Da Austrália ao Reino Unido em 17 horas sem parar: sim, é possível

A primeira ligação aérea direta, sem escalas entre a Austrália e o Reino Unido foi concluída esta madrugada com sucesso, depois de mais de 17 horas no ar, revelou a companhia responsável pela viagem.

Esta foi a primeira ligação sem escalas entre a Austrália e a Europa, feita entre as cidades de Perth e Londres, e foi efetuada pela companhia aérea Qantas, num voo que percorreu 14.498 quilómetros no avião 787-9 Dreamliner.

Segundo a agência espanhola EFE, foram mais de 200 os passageiros transportados nesta ligação direta, que começou na cidade de Perth, no oeste da Austrália, às 19h locais – 11h em Lisboa – de sábado e terminou às 5h02 deste domingo no aeroporto de Heathrow, em Londres, a mesma hora em Lisboa. O voo de regresso parte este domingo às 13h15, hora de Lisboa, de regresso.

A nova rota é 24% mais extensa do que o serviço mais longo oferecido até agora pelo Reino Unido, o voo operado pela empresa Garuda Indonesia entre Heathrow e Jacarta, uma rota sem escalas de 11.707 quilómetros. A ligação com Perth é cerca de três horas mais rápida do que as rotas que envolvem paragem no Médio Oriente para mudar de avião ou reabastecer.

Alan Joyce, presidente da Qantas, defendeu que a nova rota “muda o jogo” e lembrou que os voos oferecidos até agora, entre Austrália e Reino Unido, conhecidos como “a rota canguru”, duram quatro dias e envolvem sete escalas.

O anúncio da inauguração desta nova rota ocorreu no final de 2016, depois de a empresa e o aeroporto de Perth chegarem a acordo para este voo poder usar o terminal doméstico.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Relatório do Novo Banco estilhaça PSD. Pinto Luz sai em defesa de Passos Coelho e critica Rui Rio

Esta quarta-feira, Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, deixou duras críticas ao atual líder do PSD depois de o partido ter aprovado o relatório que acusa o Governo de Pedro Passos Coelho …

Cientistas "encontraram" a válvula de Nikola Tesla nos intestinos de tubarões

Cientistas descobriram que os intestinos de tubarões funcionam de forma semelhante à famosa válvula unidirecional de Nikola Tesla, criada há mais de 100 anos. Pela primeira vez, cientistas fizeram exames 3D de intestinos de tubarão para …

Recolher obrigatório, limitação horária nos restaurantes e restrições por concelho podem acabar hoje

Na reunião de terça-feira no Infarmed, os peritos concluíram haver condições para começar a aliviar algumas das medidas restritivas em vigor. Em Conselhos de Ministros, que se irá realizar hoje, o Governo irá definir novas …

Alerta de tsunami no Alasca depois de sismo de magnitude 8.2

A península do Alasca, a oeste dos Estados Unidos, foi atingida por um sismo de magnitude 8.2 na noite de quarta-feira (7h15 de quinta-feira em Lisboa) e já foi lançado um alerta de tsunami na …

Conselho de Ministros reúne-se para discutir próximos passos no desconfinamento

O Conselho de Ministros reúne-se esta quinta-feira para decidir os próximos passos no processo de abertura do país, dois dias depois de especialistas terem sugerido a evolução das medidas de restrição de acordo com a …

Capacete magnético mostra-se eficaz na redução de tumor cerebral

O diagnóstico de um cancro é sempre complicado, mas há partes do corpo onde a presença da doença pode ser mais ameaçadora. É o caso do glioblastoma, um tipo de cancro cerebral, que se não …

Engenheiros japoneses fizeram levitar objectos com "armadilha acústica"

Engenheiros japoneses descobriram uma forma de fazer pequenos objectos levitar usando apenas ondas sonoras, o que pode ser um passo importante para a tecnologia. A engenharia biomédica, o desenvolvimento de farmacêuticos e a nanotecnologia podem vir …

Juno fez a maior aproximação a Ganimedes das duas últimas décadas (e as imagens são de cortar a respiração)

A NASA divulgou, recentemente, um vídeo da sonda Juno a passar por Júpiter e Ganimedes, uma das suas luas. As imagens são de cortar a respiração. Juno visitou Ganimedes em junho. As imagens foram captadas no …

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …