“Onde está o Boris?”. Channel 4 marca ausência de favorito à liderança do Partido Conservador com cadeira vazia

(h) Tim Anderson / EPA

A ausência de Boris Johnson, o favorito para ganhar a eleição interna no partido Conservador para suceder à primeira-ministra britânica, Theresa May, foi este domingo simbolizada por um lugar vazio num debate televisivo com os restantes cinco candidatos.

“Estamos a falar há 25 minutos sobre o Brexit e onde está o Boris?”, questionou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Jeremy Hunt, no meio do debate transmitido na estação Channel 4, apontando para o lugar vazio.

Hunt insinuou que Johnson foi aconselhado pelos assessores para não debater com “cinco colegas bastante simpáticos”, questionando a capacidade para dialogar e negociar com os 27 Estados membros da União Europeia para tentar desbloquear o Brexit. “Ele devia estar aqui para responder a essa pergunta”, criticou.

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros justificou-se na sexta-feira, alegando que um debate a seis seria “cacofónico” e prometeu participar no próximo debate televisivo, na terça-feira à noite na BBC.

Boris Johnson, anterior ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, tem optado por uma estratégia de pouca interação com a imprensa — e os seus oponentes estão a usar isso como vantagem, tendo assinado um comunicado conjunto a comprometer-se com a participação num debate televisivo.

Desde o início da campanha, Johnson só respondeu a seis perguntas de jornalistas — e tem recusado sucessivamente todos os pedidos da imprensa para dar entrevistas.

Boris Johnson foi o vencedor destacado da primeira volta, na quinta-feira, da eleição interna para escolher um novo líder conservador, que será consequentemente nomeado primeiro-ministro, ao angariar 114 votos, mais do que os votos somados dos três rivais mais próximos.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Jeremy Hunt, foi segundo, com 43 votos, o ministro do Ambiente, Michael Gove, terceiro, com 37 votos, e o ex-ministro para o Brexit, Dominic Raab, terceiro, com 27 votos. Na eleição continuam ainda o ministro do Interior, Sajid Javid, e o ministro para o Desenvolvimento Internacional, Rory Stewart.

A segunda volta realiza-se na terça-feira à tarde, sendo eliminados os candidatos com 32 votos ou menos, correspondentes a 10% dos 313 deputados conservadores habilitados a votar. Nos dias seguintes realizam-se uma série de votações com o objetivo de selecionar dois finalistas, os quais serão depois submetidos ao voto dos cerca de 160 mil militantes do partido.

Theresa May mantém-se em funções até à conclusão do processo, esperado para o final de julho, mas deverá apresentar a demissão logo que o sucessor esteja definido.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Começa logo a dar o exemplo habitual dos politicos que é nunca estar presente quando é preciso!
    Só nos faltava agora um trump europeu!!!

RESPONDER

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …