desconto de dez cêntimos por litro nos combustíveis para todas as famílias, até 50 litros por mês. Uma medida que estará em vigor entre novembro deste ano e março do …

Inês Sousa Real, porta-voz do PAN

PAN já enviou memorando de entendimento ao Governo

O partido Pessoas–Animais–Natureza enviou ao Governo, esta sexta-feira, o memorando de entendimento com cerca de 60 propostas, no âmbito do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "O PAN fez chegar ao Governo um memorando do qual …

Alterações ao Orçamento de 2021 custaram, afinal, muito mais do que o estimado pelo Governo

Apenas duas das 291 medidas adicionadas representaram um impacto anual de 88 milhões de euros, com o Governo a calcular, durante a especialidade, que a totalidade custaria 3,2 milhões de euros. As alterações feitas ao Orçamento …

Entre a pandemia e os preços da energia, Marcelo alerta que chumbo do OE criaria "mais um problema"

O Presidente da República reiterou, esta sexta-feira, que deseja evitar uma crise política criada por um eventual chumbo do Orçamento de Estado, porque "só juntaria um problema" à pandemia e à subida dos preços dos …