Autarquias vão ter dados de água e luz para agravar IMI a casas abandonadas

As autarquias vão passar a ter acesso a dados de luz e gás que lhes permitirá saber se uma casa está ou não devoluta e, estando, poderem aplicar uma taxa de IMI agravada.

De acordo com o Jornal de Notícias, a medida consta do Orçamento do Estado para este ano (OE 2016) e a primeira comunicação de dados acontece até outubro.

O OE 2016 inclui um artigo que obriga as empresas fornecedoras de água, luz, gás e telecomunicações a comunicarem aos municípios a ausência de contratos de fornecimento ou de consumos baixos por cada prédio urbano ou fracção autónoma, e determina que o primeiro reporte seja feito até 1 de outubro.

As autarquias podem aplicar uma taxa de IMI agravada às casas devolutas, com uma conta relativa ao imposto municipal de imóveis que pode triplicar.

A forma como será feita a comunicação ainda não está definida, mas deverá ser por via eletrónica ou outro suporte informático.

De acordo com a Renascença, as empresas fornecedoras destes serviços já estavam obrigadas a comunicar essa informação às Finanças, trimestralmente, o que permitia combater o arrendamento paralelo e rendimentos de rendas não declarados, uma das prioridades do plano de combate à fraude e evasão tributária.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais outro roubo com potencial! Desta feita sob a capa do combate às rendas não declaradas mas dependendo de ‘consumos baixos’. O que é um consumo baixo? Quem determina essa bitola? Não se pode ter cuidado com os gastos? Isto está cada vez mais uma enorme tirania.

RESPONDER

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …

Identificado em Portugal o primeiro caso da variante da África do Sul

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi identificado esta sexta-feira em Portugal pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), adiantou à agência Lusa a instituição. O caso identificado …

Está a nascer o primeiro comboio português a hidrogénio (e vai substituir o Vouguinha)

Já arrancou o projecto para o desenvolvimento do primeiro comboio português a hidrogénio. A iniciativa visa transformar as automotoras a gasóleo que circulam na Linha do Vouga - o comboio chamado Vouguinha - por células …

Guardiola diz que Bernardo Silva "sempre foi importante" para City

O treinador Pep Guardiola disse esta sexta-feira que o português Bernardo Silva “está de volta” ao melhor nível e que “sempre foi importante" para o Manchester City, depois de ter "sentido" dificuldades na temporada passada. “Ele …

Fauci fala de "sentimento libertador" após saída de Trump da Casa Branca

O infeciologista Anthony Fauci, o principal rosto da Casa Branca no combate à pandemia de covid-19, admitiu um sentimento "libertador" após a saída da administração de Donald Trump e afirmou que poderá agora falar sobre …

Parlamento Europeu pede lei que reconheça como "fundamental" direito a desligar

O Parlamento Europeu (PE) pediu na quinta-feira à Comissão Europeia que proponha uma lei que reconheça o "direito a desligar" como sendo "fundamental", permitindo assim que "quem trabalhe por meios digitais desligue os aparelhos fora …

Portugal entra na lista da Alemanha de países de "alta incidência"

A Alemanha incluiu Portugal no grupo de mais de 20 países e territórios considerados de “alta incidência” da pandemia de covid-19. Neste grupo, além de Portugal, estão Albânia, Andorra, Bolívia, Bósnia, Egito, Espanha, Emirados Árabes Unidos, …

Hungria compra vacina russa apesar de não estar autorizada na UE

O Governo húngaro anunciou esta sexta-feira que chegou a acordo para comprar "grandes quantidades" da vacina russa contra a covid-19 Sputnik V, embora esta ainda não tenha sido autorizada pelas autoridades de saúde europeias. O ministro …